Page semi-protected

Cidade de Nova York

Da Wikipédia, a enciclopédia livre
Ir para a navegação Ir para a pesquisa

Nova york
Lower Manhattan skyline
Central park scenery
The Unisphere, a large metal globe sculpture
Brooklyn Bridge
Bustling Times Square
Statue of Liberty
United Nations headquarters building, with flags in foreground
Crowded Coney Island beach with ferris wheel and roller coaster in background
Apelido (s): 
Ver apelidos da cidade de Nova York
Mapa interativo delineando a cidade de Nova York
New York
Nova york
Localização dentro do estado de Nova York
New York
Nova york
Localização nos Estados Unidos
New York
Nova york
Localização na América do Norte
Coordenadas: 40,712740 ° N 74,005974 ° W Coordenadas : 40,712740 ° N 74,005974 ° W [1]40°42′46″N 74°00′22″W /  / 40.712740; -74.00597440°42′46″N 74°00′22″W /  / 40.712740; -74.005974
PaísEstados Unidos
EstadoNova york
RegiãoMid-Atlantic
Condados constituintes ( bairros )Bronx (The Bronx)
Kings (Brooklyn)
Nova York (Manhattan)
Queens (Queens)
Richmond (Staten Island)
Colônias históricasNova Província Holandesa
de Nova York
Assentou1624
Consolidado1898
Nomeado paraJames, duque de York
Governo
 • ModeloPrefeito-Conselho
 • CorpoCâmara Municipal de Nova York
 •  prefeitoBill de Blasio ( D )
Área
[2]
 • Total468,19 sq mi (1.212,60 km 2 )
 • Terra300,37 sq mi (777,95 km 2 )
 • Água167,82 sq mi (434,65 km 2 )
 • Metro
13.318 sq mi (34.490 km 2 )
Elevação
[3]
33 pés (10 m)
População
 ( 2010 ) [6]
 • Total8.175.133
 • Estimativa 
(2019) [7]
8.336.817
 • Classificação1o nos EUA
 • Densidade27.755,25 / sq mi (10.716,36 / km 2 )
 •  MSA (2018)
19.979.477 [4] ( )
 •  CSA (2018)
22.679.948 [5] ( )
Demônimo (s)Nova iorquino
Fuso horárioUTC − 05: 00 ( EST )
 • Verão ( DST )UTC − 04: 00 ( EDT )
CEP
100xx – 104xx, 11004–05, 111xx – 114xx, 116xx
Código (s) de área212/646/332 , 718/347/929 , 917
Código FIPS36-51000
GNIS feature ID975772
Aeroportos principaisAeroporto JFK Aeroporto
Newark Liberty Aeroporto
LaGuardia Aeroporto
Islip Aeroporto
White Plains Aeroporto
Stewart
Ferrovia suburbanaLIRR , Metro-North , NJ Transit
Trânsito rápido
PIB (cidade, 2019)$ 884 bilhões [8] (1º)
GMP (Metro, 2020)$ 1,67 trilhão [9] (1º)
Maior bairro por áreaQueens (109 milhas quadradas (280 km 2 ))
Maior bairro pela populaçãoBrooklyn (2019 est. 2.559.903) [10]
Maior distrito por PIB (2019)Manhattan ($ 635,3 bilhões) [8]
Local na rede InternetNYC.gov

A cidade de Nova York ( NYC ), muitas vezes chamada simplesmente de Nova York , é a cidade mais populosa dos Estados Unidos . Com uma população estimada em 2019 de 8.336.817, distribuída em cerca de 302,6 milhas quadradas (784 km 2 ), a cidade de Nova York também é a cidade mais populosa dos Estados Unidos. [11] Localizada no extremo sul do Estado de Nova York , a cidade é o centro da área metropolitana de Nova York , a maior área metropolitana do mundo em massa de terra urbana . [12] Com quase 20 milhões de pessoas em seuárea estatística metropolitana e aproximadamente 23 milhões em sua área estatística combinada , é uma das megacidades mais populosas do mundo . A cidade de Nova York foi descrita como a capital cultural , financeira e da mídia do mundo, influenciando significativamente o comércio, [13] entretenimento, pesquisa, tecnologia, educação, política, turismo, arte, moda e esportes. Lar da sede das Nações Unidas , [14] Nova York é um importante centro para a diplomacia internacional . [15] [16]

Situada em um dos maiores portos naturais do mundo , a cidade de Nova York é composta por cinco distritos , cada um dos quais é um condado do estado de Nova York . Os cinco distritos - Brooklyn , Queens , Manhattan , Bronx e Staten Island - foram criados quando os governos locais foram consolidados em uma única cidade em 1898. [17] A cidade e sua área metropolitana constituem a principal porta de entrada para a imigração legal para os Estados Unidos Estados . Cerca de 800 idiomas são falados em Nova York, [18] tornando-o o mais linguisticamentecidade diversa do mundo. Nova York é o lar de mais de 3,2 milhões de residentes nascidos fora dos Estados Unidos, [19] a maior população estrangeira de qualquer cidade do mundo em 2016. [20] [21] Em 2019 , a área metropolitana de Nova York estima-se que produza um produto metropolitano bruto ( GMP ) de US $ 2,0 trilhões. Se a área metropolitana de Nova York fosse um estado soberano , teria a oitava maior economia do mundo. Nova York abriga o maior número de bilionários de qualquer cidade do mundo. [22]

A cidade de Nova York tem suas origens em um posto comercial fundado por colonos da República Holandesa em 1624 em Lower Manhattan ; o posto foi denominado Nova Amsterdã em 1626. [23] A cidade e seus arredores ficaram sob controle inglês em 1664 e foram renomeados para Nova York depois que o rei Carlos II da Inglaterra concedeu as terras a seu irmão, o duque de York . [23] [24] A cidade foi reconquistada pelos holandeses em julho de 1673 e posteriormente foi renomeada como Nova Orange por um ano e três meses; a cidade tem sido continuamente chamada de Nova York desde novembro de 1674. [25] [26] A cidade de Nova York foi acapital dos Estados Unidos de 1785 a 1790, [27] e tem sido a maior cidade dos EUA desde 1790. [28] A Estátua da Liberdade saudou milhões de imigrantes que vieram para os EUA de navio no final do século 19 e início do século 20 , [29] e é um símbolo dos Estados Unidos e seus ideais de liberdade e paz. [30] No século 21, Nova York emergiu como um nó global de criatividade, empreendedorismo, [31] e sustentabilidade ambiental, [32] [33] e como um símbolo de liberdade e diversidade cultural. [34]Em 2019, Nova York foi eleita a maior cidade do mundo por uma pesquisa com mais de 30.000 pessoas de 48 cidades em todo o mundo, citando sua diversidade cultural. [35]

Muitos distritos e pontos de referência na cidade de Nova York são bem conhecidos, incluindo três das dez atrações turísticas mais visitadas do mundo em 2013. [36] Um recorde de 62,8 milhões de turistas visitaram a cidade de Nova York em 2017. Times Square é o centro brilhantemente iluminado da Broadway Theatre District , [37] um dos cruzamentos de pedestres mais movimentados do mundo, [38] [39] e um importante centro da indústria de entretenimento do mundo . [40] Muitos dos marcos da cidade, arranha-céus , [41] e parquessão conhecidos em todo o mundo. O mercado imobiliário de Manhattan está entre os mais caros do mundo. [42] [43] Fornecendo serviço contínuo 24 horas por dia, 7 dias por semana e contribuindo para o apelido de A cidade que nunca dorme , o metrô de Nova York é o maior sistema de trânsito rápido de operador único do mundo, com 472 estações ferroviárias. A cidade tem mais de 120 faculdades e universidades , incluindo a Columbia University , a New York University , a Rockefeller University e o sistema City University of New York , que é o maior sistema de universidade pública urbana dos Estados Unidos. [44]Ancorada por Wall Street no distrito financeiro de Lower Manhattan, a cidade de Nova York tem sido considerada o principal centro financeiro do mundo e a cidade mais financeiramente poderosa do mundo, e é o lar das duas maiores bolsas de valores do mundo em capitalização de mercado total , o Bolsa de Valores de Nova York e NASDAQ . [45] [46]

Etimologia

Em 1664, a cidade foi nomeada em homenagem ao duque de York , que se tornaria o rei Jaime II da Inglaterra . O irmão mais velho de Jaime, o rei Carlos II , nomeou o duque proprietário do antigo território da Nova Holanda , incluindo a cidade de Nova Amsterdã , quando a Inglaterra o confiscou dos holandeses. [47]

História

História antiga

Na era pré-colonial , a área da atual cidade de Nova York era habitada por nativos americanos algonquianos , incluindo os Lenape . Sua terra natal, conhecida como Lenapehoking , incluía Staten Island, Manhattan, Bronx, a parte oeste de Long Island (incluindo as áreas que mais tarde se tornariam os bairros de Brooklyn e Queens) e o Lower Hudson Valley . [48]

A primeira visita documentada ao porto de Nova York por um europeu foi em 1524 por Giovanni da Verrazzano , um explorador florentino a serviço da coroa francesa . [49] Ele reivindicou a área para a França e nomeou-a Nouvelle Angoulême ( Nova Angoulême ). [50] Uma expedição espanhola , liderada pelo capitão português Estêvão Gomes, navegando para o imperador Carlos V , chegou ao porto de Nova York em janeiro de 1525 e cartografou a foz do rio Hudson, que ele chamou de Rio de San Antonio(Rio Santo Antônio). O Padrón Real de 1527, o primeiro mapa científico a mostrar continuamente a costa leste da América do Norte, foi informado pela expedição de Gomes e rotulou o nordeste dos Estados Unidos como Tierra de Esteban Gómez em sua homenagem. [51]

Em 1609, o explorador inglês Henry Hudson redescobriu o porto de Nova York enquanto procurava a Passagem Noroeste para o Oriente para a Companhia Holandesa das Índias Orientais . [52] Ele começou a navegar até o que os holandeses iria nomear o River North (agora o rio Hudson ), chamado pela primeira vez por Hudson como a Mauritius após Maurice, príncipe de Orange . O imediato de Hudson descreveu o porto como "um porto muito bom para todos os ventos" e o rio como "uma milha de largura" e "cheio de peixes". [53] Hudson navegou cerca de 150 milhas (240 km) ao norte, [54]passado o local do atual Estado de Nova Iorque capital de Albany , na crença de que ele pode ser um oceânica afluente antes de o rio tornou-se muito raso para continuar. [53] Ele fez uma exploração de dez dias da área e reivindicou a região para a Companhia Holandesa das Índias Orientais. Em 1614, a área entre Cape Cod e Delaware Bay foi reivindicada pelos Países Baixos e denominada Nieuw-Nederland ( New Netherland ).

O primeiro habitante não nativo americano do que viria a ser a cidade de Nova York foi Juan Rodriguez ( transliterado para o holandês como Jan Rodrigues ), um comerciante de Santo Domingo . Nascido em Santo Domingo de ascendência portuguesa e africana , ele chegou a Manhattan durante o inverno de 1613-14, fazendo armadilhas para peles e negociando com a população local como representante dos holandeses. A Broadway , da 159th Street à 218th Street em Upper Manhattan , recebeu o nome de Juan Rodriguez Way em sua homenagem. [55] [56]

Regra holandesa

A presença europeia permanente perto do porto de Nova York começou em 1624 - tornando Nova York o 12º assentamento europeu continuamente ocupado mais antigo no território continental dos Estados Unidos [57] - com a fundação de um assentamento de comércio de peles holandês na Ilha de Governadores . Em 1625, foi iniciada a construção de uma cidadela e Forte Amsterdam , mais tarde denominado Nieuw Amsterdam (New Amsterdam), na atual Ilha de Manhattan. [58] [59] A colônia de New Amsterdam foi centrada no que mais tarde seria conhecido como Lower Manhattan. Estendeu-se da ponta mais baixa de Manhattan até a atual Wall Street, onde uma paliçada de madeira de 3,6 metros foi construída em 1653 para proteger contra ataques nativos americanos e britânicos. [60] Em 1626, o diretor-geral colonial holandês Peter Minuit , agindo como acusado pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais , comprou a ilha de Manhattan da Canarsie , uma pequena banda Lenape, [61] pelo "valor de 60 florins " [62] (cerca de US $ 900 em 2018). [63] Uma lenda refutada afirma que Manhattan foi comprada por US $ 24 em contas de vidro. [64] [65]

Após a compra, New Amsterdam cresceu lentamente. [66] Para atrair colonos, os holandeses instituíram o sistema de patroon em 1628, pelo qual holandeses ricos ( patroons ou patronos) que trouxeram 50 colonos para a Nova Holanda receberiam lotes de terra, juntamente com autonomia política local e direitos de participação no lucrativo comércio de peles. Este programa teve pouco sucesso. [67]

Desde 1621, a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais operava como monopólio na Nova Holanda, sob autoridade concedida pelos Estados Gerais holandeses . Em 1639-1640, em um esforço para impulsionar o crescimento econômico, a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais renunciou ao monopólio sobre o comércio de peles, levando ao crescimento da produção e do comércio de alimentos, madeira, tabaco e escravos (especialmente com as Índias Ocidentais Holandesas ) [66] [68]

Em 1647, Peter Stuyvesant iniciou seu mandato como o último Diretor-Geral de New Netherland. Durante sua gestão, a população de New Netherland cresceu de 2.000 para 8.000. [69] [70] Stuyvesant foi creditado por melhorar a lei e a ordem na colônia; no entanto, ele também ganhou a reputação de líder despótico. Ele instituiu regulamentos sobre a venda de bebidas alcoólicas, tentou afirmar o controle sobre a Igreja Reformada Holandesa e bloqueou outros grupos religiosos (incluindo quacres , judeus e luteranos ) de estabelecer casas de culto. [71]A Companhia Holandesa das Índias Ocidentais eventualmente tentaria aliviar as tensões entre Stuyvesant e os residentes de New Amsterdam. [72]

Regra inglesa

Em 1664, incapaz de convocar qualquer resistência significativa, Stuyvesant entregou Nova Amsterdã às tropas inglesas, lideradas pelo coronel Richard Nicolls , sem derramamento de sangue. [71] [72] Os termos da rendição permitiram que os residentes holandeses permanecessem na colônia e permitiram a liberdade religiosa. [73] Em 1667, durante as negociações que levaram ao Tratado de Breda após a Segunda Guerra Anglo-Holandesa , os holandeses decidiram manter a nascente colônia de plantation do que hoje é o Suriname (na costa norte da América do Sul) que ganharam dos ingleses ; e em troca, os ingleses mantiveram New Amsterdam . O assentamento incipiente foi prontamente renomeado para "Nova York" após oDuque de York (o futuro Rei Jaime II e IV), que eventualmente seria deposto na Revolução Gloriosa . [74] Após a fundação, o duque cedeu parte da colônia aos proprietários George Carteret e John Berkeley . Fort Orange , 150 milhas (240 km) ao norte no rio Hudson , foi rebatizado de Albany após o título escocês de James. [75] A transferência foi confirmada em 1667 pelo Tratado de Breda , que encerrou a Segunda Guerra Anglo-Holandesa . [76]

Em 24 de agosto de 1673, durante a Terceira Guerra Anglo-Holandesa , o capitão holandês Anthony Colve tomou a colônia de Nova York dos ingleses a pedido de Cornelis Evertsen, o Mais Jovem, e rebatizou-a de "Nova Orange" em homenagem a William III , o Príncipe de Orange . [77] Os holandeses logo devolveriam a ilha à Inglaterra sob o Tratado de Westminster de novembro de 1674. [78] [79]

Várias guerras intertribais entre os nativos americanos e algumas epidemias provocadas pelo contato com os europeus causaram perdas consideráveis ​​de população para os Lenape entre os anos de 1660 e 1670. [80] Em 1700, a população de Lenape diminuiu para 200. [81] Nova York experimentou várias epidemias de febre amarela no século 18, perdendo dez por cento de sua população para a doença apenas em 1702. [82] [83]

Província de nova iorque

Nova York cresceu em importância como porto comercial enquanto fazia parte da colônia de Nova York no início do século XVIII. [84] Também se tornou um centro de escravidão , com 42% das famílias possuindo escravos em 1730, a maior porcentagem fora de Charleston , Carolina do Sul . [85] A maioria dos proprietários de escravos mantinha alguns ou vários escravos domésticos, mas outros os contratavam para trabalhar no trabalho. A escravidão tornou-se integralmente ligada à economia de Nova York por meio do trabalho dos escravos em todo o porto, e dos bancos e da navegação amarrados ao sul dos Estados Unidos . Descoberta do cemitério africano na década de 1990, durante a construção de um novo tribunal federalperto da Foley Square , revelou que dezenas de milhares de africanos foram enterrados na área durante o período colonial. [86]

O julgamento e absolvição em Manhattan de 1735 de John Peter Zenger , acusado de difamação sediciosa após criticar o governador colonial William Cosby , ajudou a estabelecer a liberdade de imprensa na América do Norte. [87] Em 1754, a Columbia University foi fundada pelo rei George II como King's College em Lower Manhattan. [88]

revolução Americana

O Stamp Act Congress reuniu-se em Nova York em outubro de 1765, enquanto os Filhos da Liberdade , organizados na cidade, lutavam nos dez anos seguintes com as tropas britânicas estacionadas lá. [89] A Batalha de Long Island , a maior batalha da Guerra Revolucionária Americana , foi travada em agosto de 1776 no bairro moderno de Brooklyn. [90] Após a batalha, na qual os americanos foram derrotados, os britânicos fizeram da cidade sua base militar e política de operações na América do Norte. A cidade era um paraíso para os legalistasrefugiados e escravos fugitivos que se juntaram às linhas britânicas pela liberdade recentemente prometidas pela Coroa para todos os combatentes. Cerca de 10.000 escravos fugidos lotaram a cidade durante a ocupação britânica. Quando as forças britânicas evacuaram no final da guerra em 1783, transportaram 3.000 libertos para reassentamento na Nova Escócia . [91] Eles reassentaram outros libertos na Inglaterra e no Caribe .

A Batalha de Long Island , a maior batalha da Revolução Americana , ocorreu no Brooklyn em 1776.

A única tentativa de uma solução pacífica para a guerra ocorreu na Conference House em Staten Island entre delegados americanos, incluindo Benjamin Franklin , e o general britânico Lord Howe em 11 de setembro de 1776. Logo após o início da ocupação britânica, o Grande Incêndio de New York ocorreu, um grande incêndio no West Side de Lower Manhattan, que destruiu cerca de um quarto dos edifícios da cidade, incluindo a Igreja da Trindade . [92]

Em 1785, a assembleia do Congresso da Confederação fez de Nova York a capital nacional logo após a guerra. Nova York foi a última capital dos Estados Unidos segundo os Artigos da Confederação e a primeira capital segundo a Constituição dos Estados Unidos . A cidade de Nova York como a capital dos Estados Unidos sediou vários eventos de âmbito nacional em 1789 - o primeiro presidente dos Estados Unidos, George Washington , foi empossado; o primeiro Congresso dos Estados Unidos e a Suprema Corte dos Estados Unidos se reuniram pela primeira vez; e a Declaração de Direitos dos Estados Unidos foi redigida, tudo no Federal Hall em Wall Street.[93] Em 1790, Nova York ultrapassou a Filadélfia para se tornar a maior cidade dos Estados Unidos, mas no final daquele ano, de acordo com a Lei de Residência , a capital nacional foi transferida para Filadélfia. [94] [95]

Século dezenove

A Broadway segue a trilha Wickquasgeck dos nativos americanos por Manhattan. [96]

Ao longo do século XIX, a população de Nova York cresceu de 60.000 para 3,43 milhões. [97] Sob o ato de abolição do estado de Nova York de 1799, os filhos de mães escravas seriam eventualmente libertados, mas mantidos em servidão contratada até os vinte e poucos anos. [98] [99] Junto com escravos libertados por seus senhores após a Guerra Revolucionária e escravos fugitivos, uma significativa população negra livre se desenvolveu gradualmente em Manhattan. Sob influentes fundadores dos Estados Unidos como Alexander Hamilton e John Jay , a New York Manumission Society trabalhou pela abolição e estabeleceu oEscola Livre Africana para educar crianças negras. [100] Não foi até 1827 que a escravidão foi completamente abolida no estado, e os negros livres lutaram depois contra a discriminação. O ativismo abolicionista inter-racial de Nova York continuou; entre seus líderes estavam graduados da Escola Livre Africana. A população da cidade de Nova York saltou de 123.706 em 1820 para 312.710 em 1840, 16.000 dos quais eram negros. [101] [102]

No século 19, a cidade foi transformada pelo desenvolvimento relacionado ao seu status como um centro de comércio nacional e internacional , bem como pela imigração europeia. [103] A cidade adotou o Plano dos Comissários de 1811 , que expandiu a malha viária da cidade para abranger quase toda Manhattan. A conclusão do Canal Erie em 1825 através do centro de Nova York conectou o porto do Atlântico aos mercados agrícolas e commodities do interior da América do Norte através do Rio Hudson e dos Grandes Lagos . [104] A política local passou a ser dominada por Tammany Hall , ummáquina política apoiada por imigrantes irlandeses e alemães . [105]

Várias figuras literárias americanas proeminentes viveram em Nova York durante as décadas de 1830 e 1840, incluindo William Cullen Bryant , Washington Irving , Herman Melville , Rufus Wilmot Griswold , John Keese , Nathaniel Parker Willis e Edgar Allan Poe . Membros da elite empresarial contemporânea fizeram lobby para a criação do Central Park , que em 1857 se tornou o primeiro parque paisagístico em uma cidade americana.

A Grande Fome Irlandesa trouxe um grande influxo de imigrantes irlandeses; mais de 200.000 viviam em Nova York em 1860, mais de um quarto da população da cidade. [106] Houve também uma grande imigração das províncias alemãs, onde as revoluções haviam perturbado as sociedades, e os alemães representavam outros 25% da população de Nova York em 1860. [107]

Os candidatos do Partido Democrata foram eleitos sistematicamente para cargos locais, aumentando os laços da cidade com o Sul e seu partido dominante. Em 1861, o prefeito Fernando Wood pediu aos vereadores que declarassem a independência de Albany e dos Estados Unidos após a separação do Sul, mas sua proposta não foi aceita. [100] A raiva em novas recrutamento militar leis durante a Guerra Civil Americana (1861-1865), que poupou os homens mais ricos que podiam dar ao luxo de pagar US $ 300 (equivalente a US $ 6.229 em 2019) Taxa de comutação para contratar um substituto, [108] levou a o Draft Riot de 1863 , cujos participantes mais visíveis eram a classe trabalhadora irlandesa étnica. [100]

Os distúrbios de alistamento militar se deterioraram em ataques à elite de Nova York, seguidos por ataques a nova-iorquinos negros e suas propriedades após uma competição feroz por uma década entre imigrantes irlandeses e negros por trabalho. Os manifestantes incendiaram o Asilo de Órfãos Coloridos, com mais de 200 crianças escapando do perigo devido aos esforços do Departamento de Polícia de Nova York , que era formado principalmente por imigrantes irlandeses. [107] Pelo menos 120 pessoas foram mortas. [109] Onze homens negros foram linchados ao longo de cinco dias, e os distúrbios forçaram centenas de negros a fugir da cidade para Williamsburg , Brooklyn e Nova Jersey. A população negra em Manhattan caiu para menos de 10.000 em 1865, o que havia acontecido pela última vez em 1820. A classe trabalhadora branca havia estabelecido o domínio.[107] [109] A violência de estivadores contra homens negros foi especialmente violenta na área das docas. [107] Foi um dos piores incidentes de agitação civil na história americana. [110]

História moderna

Um operário da construção civil no topo do Empire State Building como estava sendo construído em 1930. O Chrysler Building está atrás dele.

Em 1898, a moderna cidade de Nova York foi formada com a consolidação do Brooklyn (até então uma cidade separada), o condado de Nova York (que então incluía partes do Bronx), o condado de Richmond e a porção oeste do Condado de Queens. [111] A inauguração do metrô em 1904, construído pela primeira vez como sistemas privados separados, ajudou a unir a nova cidade. [112] Ao longo da primeira metade do século 20, a cidade tornou-se um centro mundial para a indústria, comércio e comunicação. [113]

Em 1904, o navio a vapor General Slocum pegou fogo no East River , matando 1.021 pessoas a bordo. [114] Em 1911, o incêndio na fábrica Triangle Shirtwaist , o pior desastre industrial da cidade, tirou a vida de 146 trabalhadores do setor de vestuário e estimulou o crescimento do Sindicato Internacional de Trabalhadores em Vestuário Feminino e grandes melhorias nos padrões de segurança da fábrica. [115]

A população não branca de Nova York era de 36.620 em 1890. [116] A cidade de Nova York era um destino privilegiado no início do século XX para os afro-americanos durante a Grande Migração do Sul dos Estados Unidos e, em 1916, a cidade de Nova York havia se tornado o lar de maior diáspora urbana africana na América do Norte. [117] O Renascimento do Harlem na vida literária e cultural floresceu durante a era da Lei Seca . [118] O maior boom econômico gerou a construção de arranha-céus competindo em altura e criando um horizonte identificável .

Nova York se tornou a área urbanizada mais populosa do mundo no início da década de 1920, ultrapassando Londres. A área metropolitana ultrapassou a marca de 10 milhões no início da década de 1930, tornando-se a primeira megacidade da história da humanidade . [119] Os anos difíceis da Grande Depressão viram a eleição do reformador Fiorello La Guardia como prefeito e a queda de Tammany Hall após oitenta anos de domínio político. [120]

Os veteranos da Segunda Guerra Mundial que retornaram criaram um boom econômico do pós-guerra e o desenvolvimento de grandes áreas residenciais no leste do Queens e no condado de Nassau , bem como em áreas suburbanas semelhantes em Nova Jersey. Nova York saiu ilesa da guerra como a principal cidade do mundo, com Wall Street liderando o lugar da América como a potência econômica dominante do mundo. A Sede das Nações Unidas foi concluída em 1952, solidificando a influência geopolítica global de Nova York , e a ascensão do expressionismo abstrato na cidade precipitou o deslocamento de Paris de Nova York como o centro do mundo da arte. [121]

The Stonewall Inn em Greenwich Village , um marco histórico nacional designado e monumento nacional , como o local dos distúrbios Stonewall em junho de 1969 e o berço do movimento moderno pelos direitos dos homossexuais . [122] [123] [124]

Os distúrbios de Stonewall foram uma série de manifestações espontâneas e violentas de membros da comunidade gay contra uma operação policial ocorrida na madrugada de 28 de junho de 1969, no Stonewall Inn, no bairro de Greenwich Village , em Lower Manhattan. [125] Eles são amplamente considerados como constituindo o evento mais importante que levou ao movimento de libertação gay [122] [126] [127] [128] e à luta moderna pelos direitos LGBT . [129] [130] Wayne R. Dynes , autor doA Encyclopedia of Homosexuality , escreveu que drag queens eram as únicas "pessoas transgênero" durante os distúrbios de Stonewall em junho de 1969 . "Nenhum deles de fato deu uma grande contribuição ao movimento." [131] Outros dizem que a comunidade transgênero na cidade de Nova York desempenhou um papel significativo na luta pela igualdade LGBT durante o período dos distúrbios de Stonewall e depois disso. [131]

Na década de 1970, a perda de empregos devido à reestruturação industrial fez com que a cidade de Nova York sofresse com problemas econômicos e aumento dos índices de criminalidade. [132] Embora o ressurgimento do setor financeiro tenha melhorado muito a saúde econômica da cidade na década de 1980, a taxa de criminalidade de Nova York continuou a aumentar durante essa década e no início da década de 1990. [133] Em meados da década de 1990, as taxas de criminalidade começaram a cair drasticamente devido às estratégias policiais revisadas, melhorando as oportunidades econômicas, gentrificação e novos residentes, tanto os americanos transplantes quanto os novos imigrantes da Ásia e da América Latina. Novos setores importantes, como o Silicon Alley , surgiram na economia da cidade. [134]A população de Nova York atingiu o máximo de todos os tempos no censo de 2000 e novamente no censo de 2010.

O voo 175 da United Airlines atinge a Torre Sul do World Trade Center em 11 de setembro de 2001 .

A cidade de Nova York sofreu a maior parte dos danos econômicos e a maior perda de vidas humanas após os ataques de 11 de setembro de 2001 . [135] Dois dos quatro aviões roubados naquele dia foram lançados contra as torres gêmeas do World Trade Center, destruindo-as e matando 2.192 civis, 343 bombeiros e 71 policiais. A Torre Norte se tornou o edifício mais alto a ser destruído em qualquer lugar então ou posteriormente. [136]

A área foi reconstruída com um novo One World Trade Center , um memorial e museu sobre o 11 de setembro e outros novos edifícios e infraestrutura. [137] A estação PATH do World Trade Center , que havia sido inaugurada em 19 de julho de 1909 como o Terminal de Hudson, também foi destruída nos ataques. Uma estação temporária foi construída e inaugurada em 23 de novembro de 2003. Uma estação ferroviária permanente de 800.000 pés quadrados (74.000 m 2 ) projetada por Santiago Calatrava , o Centro de Transporte do World Trade Center , o terceiro maior centro da cidade, foi concluída em 2016 . [138] O novo One World Trade Center é o arranha-céu mais alto do Hemisfério Ocidental [139]e o sexto edifício mais alto do mundo pela altura do pináculo , com sua torre atingindo um simbólico 1,776 pés (541,3 m) em referência ao ano da independência dos Estados Unidos . [140] [141] [142] [143]

Os protestos do Occupy Wall Street no Zuccotti Park no distrito financeiro de Lower Manhattan começaram em 17 de setembro de 2011, recebendo atenção global e popularizando o movimento Occupy contra a desigualdade social e econômica em todo o mundo. [144]

Em março de 2020, o primeiro caso confirmado de COVID-19 para a cidade foi em Manhattan. [145] Em fevereiro de 2021, a cidade de Nova York registrou mais de 27.000 mortes por complicações relacionadas ao COVID-19. A cidade rapidamente se tornou o epicentro global da pandemia durante a fase inicial, antes de a infecção se espalhar pelo mundo e pelo resto do país.

Geografia

O núcleo da área metropolitana de Nova York , com a Ilha de Manhattan em seu centro.

Durante a glaciação de Wisconsin , de 75.000 a 11.000 anos atrás, a área da cidade de Nova York estava situada na borda de uma grande camada de gelo com mais de 2.000 pés (610 m) de profundidade. [146] O movimento erosivo do gelo para frente (e seu posterior recuo) contribuiu para a separação do que hoje é Long Island e Staten Island . Essa ação também deixou o alicerce em uma profundidade relativamente rasa, fornecendo uma base sólida para a maioria dos arranha-céus de Manhattan. [147]

A cidade de Nova York está situada no nordeste dos Estados Unidos , no sudeste do estado de Nova York, aproximadamente a meio caminho entre Washington, DC e Boston . A localização na foz do Rio Hudson , que desemboca em um porto naturalmente protegido e depois no Oceano Atlântico, ajudou a cidade a crescer em importância como porto comercial. A maior parte da cidade de Nova York é construída nas três ilhas de Long Island , Manhattan e Staten Island.

O rio Hudson atravessa o Vale do Hudson e entra na baía de Nova York . Entre a cidade de Nova York e Troy, Nova York , o rio é um estuário . [148] O rio Hudson separa a cidade do estado americano de Nova Jersey . O East River - um estreito de maré - flui de Long Island Sound e separa o Bronx e Manhattan de Long Island. O rio Harlem , outro estreito de maré entre os rios East e Hudson, separa a maior parte de Manhattan do Bronx. O rio Bronx , que atravessa o Bronx e o condado de Westchester, é o único rio inteiramente de água doce da cidade. [149]

As terras da cidade foram alteradas substancialmente pela intervenção humana, com considerável recuperação de terras ao longo das orlas marítimas desde os tempos coloniais holandeses; a recuperação é mais proeminente em Lower Manhattan , com empreendimentos como Battery Park City nas décadas de 1970 e 1980. [150] Parte do relevo natural na topografia foi nivelada, especialmente em Manhattan. [151]

A área total da cidade é de 468,484 milhas quadradas (1.213,37 km 2 ); 302,643 sq mi (783,84 km 2 ) da cidade é terra e 165,841 sq mi (429,53 km 2 ) desta é água. [152] [153] O ponto mais alto da cidade é Todt Hill em Staten Island, que, a 409,8 pés (124,9 m) acima do nível do mar , é o ponto mais alto da costa leste ao sul do Maine . [154] O cume do cume é coberto principalmente por bosques como parte do cinturão verde de Staten Island . [155]

Boroughs

Cinco distritos da cidade de Nova York
JurisdiçãoPopulaçãoPIBÁrea de pousoDensidade
BoroughmunicípioEstimativa
(2019)
bilhões
(2012 US $)

milhas quadradas

km quadrado
pessoas /
mi 2
pessoas /
km 2
O Bronx
Bronx
1.418.20742.69542,10109,0433.86713.006
Brooklyn
Reis
2.559.90391.55970,82183,4236.14713.957
Manhattan
Nova york
1.628.706600,24422,8359,1371.34127.544
Rainhas
Rainhas
2.253.85893,310108,53281,0920.7678.018
Staten Island
Richmond
476.14314.51458,37151,188.1573.150
Cidade de nova iorque
8.336.817842.343302,64783,8327.54710.636
Estado de nova iorque
19.453.5611.731.91047.126,40122.056,82412159
Fontes: [156] [157] [158] e veja artigos individuais do bairro
Os cinco distritos da cidade de Nova York:
  1. Manhattan
  2. Brooklyn
  3. Rainhas
  4. O Bronx
  5. Staten Island

A cidade de Nova York é às vezes chamada coletivamente de Five Boroughs . [159] Existem centenas de bairros distintos ao longo dos bairros, muitos com uma história e caráter definíveis.

Se os bairros fossem cidades independentes, quatro dos bairros (Brooklyn, Queens, Manhattan e o Bronx) estariam entre as dez cidades mais populosas dos Estados Unidos (Staten Island seria classificada em 37º em 2020); esses mesmos bairros coincidem com os quatro condados mais densamente povoados dos Estados Unidos: Nova York (Manhattan), Kings (Brooklyn), Bronx e Queens.

Manhattan

Manhattan (Condado de Nova York) é o bairro geograficamente menor e mais densamente povoado, abriga o Central Park e a maioria dos arranha-céus da cidade, e às vezes é conhecido localmente como The City . [160] A densidade populacional de Manhattan de 72.033 pessoas por milha quadrada (27.812 / km 2 ) em 2015 a torna a mais alta de qualquer condado nos Estados Unidos e maior do que a densidade de qualquer cidade americana individual . [161]

Manhattan é o centro cultural, administrativo e financeiro da cidade de Nova York e contém a sede de muitas das principais corporações multinacionais , a Sede das Nações Unidas , Wall Street e várias universidades importantes. Manhattan é frequentemente descrita como o centro financeiro e cultural do mundo. [162] [163]

A maior parte do distrito está situada na Ilha de Manhattan , na foz do Rio Hudson. Várias pequenas ilhas também compõem parte do bairro de Manhattan, incluindo Randall's Island , Wards Island e Roosevelt Island no East River, e Governors Island e Liberty Island ao sul no porto de Nova York .

A Ilha de Manhattan é vagamente dividida nas regiões Lower , Midtown e Uptown . Uptown Manhattan é dividida pelo Central Park em Upper East Side e Upper West Side , e acima do parque está o Harlem . O Harlem foi predominantemente ocupado por judeus e ítalo-americanos no século 19 até a Grande Migração . Foi o centro da Renascença do Harlem .

O bairro de Manhattan também inclui um pequeno bairro no continente, chamado Marble Hill , que é contíguo ao Bronx. Os quatro distritos restantes da cidade de Nova York são coletivamente chamados de Outer Boroughs .

Panorama de dez milhas (16 km) do horizonte de Manhattan da 120th Street até a Battery , tirada em fevereiro de 2018 do outro lado do Rio Hudson em Weehawken, New Jersey .
  1. Igreja Riverside
  2. Time Warner Center
  3. 220 Central Park South
  4. Torre do Central Park
  5. One57
  6. 432 Park Avenue
  7. 53W53
  8. Edifício Chrysler
  9. Torre do Bank of America
  10. Edifício Conde Nast
  11. Edifício The New York Times
  12. edifício Empire State
  13. Manhattan West
  14. a: 55 Hudson Yards , 14b: 35 Hudson Yards , 14c: 10 Hudson Yards , 14d: 15 Hudson Yards
  15. 56 Leonard Street
  16. 8 Spruce Street
  17. Edifício Woolworth
  18. 70 Pine Street
  19. 30 Park Place
  20. 40 Wall Street
  21. Three World Trade Center
  22. Four World Trade Center
  23. Um centro de comércio mundial

Brooklyn

Brooklyn (Condado de Kings), na ponta oeste de Long Island , é o bairro mais populoso da cidade. Brooklyn é conhecido por sua diversidade cultural, social e étnica, um cenário artístico independente, bairros distintos e uma herança arquitetônica distinta. Downtown Brooklyn é o maior bairro central dos Outer Boroughs. O bairro tem uma longa linha costeira à beira-mar, incluindo Coney Island , estabelecido na década de 1870 como um dos primeiros parques de diversões nos EUA. [164] O Marine Park e o Prospect Park são os dois maiores parques do Brooklyn. [165] Desde 2010, Brooklyn evoluiu para um centro próspero deempreendedorismo e empresas iniciantes de alta tecnologia , [166] [167] e de arte e design pós-modernos . [167] [168]

Horizonte do centro de Brooklyn da Ilha do Governador em setembro de 2016

Rainhas

Queens (Queens County), em Long Island ao norte e a leste de Brooklyn, é geograficamente o maior distrito, o condado com maior diversidade étnica nos Estados Unidos, [169] e a área urbana com maior diversidade étnica do mundo. [170] [171] Historicamente, uma coleção de pequenas cidades e vilas fundadas pelos holandeses, o bairro desde então desenvolveu proeminência comercial e residencial. Downtown Flushing se tornou um dos bairros centrais mais movimentados dos bairros periféricos. Queens é o local do Citi Field , o estádio de beisebol do New York Mets , e hospeda o torneio anual de tênis US Openno Parque Flushing Meadows-Corona . Além disso, dois dos três aeroportos mais movimentados que atendem à área metropolitana de Nova York, o Aeroporto Internacional John F. Kennedy e o Aeroporto LaGuardia , estão localizados no Queens. O terceiro é o Aeroporto Internacional Newark Liberty, em Newark , New Jersey.

O Bronx

O Bronx (Condado de Bronx) é o bairro mais ao norte da cidade de Nova York e o único bairro da cidade que fica principalmente no continente dos Estados Unidos. É a localização do Yankee Stadium , o parque de beisebol do New York Yankees e lar do maior complexo habitacional de propriedade cooperativa dos Estados Unidos, o Co-op City . [172] É também o lar do Zoológico do Bronx , o maior zoológico metropolitano do mundo, [173] que se estende por 265 acres (1,07 km 2 ) e abriga mais de 6.000 animais. [174] O Bronx é também o berço da música e da cultura hip hop .[175] Pelham Bay Park é o maior parque da cidade de Nova York, com 2.772 acres (1.122 ha). [176]

Staten Island

Staten Island (Richmond County) é o mais suburbano dos cinco distritos. Staten Island está conectada ao Brooklyn pela Ponte Verrazano-Narrows e a Manhattan por meio do Staten Island Ferry gratuito , um ferry suburbano diário que oferece vistas panorâmicas da Estátua da Liberdade , Ellis Island e Lower Manhattan. No centro de Staten Island, o Staten Island Greenbelt se estende por aproximadamente 2.500 acres (10 km 2 ), incluindo 28 milhas (45 km) de trilhas para caminhada e uma das últimas florestas não perturbadas da cidade. [177] Designado em 1984 para proteger as terras naturais da ilha, o Greenbelt compreende sete parques municipais.

Arquitetura

No sentido horário, a partir do canto superior esquerdo: o Empire State Building é um ícone solitário de Nova York, definido por seus contratempos , detalhes Art Déco e pináculo como o edifício mais alto do mundo de 1931 a 1970; o Chrysler Building , construído em 1930, também é um ícone de Manhattan no estilo Art Déco , com calotas ornamentais e sua torre; Arquitetura modernista justaposta à arquitetura neogótica em Midtown Manhattan ; e casas geminadas do século 19 , incluindo brownstones , na arborizada Kent Street no Greenpoint Historic District, Brooklyn.

Nova York tem edifícios arquitetonicamente notáveis ​​em uma ampla variedade de estilos e de períodos distintos, desde a casa colonial holandesa Pieter Claesen Wyckoff, no Brooklyn, cuja seção mais antiga data de 1656, até o moderno One World Trade Center , o arranha-céu em Ground Zero em Lower Manhattan e a torre de escritórios mais cara do mundo em custo de construção. [179]

O horizonte de Manhattan , com seus muitos arranha-céus, é universalmente reconhecido, e a cidade já abrigou vários dos edifícios mais altos do mundo . Em 2019 , a cidade de Nova York tinha 6.455 prédios altos, a terceira maior do mundo depois de Hong Kong e Seul . [180] Destes, em 2011 , 550 estruturas concluídas tinham pelo menos 330 pés (100 m) de altura, com mais de cinquenta arranha-céus concluídos com mais de 656 pés (200 m) . Isso inclui o Edifício Woolworth , um dos primeiros exemplos da arquitetura neogóticaem design de arranha-céu, construído com detalhes góticos em escala maciça; concluído em 1913, durante 17 anos foi o edifício mais alto do mundo. [181]

A Resolução de Zoneamento de 1916 exigia retrocessos em novos edifícios e torres restritas a uma porcentagem do tamanho do lote , para permitir que a luz solar atingisse as ruas abaixo. [182] O estilo Art Déco do Chrysler Building (1930) e Empire State Building (1931), com seus topos cônicos e torres de aço , refletiu os requisitos de zoneamento. Os edifícios têm ornamentação distinta, como as águias nos cantos do 61º andar do Chrysler Building, e são considerados alguns dos melhores exemplos do estilo Art Déco . [183] Um exemplo altamente influente doestilo internacional nos Estados Unidos é o Seagram Building (1957), que se distingue por sua fachada usando vigas I em bronze visíveis para evocar a estrutura do edifício. O Edifício Condé Nast (2000) é um exemplo proeminente de design verde em arranha-céus americanos [184] e recebeu um prêmio do American Institute of Architects e do AIA New York State por seu design.

O caráter dos grandes bairros residenciais de Nova York é frequentemente definido pelas elegantes casas geminadas de brownstone e casas geminadas e prédios pobres que foram construídos durante um período de rápida expansão de 1870 a 1930. [185] Em contraste, a cidade de Nova York também tem bairros menos densamente povoado e com habitações independentes. Em bairros como Riverdale (no Bronx), Ditmas Park (no Brooklyn) e Douglaston (no Queens), grandes casas unifamiliares são comuns em vários estilos arquitetônicos, como Tudor Revival e Victorian . [186] [187][188]

Pedra e tijolo se tornaram os materiais de construção preferidos da cidade depois que a construção de casas com estrutura de madeira foi limitada após o Grande Incêndio de 1835 . [189] Uma característica distintiva de muitos dos edifícios da cidade é a torre de água de madeira montada no telhado . No século 19, a cidade exigia sua instalação em edifícios com mais de seis andares para evitar a necessidade de pressões de água excessivamente altas em elevações mais baixas, o que poderia quebrar os encanamentos de água municipais. [190] Os apartamentos Garden tornaram-se populares durante a década de 1920 em áreas remotas, como Jackson Heights . [191]

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos , uma análise atualizada do risco sísmico em julho de 2014 revelou um "risco ligeiramente menor para edifícios altos" na cidade de Nova York do que o avaliado anteriormente. Os cientistas estimaram esse risco reduzido com base em uma probabilidade menor do que se pensava anteriormente de um tremor lento perto da cidade, o que seria mais provável de causar danos às estruturas mais altas de um terremoto nas proximidades da cidade. [192]

Clima

Queens – Midtown Tunnel após inundação causada pela supertempestade Sandy em 29 de outubro de 2012

De acordo com a classificação climática de Köppen , usando a isoterma de 0 ° C (32 ° F), a cidade de Nova York apresenta um clima subtropical úmido (Cfa) e é, portanto, a grande cidade mais ao norte do continente norte-americano com essa classificação. Os subúrbios imediatamente ao norte e oeste encontram-se na zona de transição entre climas subtropicais úmidos e climas continentais úmidos (Dfa). [193] [194] Pela classificação de Trewartha , a cidade é definida como tendo um clima oceânico (Do). [195] [196] Anualmente, a cidade fica em média 234 dias com pelo menos algum sol. [197] A cidade fica na zona de robustez de plantas do USDA 7b .[198]

Central Park em 2011 durante o inverno.

Os invernos são frios e úmidos, e os padrões de vento predominantes que sopram a brisa do mar ao largo da costa temperam os efeitos moderadores do Oceano Atlântico; no entanto, o Atlântico e a proteção parcial do ar mais frio pelos Apalaches mantêm a cidade mais quente no inverno do que as cidades do interior da América do Norte em latitudes semelhantes ou menores, como Pittsburgh , Cincinnati e Indianápolis . A temperatura média diária em janeiro, o mês mais frio da área, é de 32,6 ° F (0,3 ° C). [199] As temperaturas geralmente caem para 10 ° F (−12 ° C) várias vezes no inverno, [200]mas também pode atingir 60 ° F (16 ° C) por vários dias, mesmo no mês mais frio do inverno. A primavera e o outono são imprevisíveis e podem variar de frio a quente, embora sejam geralmente amenos com baixa umidade. Os verões são tipicamente quentes e úmidos, com uma temperatura média diária de 76,5 ° F (24,7 ° C) em julho. [199]

As temperaturas noturnas geralmente aumentam devido ao efeito de ilha de calor urbana . As temperaturas diurnas excedem 90 ° F (32 ° C) em média de 17 dias a cada verão e em alguns anos excedem 100 ° F (38 ° C), embora esta seja uma conquista rara, ocorrendo pela última vez em 23 de julho de 2011. [201] Da mesma forma, leituras de 0 ° F (−18 ° C) também são extremamente raras, ocorrendo pela última vez em 14 de fevereiro de 2016. [202] As temperaturas extremas variaram de −15 ° F (−26 ° C), registradas em 9 de fevereiro, 1934, até 106 ° F (41 ° C) em 9 de julho de 1936; [199] o resfriamento do vento mais frio registrado foi -37 ° F (-38 ° C) no mesmo dia do recorde de baixa de todos os tempos. [203]O recorde de frio máximo diário foi de 2 ° F (−17 ° C) em 30 de dezembro de 1917, enquanto, inversamente, o recorde de temperatura mínima diária foi de 84 ° F (29 ° C), registrado pela última vez em 22 de julho de 2011. [201 ] A temperatura média da água nas proximidades do Oceano Atlântico varia de 39,7 ° F (4,3 ° C) em fevereiro a 74,1 ° F (23,4 ° C) em agosto. [204]

A cidade recebe 49,9 polegadas (1.270 mm) de precipitação anualmente, que é distribuída de maneira relativamente uniforme ao longo do ano. A queda de neve média no inverno entre 1981 e 2010 foi de 25,8 polegadas (66 cm); isso varia consideravelmente entre os anos. Furacões e tempestades tropicais são raros na área de Nova York. [205] O furacão Sandy trouxe uma tempestade destrutiva para a cidade de Nova York na noite de 29 de outubro de 2012, inundando várias ruas, túneis e linhas de metrô em Lower Manhattan e outras áreas da cidade e cortando a eletricidade em muitas partes do cidade e seus subúrbios. [206] A tempestade e seus profundos impactos levaram à discussão sobre a construção de paredõese outras barreiras costeiras ao redor das linhas costeiras da cidade e da área metropolitana para minimizar o risco de consequências destrutivas de outro evento no futuro. [207] [208]

O mês mais frio registrado é janeiro de 1857, com temperatura média de 19,6 ° F (-6,9 ° C), enquanto os meses mais quentes registrados são julho de 1825 e julho de 1999, ambos com temperatura média de 81,4 ° F (27,4 ° C) . [209] O ano mais quente já registrado é 2012, com uma temperatura média de 57,4 ° F (14,1 ° C). O ano mais frio é 1836, com uma temperatura média de 47,3 ° F (8,5 ° C). [209] [210] O mês mais seco registrado é junho de 1949, com 0,02 polegadas (0,51 mm) de precipitação. O mês mais chuvoso foi agosto de 2011, com 18,95 polegadas (481 mm) de precipitação. O ano mais seco já registrado é 1965, com 26,09 polegadas (663 mm) de precipitação. O ano mais chuvoso foi 1983, com 80,56 polegadas (2.046 mm) de precipitação. [211]O mês mais nevado registrado é fevereiro de 2010, com 36,9 polegadas (94 cm) de neve. A temporada de neve mais registrada (julho a junho) é de 1995 a 1996, com 75,6 polegadas (192 cm) de neve. A estação com menos neve foi 1972-1973, com 2,3 polegadas (5,8 cm) de neve. [212] O primeiro traço sazonal de queda de neve ocorreu em 10 de outubro, em 1979 e 1925. O último traço sazonal de queda de neve ocorreu em 9 de maio, em 2020 e 1977. [213]

Dados climáticos para Nova York
MêsJanFevMarAbrMaioJunhoJulAgostoSetOutNovDezAno
Temperatura média do mar ° F (° C)41,7
(5,4)
39,7
(4,3)
40,2
(4,5)
45,1
(7,3)
52,5
(11,4)
64,5
(18,1)
72,1
(22,3)
74,1
(23,4)
70,1
(21,2)
63,0
(17,3)
54,3
(12,4)
47,2
(8,4)
55,4
(13,0)
Fonte: Atlas meteorológico [217]

Veja ou edite dados gráficos brutos .


Parques

Flushing Meadows – Corona Park foi usado nas feiras mundiais de Nova York de 1939 e 1964 , com o Unisphere como peça central desta última e que permanece até hoje.

A cidade de Nova York tem um sistema complexo de parques, com várias terras operadas pelo National Park Service , pelo Escritório de Parques, Recreação e Preservação Histórica do Estado de Nova York e pelo Departamento de Parques e Recreação da Cidade de Nova York . Em sua classificação ParkScore de 2018, The Trust for Public Land informou que o sistema de parques na cidade de Nova York foi o nono melhor sistema de parques entre as cinquenta cidades mais populosas dos Estados Unidos. [218] O ParkScore classifica os sistemas de parques urbanos por uma fórmula que analisa o tamanho médio do parque, acres do parque como porcentagem da área da cidade, a porcentagem de residentes da cidade a meia milha de um parque, gastos com serviços do parque por residente e o número de playgrounds por 10.000 residentes.

parques nacionais

A Estátua da Liberdade na Ilha da Liberdade no porto de Nova York é um símbolo dos Estados Unidos e seus ideais de liberdade, democracia e oportunidades. [219]

A Área de Recreação Nacional do Gateway contém mais de 26.000 acres (110 km 2 ) no total, a maioria deles cercada pela cidade de Nova York, [220] incluindo o Refúgio de Vida Selvagem da Baía da Jamaica . No Brooklyn e no Queens, o parque contém mais de 9.000 acres (36 km 2 ) de pântanos salgados , pântanos , ilhas e água, incluindo a maior parte da Baía da Jamaica . Também em Queens, o parque inclui uma porção significativa da Península Rockaway ocidental , mais notavelmente Jacob Riis Park e Fort Tilden . Em Staten Island, a Gateway National Recreation Area inclui Fort Wadsworth, com o histórico Battery Weed e Fort Tompkins da era pré-Guerra Civil , e o Great Kills Park , com praias, trilhas e uma marina .

O Monumento Nacional da Estátua da Liberdade e o Museu da Imigração da Ilha Ellis são administrados pelo Serviço de Parques Nacionais e estão localizados nos estados de Nova York e Nova Jersey . Eles se juntam no porto ao Governors Island National Monument , em Nova York. Os locais históricos sob gestão federal na Ilha de Manhattan incluem o Monumento Nacional Castle Clinton ; Memorial Nacional do Federal Hall ; Theodore Roosevelt Local de Nascimento Histórico Nacional ; General Grant National Memorial ("Tumba de Grant"); Monumento Nacional do cemitério africano ; e Hamilton Grange National Memorial. Centenas de propriedades privadas estão listadas no Registro Nacional de Locais Históricos ou como um Marco Histórico Nacional , como, por exemplo, o Stonewall Inn , parte do Monumento Nacional Stonewall em Greenwich Village , como o catalisador do movimento moderno pelos direitos dos homossexuais . [126] [127] [128] [129] [130]

Parques estaduais

Existem sete parques estaduais dentro dos limites da cidade de Nova York, incluindo Clay Pit Ponds State Park Preserve , uma área natural que inclui extensas trilhas para cavalgadas , e Riverbank State Park , uma instalação de 28 acres (11 ha) que se eleva a 69 pés (21 m) sobre o rio Hudson. [221]

Parques da cidade

Vista de The Pond e Midtown Manhattan da ponte Gapstow no Central Park , uma das atrações turísticas mais visitadas do mundo, em 2019.
Leões marinhos da Califórnia brincam no Zoológico do Bronx , o maior zoológico metropolitano do mundo. [173]

A cidade de Nova York tem mais de 28.000 acres (110 km 2 ) de parques municipais e 14 milhas (23 km) de praias públicas. [222] O maior parque municipal da cidade é Pelham Bay Park no Bronx, com 2.772 acres (1.122 ha). [176] [223]

  • O Central Park , um parque de 843 acres (3,41 km 2 ) [176] no centro-alto de Manhattan, é o parque urbano mais visitado dos Estados Unidos e um dos locais mais filmados do mundo, com 40 milhões de visitantes em 2013. [224] O parque tem uma grande variedade de atrações; há vários lagos e lagoas, dois rinques de patinação no gelo , o Zoológico do Central Park, o Jardim do Conservatório do Central Park e o reservatório Jackie Onassis de 106 acres (0,43 km 2 ) . [225] As atrações internas incluem o Castelo Belvederecom seu centro natural, o Swedish Cottage Marionette Theatre e o histórico Carrossel. Em 23 de outubro de 2012, o gerente de fundos de hedge John A. Paulson anunciou um presente de US $ 100 milhões para o Central Park Conservancy , a maior doação monetária já feita para o sistema de parques da cidade de Nova York. [226]
  • Washington Square Park é um marco importante no bairro de Greenwich Village , em Lower Manhattan. O Washington Square Arch no portão norte do parque é um símbolo icônico da Universidade de Nova York e do Greenwich Village.
  • Prospect Park no Brooklyn tem um prado de 90 acres (36 ha), um lago e extensos bosques . Dentro do parque está o histórico Battle Pass, proeminente na Batalha de Long Island. [227]
  • Flushing Meadows – Corona Park em Queens, com seus 897 acres (363 ha) tornando-o o quarto maior parque da cidade, [228] foi o cenário para a Feira Mundial de 1939 e a Feira Mundial de 1964 [229] e é o anfitrião da USTA Billie Jean King National Tennis Center e o torneio anual do US Open Tennis Championships . [230]
  • Mais de um quinto da área do Bronx, 7 mil acres (28 km 2 ), é dedicado a espaços abertos e parques, incluindo o Pelham Bay Park, o Van Cortlandt Park , o Bronx Zoo e o New York Botanical Gardens . [231]
  • Em Staten Island, o Conference House Park contém a histórica Conference House , local da única tentativa de uma resolução pacífica para a Revolução Americana que foi conduzida em setembro de 1775, com a presença de Benjamin Franklin representando os americanos e Lord Howe representando a Coroa Britânica . [232] O histórico Burial Ridge , o maior cemitério de nativos americanos na cidade de Nova York, fica dentro do parque. [233]

Instalações militares

Brooklyn é o lar de Fort Hamilton , a única instalação militar dos EUA em serviço ativo na cidade de Nova York, [234] além das operações da Guarda Costeira . A instalação foi fundada em 1825 no local de uma pequena bateria utilizada durante a Revolução Americana e é um dos fortes militares mais antigos da América. [235] Hoje, Fort Hamilton serve como quartel-general da Divisão do Atlântico Norte do Corpo de Engenheiros do Exército dos Estados Unidose para o Batalhão de Recrutamento da Cidade de Nova York. Ele também abriga a 1179ª Brigada de Transporte, o 722º Esquadrão de Escalonamento Aeromédico e uma estação de processamento de entrada militar. Outras reservas militares anteriormente ativas ainda utilizadas para a Guarda Nacional e treinamento militar ou operações de reserva na cidade incluem Fort Wadsworth em Staten Island e Fort Totten em Queens.

Demografia

População histórica
AnoPop.±%
16984.937-    
17125.840+ 18,3%
17237.248+ 24,1%
173710.664+ 47,1%
174611.717+ 9,9%
175613.046+ 11,3%
177121.863+ 67,6%
179049.401+ 126,0%
180079.216+ 60,4%
1810119.734+ 51,1%
1820152.056+ 27,0%
1830242.278+ 59,3%
1840391.114+ 61,4%
1850696.115+ 78,0%
18601.174.779+ 68,8%
18701.478.103+ 25,8%
18801.911.698+ 29,3%
18902.507.414+ 31,2%
19003.437.202+ 37,1%
19104.766.883+ 38,7%
19205.620.048+ 17,9%
19306.930.446+ 23,3%
19407.454.995+ 7,6%
19507.891.957+ 5,9%
19607.781.984-1,4%
19707.894.862+ 1,5%
19807.071.639-10,4%
19907.322.564+ 3,5%
20008.008.278+ 9,4%
20108.175.133+ 2,1%
20198.336.817+ 2,0%
Nota: Os números do censo (1790–2010) cobrem a área atual de todos os cinco distritos, antes e depois da consolidação de 1898. Para a própria cidade de Nova York antes de anexar parte do Bronx em 1874, consulte Manhattan # Demographics . [240]
Fonte: Censo Decenal dos EUA; [241]

1698–1771: Greene e Harrington; [242]
1790–1890: Censo dos EUA; [240] [243]
1900–1990: Censo dos EUA; [244]

2000 e 2010: Censo dos EUA; [245] [246] [247]

A cidade de Nova York é a cidade mais populosa dos Estados Unidos, [248] com uma estimativa de 8.336.817 residentes em julho de 2019 , [11] incorporando mais imigração na cidade do que emigração desde o censo dos Estados Unidos de 2010 . [249] [250] Mais de duas vezes mais pessoas vivem na cidade de Nova York em comparação com Los Angeles, a segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos, [248] e em uma área menor. A cidade de Nova York ganhou mais residentes entre abril de 2010 e julho de 2014 (316.000) do que qualquer outra cidade dos EUA. [248] A população da cidade de Nova York é cerca de 43% da população do estado de Nova York, [251] e cerca de 36% da população doÁrea metropolitana de Nova York . [252]

Densidade populacional

Em 2017, a cidade tinha uma densidade populacional estimada de 28.491 habitantes por milha quadrada (11.000 / km 2 ), tornando-se o mais densamente povoado do país de todos os municípios (de mais de 100.000), com várias cidades pequenas (de menos de 100.000) no condado adjacente de Hudson, New Jersey, com maior densidade , de acordo com o censo de 2010. [253] Geograficamente coextensivo com o condado de Nova York, a densidade populacional do distrito de Manhattan em 2017 de 72.918 habitantes por milha quadrada (28.154 / km 2 ) torna-o o mais alto de qualquer condado nos Estados Unidos e maior do que a densidade de qualquer indivíduo Cidade americana . [254] [255] [256][257]

Raça e etnia

Um mapa da distribuição racial em Nova York, Censo dos EUA de 2010. Cada ponto tem 25 pessoas: branco , preto , asiático , hispânico ou outro (amarelo)

A população da cidade em 2010 era de 44% de brancos (33,3% de brancos não hispânicos), 25,5% de negros ou afro-americanos (23% de negros não hispânicos), 0,7% de nativos americanos ou nativos do Alasca e 12,7% de asiáticos . [258] Hispânicos ou latinos de qualquer raça representaram 28,6% da população, [258] enquanto os asiáticos constituíram o segmento de crescimento mais rápido da população da cidade entre 2000 e 2010; a população branca não hispânica diminuiu 3%, o menor declínio registrado em décadas; e pela primeira vez desde a Guerra Civil dos Estados Unidos, o número de negros diminuiu em uma década. [259] Ao longo de sua história, Nova York tem sido um importanteporto de entrada de imigrantes nos Estados Unidos. Mais de 12 milhões de imigrantes europeus foram recebidos em Ellis Island entre 1892 e 1924. [260] O termo " cadinho " foi cunhado pela primeira vez para descrever bairros densamente povoados de imigrantes no Lower East Side . Em 1900, os alemães constituíam o maior grupo de imigrantes, seguidos pelos irlandeses , judeus e italianos . [261] Em 1940, os brancos representavam 92% da população da cidade. [238]

Aproximadamente 37% da população da cidade nasceu no estrangeiro , e mais da metade de todas as crianças nasceram de mães que são imigrantes em 2013. [262] [263] Em Nova York, nenhum país ou região de origem domina. [262] As dez maiores fontes de indivíduos nascidos no exterior na cidade em 2011 foram a República Dominicana , China , México , Guiana , Jamaica , Equador , Haiti , Índia , Rússia e Trinidad e Tobago , [264] enquanto oA população de imigrantes nascidos em Bangladesh se tornou uma das que mais cresce na cidade, contando com mais de 74.000 em 2011. [20] [265]

No sentido horário, do canto superior esquerdo: Manhattan Chinatown ; Lower Manhattan 's Little Italy ; O Harlem espanhol de Upper Manhattan ; Little India, Queens ; A Pequena Rússia do Brooklyn ; Midtown Manhattan 's Koreatown

Os asiático-americanos na cidade de Nova York , de acordo com o censo de 2010, somam mais de um milhão, maior do que os totais combinados de San Francisco e Los Angeles . [266] Nova York contém a maior população total de asiáticos de qualquer cidade dos Estados Unidos. [267] O bairro de Queens em Nova York abriga a maior população asiático-americana do estado e as maiores populações andinas ( colombiana , equatoriana , peruana e boliviana ) dos Estados Unidos, e também é a área urbana com maior diversidade étnica na mundo. [170] [171]

A população chinesa constitui a nacionalidade de crescimento mais rápido no estado de Nova York; múltiplos satélites da Chinatown de Manhattan original , no Brooklyn , e ao redor de Flushing, Queens , estão prosperando como enclaves tradicionalmente urbanos - enquanto também se expandem rapidamente para o leste no condado de Nassau suburbano [268] em Long Island , [269] como a região metropolitana de Nova York e O estado de Nova York se tornou o principal destino para novos imigrantes chineses, respectivamente, e a imigração chinesa em grande escala continua na cidade de Nova York e áreas circunvizinhas, [270] [271] [272] [273] [274] [275]com a maior diáspora metropolitana chinesa fora da Ásia, [20] [276] incluindo uma estimativa de 812.410 indivíduos em 2015. [277]

Em 2012, 6,3% da cidade de Nova York era de etnia chinesa , com quase três quartos vivendo no Queens ou no Brooklyn, geograficamente em Long Island. [278] Uma comunidade de 20.000 coreanos-chineses ( Chaoxianzu ou Joseonjok ) está centrada em Flushing, Queens , enquanto a cidade de Nova York também abriga a maior população tibetana fora da China, Índia e Nepal , também centrada no Queens. [279] Os coreanos constituíam 1,2% da população da cidade e os japoneses 0,3%. Os filipinos foram os maiores do sudeste asiáticogrupo étnico com 0,8%, seguido pelos vietnamitas , que representavam 0,2% da população da cidade de Nova York em 2010. Os indianos são o maior grupo do sul da Ásia , compreendendo 2,4% da população da cidade, com Bangladesh e paquistaneses com 0,7% e 0,5%, respectivamente. [280] Queens é o bairro preferido de assentamento para índios asiáticos, coreanos, filipinos e malaios , [281] [270] e outros asiáticos do sudeste; [282] enquanto o Brooklyn está recebendo um grande número de imigrantes indianos ocidentais e asiáticos.

A cidade de Nova York tem a maior população europeia e não hispânica branca de todas as cidades americanas. Com 2,7 milhões em 2012, a população branca não hispânica de Nova York é maior do que a população branca não hispânica de Los Angeles (1,1 milhão), Chicago (865.000) e Houston (550.000) juntas. [283] A população branca não hispânica era de 6,6 milhões em 1940. [284] A população branca não hispânica começou a aumentar desde 2010. [285]

A diáspora europeia residente na cidade é muito diversa. De acordo com as estimativas do Censo de 2012, havia cerca de 560.000 ítalo-americanos, 385.000 irlandeses americanos, 253.000 americanos alemães , 223.000 americanos russos , 201.000 americanos poloneses e 137.000 americanos ingleses . Além disso, os gregos e os franceses eram 65.000 cada um, com os descendentes de húngaros estimados em 60.000 pessoas. Os ucranianos e escoceses americanos somavam 55.000 e 35.000, respectivamente. As pessoas que identificaram ancestrais da Espanha totalizaram 30.838 em 2010. [286]

As pessoas de ascendência norueguesa e sueca somavam cerca de 20.000 cada, enquanto as pessoas de ascendência tcheca , lituana , portuguesa , escocesa e galesa tinham entre 12.000 e 14.000. [287] Os árabes americanos somam mais de 160.000 na cidade de Nova York, [288] com a maior concentração no Brooklyn. Os centro-asiáticos , principalmente americanos uzbeques , são um segmento de rápido crescimento da população branca não hispânica da cidade, enumerando mais de 30.000 e incluindo mais da metade de todos os imigrantes da Ásia Central nos Estados Unidos, [289]a maioria se estabelecendo no Queens ou no Brooklyn. Os albaneses americanos estão mais concentrados no Bronx. [290]

A maior área estatística metropolitana da cidade de Nova York, com mais de vinte milhões de pessoas, cerca de cinquenta por cento mais do que a segunda colocada Los Angeles , [4] também é etnicamente diversa , [291] com a maior população estrangeira de qualquer região metropolitana na o mundo. A região de Nova York continua a ser de longe o principal portal metropolitano para imigrantes legais admitidos nos Estados Unidos, excedendo substancialmente os totais combinados de Los Angeles e Miami . [270] É o lar das maiores comunidades judaicas e israelenses fora de Israel, com a população judaica na região totalizando mais de 1,5 milhão em 2012 e incluindo muitas seitas judaicas diversas, predominantemente de todo o Oriente Médio e Europa Oriental, e incluindo uma população judia ortodoxa em rápido crescimento , a maior fora de Israel . [279]

A área metropolitana também abriga 20% dos índios americanos e pelo menos 20 enclaves de Little India , e 15% de todos os coreano-americanos e quatro Koreatowns ; [292] [293] a maior população de índios asiáticos no Hemisfério Ocidental; a maior população russo-americana, [271] ítalo-americana e afro-americana; a maior população dominicana americana , porto-riquenha americana e sul-americana [271] e a segunda maior população hispânica geral dos Estados Unidos, com 4,8 milhões; [286]e inclui várias Chinatowns estabelecidas somente na cidade de Nova York. [294]

Equador, Colômbia , Guiana, Peru e Brasil foram os principais países de origem da América do Sul para imigrantes legais para a região da cidade de Nova York em 2013; República Dominicana, Jamaica , Haiti e Trinidad e Tobago no Caribe ; Egito , Gana e Nigéria da África; e El Salvador , Honduras e Guatemala na América Central. [295] Em meio ao ressurgimento da migração porto-riquenha para a cidade de Nova York , essa população aumentou para aproximadamente 1,3 milhão na área metropolitana em 2013.

Desde 2010, a Little Australia surgiu e está crescendo rapidamente, representando a presença da Australásia em Nolita, Manhattan . [296] [297] [298] [299] Em 2011, havia cerca de 20.000 residentes australianos na cidade de Nova York, quase o quádruplo dos 5.537 em 2005. [300] [301] Qantas Airways da Austrália e Air New Zealand foram explorando as possibilidades de voos de longo curso de Nova York a Sydney e Auckland , respectivamente, que seriam classificados entre os voos sem escalas mais longos do mundo. [302] [303]A Little Sri Lanka se desenvolveu no bairro de Tompkinsville em Staten Island. [304]

Orientação sexual e identidade de gênero

No sentido horário, a partir do canto superior esquerdo: Geena Rocero, nascida nas Filipinas , apresentando o Dia Internacional da Visibilidade dos Transgêneros ; Projeto de Igualdade Caribenho NYC-LGBTQ ; a Marcha do Orgulho LGBT de 2015 em Manhattan , a maior do mundo; [35] [305] e o Festival Multicultural no Queens Pride Parade 2018 .

A área metropolitana de Nova York é o lar de uma proeminente comunidade gay e bissexual que se autoidentifica, estimada em quase 570.000 indivíduos, a maior dos Estados Unidos e uma das maiores do mundo. [306] [307] Os casamentos do mesmo sexo em Nova York foram legalizados em 24 de junho de 2011 e autorizados a ocorrer a partir de 30 dias depois. [308] Charles Kaiser, autor de The Gay Metropolis: The Landmark History of Gay Life in America , escreveu isso na era após a Segunda Guerra Mundial, "A cidade de Nova York se tornou literalmente a metrópole gay para centenas de milhares de imigrantes de dentro e fora dos Estados Unidos: o lugar que eles escolheram para aprender a viver de forma aberta, honesta e sem vergonha." [309]

A marcha do orgulho anual da cidade de Nova York (ou parada do orgulho gay ) atravessa para o sul pela Quinta Avenida e termina em Greenwich Village, em Lower Manhattan; a parada rivaliza com a Parada do Orgulho Gay de São Paulo como a maior parada do orgulho do mundo, atraindo dezenas de milhares de participantes e milhões de espectadores nas calçadas todo mês de junho. [310] [35] A Parada do Orgulho Queens anual é realizada em Jackson Heights e é acompanhada pela Parada Multicultural que se seguiu . [311] Stonewall 50 - WorldPride NYC 2019 foi o maior celebração internacional do Orgulho da história, produzida pela Heritage of Pride e aprimorada por meio de uma parceria com a divisão LGBT do programa I ❤ NY , comemorando o 50º aniversário da revolta de Stonewall, com 150.000 participantes e cinco milhões de espectadores presentes somente em Manhattan. [312] A cidade de Nova York também abriga a maior população transgênero do mundo, estimada em mais de 50.000 em 2018, concentrada em Manhattan e Queens; no entanto, até os distúrbios de Stonewall em junho de 1969, essa comunidade se sentia marginalizada e negligenciada pela comunidade gay. [311] [131] Marcha de Libertação do Brooklyn, o maior dos direitos dos transgênerosdemonstração na história LGBTQ, ocorreu em 14 de junho de 2020 estendendo-se de Grand Army Plaza a Fort Greene, Brooklyn , com foco no apoio à vida de transexuais negros, atraindo cerca de 15.000 a 20.000 participantes. [313] [314]

Religião

Filiação religiosa (2014) [315] [316]
cristão
59%
católico
33%
protestante
23%
Outro cristão
3%
Não afiliado
24%
judaico
8%
hindu
3%
muçulmano
3%
budista
1%
Outras religiões
1%

A área de Nova York é a 14ª metrópole mais religiosa dos Estados Unidos. Em grande parte como resultado do trabalho missionário da Europa Ocidental e do colonialismo, o cristianismo é a maior religião em 2014. [315] O catolicismo romano é a maior denominação cristã (33%), seguido pelo protestantismo (23%) e outros cristãos (3%) . A população católica romana é servida principalmente pela Arquidiocese Católica Romana de Nova York e pela Diocese de Brooklyn . Os católicos orientais estão divididos em várias jurisdições em toda a cidade. O protestantismo evangélico é o maior ramo do protestantismo na cidade (9%), seguido porProtestantismo da linha principal (8%), enquanto o inverso geralmente é verdadeiro para outras cidades e áreas metropolitanas. [316] No evangelicalismo, os batistas são o maior grupo; no protestantismo mainline, os protestantes reformados são os maiores. A maioria das igrejas historicamente afro-americanas são afiliadas à Convenção Batista Nacional (EUA) e à Convenção Batista Nacional Progressiva . A Igreja de Deus em Cristo é uma das maiores denominações pentecostais predominantemente negros na área. Menos de 1% da população era mórmon. A Arquidiocese Ortodoxa Grega da Américae outros cristãos ortodoxos (tradicionais e independentes) foram os maiores grupos cristãos orientais . A Igreja Católica Ortodoxa Americana (inicialmente liderada por Aftimios Ofiesh ) foi fundada na cidade de Nova York em 1927.

O Judaísmo , com aproximadamente 1,1 milhão de adeptos , [317] [318] mais da metade dos quais vivem no Brooklyn , é a segunda maior religião. [319] [320] A população etnorreligiosa compõe 18,4% da cidade e sua demografia religiosa compõe 8%. [321] O primeiro colono judeu registrado foi Jacob Barsimson , que chegou em agosto de 1654 com um passaporte da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais. [322] Após o assassinato de Alexandre II da Rússia , pelo qual muitos culparam "os judeus", os 36 anos começando em 1881 experimentaram a maior onda de imigração judaica para os Estados Unidos. [323]Em 2012, as maiores denominações judaicas eram Ortodoxa , Haredi e Judaísmo Conservador . [324] Comunidades judaicas reformistas prevalecem na área. A Congregação Emanu-El de Nova York em Manhattan é a maior sinagoga Reformada do mundo. O Islã é a terceira maior religião da cidade de Nova York, com estimativas variando entre 600.000 e 1.000.000 de observadores, incluindo 10% das crianças de escolas públicas da cidade. [325] A mesquita de Powers Street no Brooklyn é uma das mesquitas mais antigas em operação contínua nos Estados Unidos e a primeira organização islâmica na cidade e no estado. [326] [327]Esses três maiores grupos são seguidos pelo Hinduísmo , Budismo , Sikhismo e Zoroastrismo , e uma variedade de outras religiões, bem como o ateísmo. Em 2014, 24% dos nova-iorquinos se identificaram com nenhuma afiliação religiosa organizada; um pouco mais de 3% dos nova-iorquinos eram ateus . [315]

Afiliações religiosas na cidade de Nova York
O marco neo-gótico da catedral católica romana de São Patrício , no centro de Manhattan.
Residentes judeus ultraortodoxos no Brooklyn. Brooklyn tem a maior comunidade judaica dos Estados Unidos, com aproximadamente 600.000 indivíduos. [319]
O Centro Cultural Islâmico de Nova York em Upper Manhattan , a primeira mesquita construída na cidade de Nova York.
Templo Ganesh em Flushing, Queens , o mais antigo templo hindu dos EUA
Templo Budista Mahayana em Chinatown, Manhattan .
Uma proporção significativa de nova-iorquinos tem opiniões ateístas , promovidas neste outdoor eletrônico na Times Square .

Riqueza e disparidade de renda

New York City tem um alto grau de desigualdade de renda , conforme indicado pelo seu coeficiente de Gini de 0,55 a partir de 2017. [328] (Isso não é incomum, como todas as grandes cidades têm maiores disparidades de renda do que a nação em geral.) [329] Em No primeiro trimestre de 2014, o salário semanal médio no condado de Nova York (Manhattan) era de US $ 2.749, representando o maior total entre os grandes condados dos Estados Unidos. [330] Em 2017, a cidade de Nova York abrigava o maior número de bilionários de qualquer cidade do mundo com 103, [331] incluindo o ex- prefeito Michael Bloomberg . [332]Nova York também teve a maior densidade de milionários per capita entre as principais cidades dos EUA em 2014, com 4,6% dos residentes. [333] A cidade de Nova York é uma das relativamente poucas cidades americanas que cobram imposto de renda (cerca de 3%) de seus residentes. [334] [335] [336] Em 2018, havia 78.676 desabrigados na cidade de Nova York. [337]

Economia

Principais empresas de capital aberto na cidade de Nova York

(classificado pelas receitas de 2015) com as classificações da cidade e dos EUA

NYCcorporaçãonós
1Verizon Communications13
2JPMorgan Chase23
3Citigroup29
4MetLife40
5American International Group49
6Pfizer (farmacêutica)55
7New York Life61
8Goldman Sachs74
9Morgan Stanley78
10TIAA (Ins. E Anuidade de Professores)82
11INTL FCStone83
12Expresso americano85
A receita de cada empresa ultrapassou US $ 30 bilhões
Empresas de serviços financeiros em verde
Mesa cheia na Economy of New York City
Fonte: Fortune 500 [338]

A cidade de Nova York é um centro global de negócios e comércio, como um centro bancário e financeiro, varejo, comércio mundial, transporte, turismo, imobiliário, nova mídia , mídia tradicional , publicidade, serviços jurídicos , contabilidade , seguros, teatro, moda , e as artes nos Estados Unidos; enquanto Silicon Alley , metônimo para a esfera de alta tecnologia de amplo espectro de Nova York , continua a se expandir. O Porto de Nova York e Nova Jersey também é um importante motor econômico, movimentando volume recorde de carga em 2017, mais de 6,7 milhões de TEUs . [339]

Muitas empresas da Fortune 500 estão sediadas na cidade de Nova York, [340] assim como um grande número de empresas multinacionais . Um em cada dez empregos no setor privado na cidade é em uma empresa estrangeira. [341] A cidade de Nova York foi classificada em primeiro lugar entre as cidades em todo o mundo em atrair capital , negócios e turistas. [342] [343] O papel da cidade de Nova York como o principal centro global para a indústria de publicidade é metonimamente refletido como "Madison Avenue" . [344] A indústria da moda da cidadefornece a aproximadamente 180.000 funcionários US $ 11 bilhões em salários anuais. [345]

Outros setores importantes incluem pesquisa médica e tecnologia, instituições sem fins lucrativos e universidades. A indústria transformadora é responsável por uma parcela significativa, mas em declínio, do emprego. A indústria de vestuário e vestuário da cidade , historicamente centrada no Garment District em Manhattan, atingiu o pico em 1950, quando mais de 323.000 trabalhadores foram empregados na indústria em Nova York. Em 2015, menos de 23.000 residentes da cidade de Nova York estavam empregados na fabricação de roupas, acessórios e tecidos acabados, embora esforços para reviver a indústria estivessem em andamento. [346] O processamento de alimentos é uma indústria de $ 5 bilhões que emprega mais de 19.000 residentes.

O chocolate é o principal produto de exportação de alimentos especiais da cidade de Nova York , com até US $ 234 milhões em exportações a cada ano. [347] Os empresários estavam formando um "distrito do chocolate" no Brooklyn a partir de 2014 , [348] enquanto Godiva , um dos maiores chocolatiers do mundo , continua com sede em Manhattan . [349]

Wall Street

A Bolsa de Valores de Nova York , por uma margem significativa a maior bolsa de valores do mundo por capitalização de mercado de suas empresas listadas, [350] [351] em US $ 23,1 trilhões em abril de 2018. [352] Na foto está o edifício da bolsa em Wall Street .

O setor econômico mais importante da cidade de Nova York reside em seu papel de sede da indústria financeira dos Estados Unidos , metonimamente conhecida como Wall Street . A indústria de valores mobiliários da cidade , enumerando 163.400 empregos em agosto de 2013, continua a formar o maior segmento do setor financeiro da cidade e um importante motor econômico, respondendo em 2012 por 5,0 por cento dos empregos do setor privado da cidade, 8,5 por cento ($ 3,8 bilhões) de seus receita tributária e 22% dos salários totais da cidade, incluindo um salário médio de $ 360.700. [353] Muitas grandes empresas financeiras estão sediadas na cidade de Nova York, e a cidade também abriga um número crescente de empresas financeiras iniciantes .

Lower Manhattan abriga a Bolsa de Valores de Nova York , em 11 Wall Street , e o NASDAQ , em 165 Broadway , representando a maior e a segunda maior bolsa de valores do mundo , respectivamente, quando medida tanto pelo volume de negociação médio diário geral quanto pela capitalização de mercado total de suas empresas listadas em 2013. [354] [355] As taxas de bancos de investimento em Wall Street totalizaram aproximadamente $ 40 bilhões em 2012, [356] enquanto em 2013, os executivos bancários da cidade de Nova York que gerenciam funções de risco e conformidade ganharam até $ 324.000 anualmente. [357]No ano fiscal de 2013–14, o setor de títulos de Wall Street gerou 19% da receita tributária do estado de Nova York. [358]

A cidade de Nova York continua sendo o maior centro global de negociação de ações públicas e mercados de capitais de dívida , impulsionada em parte pelo tamanho e desenvolvimento financeiro da economia dos Estados Unidos . [359] : 31–32 [360] Nova York também lidera na gestão de fundos de hedge ; capital privado ; e o volume monetário de fusões e aquisições . Vários bancos de investimento e gerentes de investimento com sede em Manhattan são participantes importantes em outros centros financeiros globais. [359] : 34-35Nova York também é o principal centro bancário comercial dos Estados Unidos. [361]

Muitos dos maiores conglomerados de mídia do mundo também estão baseados na cidade. Manhattan continha mais de 500 milhões de pés quadrados (46,5 milhões de m 2 ) de espaço de escritórios em 2018, [362] tornando-se o maior mercado de escritórios dos Estados Unidos, [363] enquanto Midtown Manhattan , com 400 milhões de pés quadrados (37,2 milhões de m 2) ) em 2018, [362] é o maior distrito central de negócios do mundo. [364]

Tecnologia e biotecnologia

Silicon Alley , antes centrado no distrito de Flatiron , agora é metônimo para o setor de alta tecnologia de Nova York , que desde então se expandiu para além da área. [365]

Silicon Alley , com centro em Manhattan, evoluiu para uma metonímia para a esfera que abrange as indústrias de alta tecnologia da região metropolitana de Nova York [366] envolvendo a Internet, novas mídias , telecomunicações, mídia digital , desenvolvimento de software , design de jogos , tecnologia financeira (" FinTech "), e outros campos dentro da tecnologia da informação que são apoiados por seu ecossistema de empreendedorismo e investimentos de capital de risco . Em 2015, a Silicon Alley gerou mais de US $ 7,3 bilhões em investimentos de capital de risco em um amplo espectro de empresas de alta tecnologia,[31] a maioria baseada em Manhattan, com outros no Brooklyn, Queens e em outros lugares da região.

Empresas iniciantes de alta tecnologia e empregos estão crescendo na cidade de Nova York e na região, reforçados pela posição da cidade na América do Norte como o principal hub de Internet e centro de telecomunicações, incluindo sua vizinhança a várias linhas troncais de fibra óptica transatlânticas , [367] intelectual de Nova York capital e sua extensa conectividade sem fio externa . [368] Verizon Communications , com sede em 140 West Street em Lower Manhattan, estava nos estágios finais em 2014 de concluir uma atualização de telecomunicações de fibra óptica de $ 3 bilhões em toda a cidade de Nova York. [369] Em 2014, A cidade de Nova York hospedou 300.000 funcionários no setor de tecnologia. [370] [371] O setor de tecnologia tem reivindicado uma parcela maior da economia da cidade de Nova York desde 2010. [372] Tech: NYC , fundada em 2016, é uma organização sem fins lucrativos que representa a indústria de tecnologia da cidade de Nova York junto ao governo, instituições cívicas, nos negócios e na mídia, e cujos objetivos principais são aumentar ainda mais a substancial base de talentos em tecnologia de Nova York e defender políticas que fomentarão o crescimento das empresas de tecnologia na cidade. [373]

O setor de biotecnologia também está crescendo na cidade de Nova York, com base na força da cidade em pesquisa científica acadêmica e apoio financeiro público e comercial. Em 19 de dezembro de 2011, o então prefeito Michael R. Bloomberg anunciou sua escolha da Cornell University e Technion-Israel Institute of Technology para construir uma escola de graduação de $ 2 bilhões em ciências aplicadas chamada Cornell Tech em Roosevelt Island com o objetivo de transformar a cidade de Nova York em a principal capital de tecnologia do mundo. [374] [375] Em meados de 2014, a Accelerator, uma empresa de investimento em biotecnologia, levantou mais de $ 30 milhões de investidores, incluindoEli Lilly and Company , Pfizer e Johnson & Johnson , pelo financiamento inicial para criar startups de biotecnologia no Alexandria Center for Life Science, que abrange mais de 700.000 pés quadrados (65.000 m 2 ) na East 29th Street e promove a colaboração entre cientistas e empreendedores no centro e com instituições acadêmicas, médicas e de pesquisa próximas. A Iniciativa de Financiamento de Ciências da Vida de Estágio Inicial da Corporação de Desenvolvimento Econômico da Cidade de Nova York e parceiros de capital de risco, incluindo Celgene , General ElectricVentures e Eli Lilly comprometeram um mínimo de US $ 100 milhões para ajudar a lançar 15 a 20 empreendimentos em ciências da vida e biotecnologia. [376]

Imobiliária

O Time Warner Center visto do Central Park West .

O mercado imobiliário é uma força importante na economia da cidade, já que o valor total de todas as propriedades da cidade de Nova York foi avaliado em $ 1,072 trilhão para o ano fiscal de 2017 , um aumento de 10,6% em relação ao ano anterior, com 89% do aumento vindo de efeitos de mercado. [377] O Time Warner Center é a propriedade com o maior valor de mercado listado na cidade, em US $ 1,1 bilhão em 2006. [377] A cidade de Nova York é o lar de alguns dos imóveis mais valiosos do país e do mundo. 450 Park Avenue foi vendida em 2 de julho de 2007 por $ 510 milhões, cerca de $ 1.589 por pé quadrado ($ 17.104 / m 2 ), quebrando o recorde de apenas um mês para um prédio comercial americano de $ 1.476 por pé quadrado ($ 15.887 / m 2)) estabelecido na venda de junho de 2007 da 660 Madison Avenue. [378]

Em 2014, Manhattan abrigava seis dos dez principais CEPs dos Estados Unidos por preço médio de habitação. [379] Fifth Avenue em Midtown Manhattan comanda os maiores aluguéis de varejo do mundo, em $ 3.000 por pé quadrado ($ 32.000 / m 2 ) em 2017. [380] Em 2019, a venda de casa mais cara de todos os tempos nos Estados Unidos foi concluída em Manhattan, a um preço de venda de US $ 238 milhões, por 24.000 pés quadrados (2.200 m 2 ) Apartamento Penthouse com vista para o Central Park . [381]

Aluguel de habitação

Em junho de 2019, foram feitas reformas radicais nas propriedades para aluguel em Nova York. [382] Em janeiro de 2020, o Departamento de Estado do Estado de Nova York emitiu diretrizes de esclarecimento para as reformas que previam a eliminação de décadas de taxas de corretagem, que têm sido exclusivas para o mercado imobiliário de Nova York nos Estados Unidos. [383]

Turismo

Times Square é o centro do distrito de teatros da Broadway e um centro de mídia. Ele também tem uma das maiores taxas de frequência anual de qualquer atração turística do mundo, estimada em 50 milhões. [36]

O turismo é uma indústria vital para a cidade de Nova York, que testemunhou um crescente volume combinado de turistas nacionais e internacionais, recebendo um oitavo recorde anual consecutivo de aproximadamente 62,8 milhões de visitantes em 2017. [384] O turismo gerou um recorde histórico de $ 61,3 bilhões no impacto econômico geral para a cidade de Nova York em 2014, [384] estatísticas pendentes de 2015. Aproximadamente 12 milhões de visitantes à cidade de Nova York eram de fora dos Estados Unidos, com os maiores números do Reino Unido, Canadá, Brasil e China.

O logotipo I Love New York , desenhado por Milton Glaser em 1977

I Love New York (estilizado I NY) é um logotipo e uma música que são a base de uma campanha publicitária e têm sido usados ​​desde 1977 para promover o turismo na cidade de Nova York , [385] e posteriormente para promover o estado de Nova York como Nós vamos. Ologotipo da marca registrada , de propriedade do Estado de Nova York Empire State Development , [386] aparece em lojas de souvenirs e brochuras em toda a cidade e estado, alguns licenciados, muitos não. A canção é a canção do estado de Nova York.

Os principais destinos turísticos de Manhattan incluem Times Square ; Produções de teatro da Broadway ; o Empire State Building ; a estátua da liberdade ; Ellis Island ; a Sede das Nações Unidas ; o World Trade Center (incluindo o National September 11 Museum e o One World Trade Center ); museus como o Metropolitan Museum of Art ; espaços verdes como Central Park e Washington Square Park ; o Stonewall Inn ; Rockefeller Center ; enclaves étnicos, incluindo oManhattan Chinatown , Koreatown , Curry Hill , Harlem , Spanish Harlem , Little Italy e Little Australia ; compras de luxo ao longo das avenidas Fifth e Madison ; e eventos como o Halloween Parade em Greenwich Village ; a ponte do Brooklyn (compartilhada com o Brooklyn); a Parada do Dia de Ação de Graças da Macy's ; a iluminação da Árvore de Natal do Rockefeller Center ; o desfile do dia de São Patrício; atividades sazonais, como patinação no gelo no Central Park no inverno; o Tribeca Film Festival ; e apresentações gratuitas no Central Park no Summerstage. [387]

Os pontos de interesse nos bairros fora de Manhattan incluem vários enclaves étnicos; Flushing Meadows-Corona Park e Unisphere em Queens; o zoológico do Bronx ; Coney Island , Brooklyn; e o Jardim Botânico de Nova York no Bronx. Manhattan estava a caminho de ter cerca de 90.000 quartos de hotel no final de 2014, um aumento de 10% em relação a 2013. [388] Em outubro de 2014, o Anbang Insurance Group, com sede na China, comprou o Waldorf Astoria New York por US $ 1,95 bilhão, tornando-o o hotel mais caro do mundo já vendido. [389]

Mídia e entretenimento

O Rockefeller Center é o lar dos NBC Studios .

A cidade de Nova York foi descrita como a capital mundial da mídia. [390] [391] A cidade é um local de destaque para a indústria de entretenimento americana , com muitos filmes, séries de televisão, livros e outras mídias sendo ambientados lá. [392] Em 2012 , a cidade de Nova York era o segundo maior centro de cinema e produção de televisão nos Estados Unidos, produzindo cerca de 200 filmes por ano, empregando 130.000 pessoas. A indústria do entretenimento cinematográfico tem crescido em Nova York, contribuindo com quase US $ 9 bilhões apenas para a economia de Nova York em 2015. [393] Em volume, Nova York é a líder mundial em filmes independentesprodução - um terço de todos os filmes independentes americanos são produzidos lá. [394] [395] A Associação de Produtores Comerciais Independentes também tem sede em Nova York. [396] Só nos primeiros cinco meses de 2014, as filmagens em locações para pilotos de televisão na cidade de Nova York ultrapassaram os níveis de produção recorde de 2013, [397] com Nova York ultrapassando Los Angeles como a principal cidade norte-americana com a mesma distinção durante o ciclo 2013–2014. [398]

A cidade de Nova York também é um centro para as indústrias de publicidade, música, jornais, mídia digital e publicação, além de ser o maior mercado de mídia da América do Norte. [399] Alguns dos conglomerados de mídia e instituições da cidade incluem Time Warner , Thomson Reuters Corporation , Associated Press , Bloomberg LP , News Corporation , The New York Times Company , NBCUniversal , Hearst Corporation , AOL e Viacom . Sete das oito maiores agências de publicidade globais do mundoas redes têm sua sede em Nova York. [400] Duas das três principais sedes das gravadoras estão em Nova York: Sony Music Entertainment e Warner Music Group . O Universal Music Group também possui escritórios em Nova York. As novas empresas de mídia estão contribuindo com um componente cada vez mais importante para o papel central da cidade na esfera da mídia.

Reportagem da WABC-TV Eyewitness News em Park Row, Nova York

Mais de 200 jornais e 350 revistas de consumo têm escritórios na cidade, [395] e a indústria editorial emprega cerca de 25.000 pessoas. [401] Dois dos três jornais diários nacionais com maior circulação nos Estados Unidos são publicados em Nova York: The Wall Street Journal e The New York Times , que ganhou a maioria dos prêmios Pulitzer de jornalismo. Os principais tablóides da cidade incluem The New York Daily News , fundado em 1919 por Joseph Medill Patterson , [402] e The New York Post , fundado em 1801 porAlexander Hamilton . [403] A cidade também possui uma ampla imprensa étnica, com 270 jornais e revistas publicados em mais de 40 idiomas. [404] El Diario La Prensa é o maior diário em espanhol de Nova York e o mais antigo do país. [405] The New York Amsterdam News , publicado no Harlem, é um importante jornal afro-americano. The Village Voice , historicamente o maior jornal alternativo dos Estados Unidos, anunciou em 2017 que encerraria a publicação de sua edição impressa e se transformaria em um empreendimento totalmente digital. [406]

A indústria de televisão e rádio se desenvolveu em Nova York e é um empregador significativo na economia da cidade. As três principais redes de transmissão americanas estão sediadas em Nova York: ABC , CBS e NBC . Muitas redes a cabo também estão localizadas na cidade, incluindo CNN , MSNBC , MTV , Fox News , HBO , Showtime , Bravo , Food Network , AMC e Comedy Central . Notícias 12 redesoperava o News 12 The Bronx e o News 12 Brooklyn. A cidade de Nova York opera um serviço público de transmissão, NYC Media , [407] que produziu vários programas originais vencedores do Emmy, cobrindo música e cultura nos bairros da cidade e no governo municipal. WBAI , com programação de notícias e informações, é uma das poucas estações de rádio socialistas em operação nos Estados Unidos.

Nova York também é um importante centro de mídia educacional não comercial . O mais antigo canal de televisão de acesso público nos Estados Unidos é a Manhattan Neighborhood Network , fundada em 1971. [408] WNET é a maior estação de televisão pública da cidade e uma fonte primária de programação de televisão do Public Broadcasting Service (PBS) nacional . WNYC , uma estação de rádio pública de propriedade da cidade até 1997, tem a maior audiência de rádio pública nos Estados Unidos. [409]

Educação e atividade escolar

Educação primária e secundária

O sistema de escolas públicas da cidade de Nova York , administrado pelo Departamento de Educação da cidade de Nova York , é o maior sistema de escolas públicas dos Estados Unidos, atendendo a cerca de 1,1 milhão de alunos em mais de 1.700 escolas primárias e secundárias separadas. [410] O sistema de escolas públicas da cidade inclui nove escolas secundárias especializadas para atender alunos com talentos acadêmicos e artísticos . O governo da cidade paga as Escolas Públicas de Pelham para educar uma seção muito pequena e isolada do Bronx. [411]

O Washington Square Arch , um ícone não oficial da Universidade de Nova York (NYU) e de seu bairro de Greenwich Village .

O New York City Charter School Center auxilia na instalação de novas escolas charter . [412] Existem aproximadamente 900 escolas seculares e religiosas privadas adicionais na cidade. [413]

Ensino superior e pesquisa

Butler Library na Columbia University , descrita como uma das mais belas bibliotecas universitárias dos Estados Unidos. [414]

Mais de 600.000 alunos estão matriculados nas mais de 120 instituições de ensino superior da cidade de Nova York, o maior número de qualquer cidade do mundo, com mais de meio milhão apenas no sistema da City University of New York (CUNY) em 2020 , incluindo programas de graduação e profissionais. [415] De acordo com o Academic Ranking of World Universities , a cidade de Nova York tem, em média, as melhores instituições de ensino superior de qualquer cidade global . [416] A cidade de Nova York é o lar de universidades particulares notáveis ​​como Barnard College , Columbia University , Cooper Union , Fordham University ,Universidade de Nova Iorque , New York Institute of Technology , da Universidade Rockefeller , e Universidade Yeshiva ; várias dessas universidades estão classificadas entre as melhores universidades do mundo. [417] [418]

O sistema CUNY público é uma das maiores universidades do país, compreendendo 24 instituições em todos os cinco distritos: faculdades seniores, faculdades comunitárias e outras escolas de pós-graduação / profissionais. O sistema público da State University of New York (SUNY) inclui campi na cidade de Nova York, incluindo: Downstate Health Sciences University , Fashion Institute of Technology , Maritime College e College of Optometry . A cidade também abriga outras faculdades e universidades particulares menores, incluindo muitas instituições religiosas e de propósito especial, como: St. John's University , The Juilliard School , Manhattan College, The College of Mount Saint Vincent , Parsons School of Design , The New School , Pratt Institute , New York Film Academy , The School of Visual Arts , The King's College e Wagner College .

Grande parte da pesquisa científica na cidade é feita em medicina e ciências da vida . A cidade de Nova York tem o maior número de cursos de pós-graduação em ciências da vida concedidos anualmente nos Estados Unidos, com 127 ganhadores do Nobel com raízes em instituições locais em 2005 ; [419] enquanto em 2012, 43.523 médicos licenciados estavam praticando na cidade de Nova York. [420] As principais instituições de pesquisa biomédica incluem Memorial Sloan – Kettering Cancer Center , Rockefeller University, SUNY Downstate Medical Center , Albert Einstein College of Medicine , Mount Sinai School of Medicine eWeill Cornell Medical College , sendo acompanhado pela Universidade Cornell / Technion-Israel Institute of Technology venture na Ilha Roosevelt . Os graduados do SUNY Maritime College no Bronx ganhavam o maior salário médio anual de todos os graduados universitários nos Estados Unidos, $ 144.000 em 2017. [421]

Recursos Humanos

Saúde pública

Hospital Presbiteriano de Nova York , complexo branco no centro, o maior hospital e maior empregador privado da cidade de Nova York [422] e um dos mais movimentados do mundo.

A Corporação de Hospitais e Saúde da Cidade de Nova York (HHC) opera hospitais e clínicas públicas na cidade de Nova York. Uma empresa de benefício público com US $ 6,7 bilhões em receitas anuais, o HHC é o maior sistema municipal de saúde dos Estados Unidos atendendo a 1,4 milhão de pacientes, incluindo mais de 475.000 residentes da cidade sem seguro. [423] O HHC foi criado em 1969 pelo Legislativo do Estado de Nova York como uma empresa de utilidade pública (Capítulo 1016 das Leis de 1969). [424] HHC opera 11 hospitais de cuidados agudos , cinco lares de idosos, seis centros de diagnóstico e tratamento e mais de 70 cuidados primários baseados na comunidadelocais, atendendo principalmente aos pobres e à classe trabalhadora. O Plano de Saúde MetroPlus do HHC é um dos maiores provedores de seguro saúde patrocinado pelo governo da área de Nova York e é o plano de escolha de quase meio milhão de nova-iorquinos. [425]

As instalações do HHC oferecem anualmente a milhões de nova-iorquinos serviços interpretados em mais de 190 idiomas. [426] O hospital mais conhecido no sistema HHC é o Bellevue Hospital , o hospital público mais antigo dos Estados Unidos. Bellevue é o hospital designado para o tratamento do Presidente dos Estados Unidos e de outros líderes mundiais, caso eles adoeçam ou se machuquem enquanto estiverem na cidade de Nova York. [427] O presidente do HHC é Ramanathan Raju, MD, um cirurgião e ex-CEO do sistema de saúde do Condado de Cook em Illinois. [428] Em agosto de 2017, o prefeito Bill de Blasio assinou uma legislação proibindo as farmácias de vender cigarros uma vez que suas licenças existentes expirassem, começando em 2018.[429]

Segurança Pública

Polícia e aplicação da lei

O Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) é a maior força policial dos Estados Unidos.

O Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) tem sido a maior força policial dos Estados Unidos por uma margem significativa, com mais de 35.000 policiais juramentados. [430] Membros do NYPD são freqüentemente referidos por políticos, a mídia e seus próprios carros de polícia pelo apelido, o melhor de Nova York .

Policiais do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD).

O crime manteve uma tendência geral de queda na cidade de Nova York desde os anos 1990. [431] Em 2012, o NYPD foi examinado pelo uso de um programa stop-and-frisk , [432] [433] [434] que passou por várias revisões de política desde então. Em 2014, a cidade de Nova York teve a terceira menor taxa de homicídio entre as maiores cidades dos EUA, [435] tendo se tornado significativamente mais segura após um aumento na criminalidade nas décadas de 1970 a 1990. [436] O crime violento na cidade de Nova York diminuiu mais de 75% de 1993 a 2005 e continuou diminuindo durante os períodos em que o país como um todo viu aumentos. [437]Em 2002, a cidade de Nova York foi classificada em 197 no crime entre as 216 cidades dos EUA com população superior a 100.000. [437] Em 1992, a cidade registrou 2.245 assassinatos. [438] Em 2005, a taxa de homicídios estava em seu nível mais baixo desde 1966, [439] e em 2009, a cidade registrou menos de 461 homicídios pela primeira vez desde que as estatísticas de crime foram publicadas pela primeira vez em 1963. [438] Em 2017 , 60,1% dos suspeitos de crimes violentos eram negros, 29,6% hispânicos, 6,5% brancos, 3,6% asiáticos e 0,2% índios americanos. [440] A cidade de Nova York experimentou 292 homicídios em 2017, [441]

Sociólogos e criminologistas não chegaram a um consenso sobre a explicação para a queda dramática na taxa de criminalidade na cidade. Alguns atribuem o fenômeno às novas táticas usadas pelo NYPD, [442] incluindo o uso do CompStat e a teoria das janelas quebradas . [443] Outros citam o fim da epidemia de crack e mudanças demográficas, [444] incluindo da imigração. [445]Outra teoria é que a exposição generalizada à poluição por chumbo proveniente do escapamento de automóveis, que pode diminuir a inteligência e aumentar os níveis de agressão, incitou a onda inicial de crimes em meados do século 20, afetando de forma mais aguda cidades com muito tráfico, como Nova York. Uma forte correlação foi encontrada demonstrando que as taxas de crimes violentos em Nova York e outras grandes cidades começaram a cair depois que o chumbo foi removido da gasolina americana na década de 1970. [446] Outra teoria citada para explicar a queda da taxa de homicídios na cidade de Nova York é a correlação inversa entre o número de assassinatos e o clima cada vez mais úmido na cidade. [447]

O crime organizado há muito é associado à cidade de Nova York, começando com os Quarenta Ladrões e os Guardas Roach nos Cinco Pontos na década de 1820. O século 20 viu um aumento na Máfia , dominada pelas Cinco Famílias , bem como em gangues , incluindo os Espadas Negras . [448] A presença da máfia e das gangues diminuiu na cidade no século XXI. [449] [450]

Combate a incêndio

O Corpo de Bombeiros de Nova York (FDNY) é o maior corpo de bombeiros municipal dos Estados Unidos.

O Corpo de Bombeiros de Nova York (FDNY) fornece proteção contra incêndio , resgate técnico, resposta primária a perigos biológicos, químicos e radioativos e serviços médicos de emergência para os cinco distritos da cidade de Nova York. O FDNY é o maior corpo de bombeiros municipal dos Estados Unidos e o segundo maior do mundo depois do Corpo de Bombeiros de Tóquio . O FDNY emprega aproximadamente 11.080 bombeiros uniformizados e mais de 3.300 paramédicos e paramédicos uniformizados . O lema do FDNY é Bravest de Nova York .

O corpo de bombeiros enfrenta desafios de combate a incêndios multifacetados de várias maneiras, exclusivas de Nova York. Além de responder aos tipos de construção que variam de casas unifamiliares com estrutura de madeira a edifícios altos , o FDNY também responde a incêndios que ocorrem no metrô de Nova York . [451] Pontes e túneis isolados, bem como grandes parques e áreas arborizadas que podem dar origem a incêndios florestais, também apresentam desafios.

A sede do FDNY está localizada no 9 MetroTech Center no centro do Brooklyn , [452] e a FDNY Fire Academy está localizada na Ilha Randalls . [453] Existem três gabinetes de alarme do Bureau of Fire Communications que recebem e enviam alarmes às unidades apropriadas. Um escritório, no 11 Metrotech Center em Brooklyn, abriga Manhattan / Citywide, Brooklyn e Staten Island Fire Communications; os escritórios do Bronx e Queens estão em prédios separados.

Sistema de biblioteca pública

O Edifício Sede Stephen A. Schwarzman da Biblioteca Pública de Nova Iorque , na 5th Avenue e 42nd Street .

A Biblioteca Pública de Nova York , que possui a maior coleção de qualquer sistema de biblioteca pública dos Estados Unidos, atende Manhattan, Bronx e Staten Island. [454] O Queens é servido pela Queens Borough Public Library , o segundo maior sistema de bibliotecas públicas do país, enquanto a Biblioteca Pública do Brooklyn atende o Brooklyn. [454]

Cultura e vida contemporânea

A cidade de Nova York foi descrita como a capital cultural do mundo pelo Baruch College de Nova York . [455] Um livro contendo uma série de ensaios intitulada New York, Culture Capital of the World, 1940-1965 também foi publicado como apresentado pela Biblioteca Nacional da Austrália . [456] Ao descrever Nova York, o autor Tom Wolfe disse: "A cultura parece estar no ar, como parte do clima." [457]

Vários movimentos culturais americanos importantes começaram na cidade, como o Harlem Renaissance , que estabeleceu o cânone literário afro-americano nos Estados Unidos. [458] [459] A cidade se tornou o centro da comédia stand-up no início do século 20, jazz [460] na década de 1940, expressionismo abstrato na década de 1950 e o berço do hip hop na década de 1970. [461] As cenas punk [462] e hardcore [463] da cidade foram influentes nas décadas de 1970 e 1980. Nova York há muito tem um cenário florescente para a literatura judaica americana .

A cidade é o berço de muitos movimentos culturais, incluindo o Renascimento do Harlem na literatura e nas artes visuais; expressionismo abstrato (também conhecido como New York School ) na pintura; e hip hop , [175] punk , salsa , freestyle , Tin Pan Alley , certas formas de jazz e (junto com a Filadélfia ) disco na música. Nova York é considerada a capital mundial da dança. [464] [465] A cidade também é frequentemente cenário de romances, filmes (ver lista de filmes ambientados na cidade de Nova York) e programas de televisão. A New York Fashion Week é um dos eventos de moda mais proeminentes do mundo e tem ampla cobertura da mídia. [466] [467] Nova York também foi frequentemente classificada como a capital da moda do mundo na lista anual compilada pelo Global Language Monitor . [468]

Ritmo

Um dos traços mais comuns atribuídos à cidade de Nova York é seu ritmo acelerado, [469] que gerou o termo minuto de Nova York . [470] O jornalista Walt Whitman caracterizou as ruas de Nova York como sendo atravessadas por "multidões apressadas, febris e elétricas". [471]

Ruas aceleradas da cidade de Nova York

Artes

A cidade de Nova York tem mais de 2.000 organizações artísticas e culturais e mais de 500 galerias de arte . [472] O governo da cidade financia as artes com um orçamento anual maior do que o National Endowment for the Arts . [472] Ricos magnatas dos negócios no século 19 construíram uma rede de importantes instituições culturais, como o Carnegie Hall e o Metropolitan Museum of Art , que se tornaram internacionalmente conhecidos. O advento da iluminação elétrica levou a elaboradas produções teatrais e, na década de 1880, os teatros de Nova York na Broadway e ao longo da 42nd Street começaram a apresentar uma nova forma de palco que ficou conhecida como oMusical da Broadway . Fortemente influenciados pelos imigrantes da cidade, produções como as de Harrigan e Hart , George M. Cohan e outros usaram canções em narrativas que frequentemente refletiam temas de esperança e ambição. A própria cidade de Nova York é o tema ou pano de fundo de muitas peças e musicais.

Artes performáticas

Lincoln Center for the Performing Arts

O teatro da Broadway é uma das principais formas de teatro de língua inglesa no mundo, em homenagem à Broadway , a principal via que atravessa a Times Square , [473] também às vezes referida como " O Grande Caminho Branco ". [474] [475] [476] Quarenta e um locais no Theatre District de Midtown Manhattan , cada um com pelo menos 500 lugares, são classificados como teatros da Broadway. De acordo com The Broadway League, Os shows da Broadway venderam aproximadamente US $ 1,27 bilhão em ingressos na temporada 2013-2014, um aumento de 11,4% em relação a US $ 1,139 bilhão na temporada 2012-2013. A participação em 2013–2014 foi de 12,21 milhões, representando um aumento de 5,5% em relação aos 11,57 milhões da temporada 2012–2013. [477] Artistas performáticos exibindo diversas habilidades são onipresentes nas ruas de Manhattan.

O Lincoln Center for the Performing Arts , que abriga a Lincoln Square no Upper West Side de Manhattan, é o lar de inúmeras organizações artísticas influentes, incluindo a Metropolitan Opera , a New York City Opera , a New York Philharmonic e o New York City Ballet , bem como o Vivian Beaumont Theatre , Juilliard School , Jazz no Lincoln Center e Alice Tully Hall . O Lee Strasberg Theatre and Film Institute fica em Union Square , e a Tisch School of the Arts fica na New York University, enquantoCentral Park SummerStage apresenta concertos de música gratuitos no Central Park. [478]

O Metropolitan Museum of Art , parte do Museum Mile , é um dos maiores museus do mundo. [479]

Artes visuais

A cidade de Nova York abriga centenas de instituições culturais e locais históricos. Museum Mile é o nome de uma seção da Quinta Avenida que vai da 82ª à 105ª rua no Upper East Side de Manhattan, [480] em uma área às vezes chamada Upper Carnegie Hill . [481] The Mile, que contém uma das mais densas exibições de cultura do mundo, é na verdade três quarteirões a mais do que uma milha (1,6 km). Dez museus ocupam toda a extensão desta seção da Quinta Avenida. [482] O décimo museu, o Museu de Arte Africana , juntou-se ao conjunto em 2009, embora seu museu na 110th Street , o primeiro novo museu construído na Milha desde oO Guggenheim em 1959, [483] foi inaugurado no final de 2012. Além de outra programação, os museus colaboram para o Festival Museum Mile anual, realizado todos os anos em junho, para promover os museus e aumentar a visitação. [484] Muitos dos leilões de arte mais lucrativos do mundo são realizados na cidade de Nova York. [485] [486]

Cozinha

Smorgasburg foi inaugurado em 2011 como um mercado de alimentos ao ar livre e faz parte do Brooklyn Flea . [487]

A cultura alimentar de Nova York inclui uma variedade de cozinhas internacionais influenciadas pela história dos imigrantes da cidade. Imigrantes da Europa Central e Oriental , especialmente imigrantes judeus dessas regiões, trouxeram bagels , cheesecake , cachorros-quentes , knishes e delicatessens (ou delicatessens ) para a cidade. Imigrantes italianos trouxeram pizza ao estilo de Nova York e cozinha italiana para a cidade, enquanto os imigrantes judeus e irlandeses trouxeram pastrami [488] ecarne enlatada , [489] respectivamente. Restaurantes chineses e outros asiáticos , lanchonetes , trattorias , lanchonetes e cafés são onipresentes em toda a cidade. Cerca de 4.000 vendedores ambulantes de alimentos licenciados pela cidade, muitos deles de propriedade de imigrantes, fizeram alimentos do Oriente Médio, como falafel e kebabs [490], exemplos da moderna comida de rua de Nova York . A cidade abriga "quase mil dos melhores e mais diversos restaurantes de alta gastronomia do mundo", segundo a Michelin . [491] OO Departamento de Saúde e Higiene Mental da Cidade de Nova York atribui notas de letras aos restaurantes da cidade com base em seus resultados de inspeção. [492] Em 2019, havia 27.043 restaurantes na cidade, ante 24.865 em 2017. [493] O Queens Night Market em Flushing Meadows – Corona Park atrai mais de dez mil pessoas todas as noites para provar comida de mais de 85 países. [494]

Desfiles

No sentido horário, a partir do canto superior esquerdo: o desfile anual do Dia de Ação de Graças da Macy's , o maior desfile do mundo; [495] o desfile anual de Halloween em Greenwich Village ; o desfile anual do Dia da Independência das Filipinas ; e o desfile da fita adesiva para os astronautas da Apollo 11

A cidade de Nova York é bem conhecida por seus desfiles de rua , que celebram uma ampla gama de temas, incluindo feriados, nacionalidades, direitos humanos e vitórias em campeonatos de times da liga principal. A maioria dos desfiles é realizada em Manhattan. A orientação principal dos desfiles de rua anuais é tipicamente de norte a sul, marchando ao longo das principais avenidas. O desfile anual do Dia de Ação de Graças da Macy's é o maior desfile do mundo, [495] começando ao lado do Central Park e seguindo para o sul até a loja principal da Macy's Herald Square ; [496] o desfile é visto em transmissões em todo o mundo e atrai milhões de espectadores pessoalmente. [495]Outros desfiles notáveis, incluindo o desfile anual do Dia de São Patrício em março, a Parada do Orgulho LGBT em junho, o Desfile de Halloween de Greenwich Village em outubro e vários desfiles comemorando os dias da independência de muitas nações. Desfiles com fita adesiva comemorando campeonatos ganhos por equipes esportivas, bem como outras realizações heróicas, marcham para o norte ao longo do Canyon of Heroes na Broadway de Bowling Green ao City Hall Park em Lower Manhattan.

Sotaque e dialeto

A área de Nova York é o lar de um padrão distinto de fala regional chamado dialeto de Nova York , alternativamente conhecido como Brooklynense ou New Yorkese . Em geral, é considerado um dos sotaques mais reconhecíveis do inglês americano . [497]

O sotaque tradicional da área de Nova York é caracterizado como não rótico , de forma que o som [ɹ] não aparece no final de uma sílaba ou imediatamente antes de uma consoante ; portanto, a pronúncia do nome da cidade como "New Yawk". [498] Não há [ɹ] em palavras como park [pɑək] ou [pɒək] (com vogal apoiada e ditongada devido ao deslocamento da cadeia lombar), manteiga [bʌɾə] ou aqui [hiə] . Em outro recurso denominado deslocamento da cadeia lombar, o som da vogal [ɔ] de palavras como fala, law , cross , chocolate e coffee e o frequentemente homófono [ɔr] em core e mais são tensos e geralmente aumentados mais do que no inglês geral americano . Nas versões mais antiquadas e extremas do dialeto de Nova York, os sons das vogais de palavras como "menina" e de palavras como "óleo" tornaram-se um ditongo [ɜɪ] . Isso muitas vezes é mal interpretado por falantes de outros sotaques como uma reversão dos sons er e oy , de modo que a menina é pronunciada "goil" e óleoé pronunciado como "erl"; isso leva à caricatura de nova-iorquinos dizendo coisas como "Joizey" (Jersey), "Toidy-Toid Street" (33rd St.) e "terlet" (banheiro). [498] O personagem Archie Bunker da sitcom de televisão dos anos 1970 All in the Family foi um exemplo de ter usado esse padrão de discurso.

A versão clássica do dialeto da cidade de Nova York é geralmente centrada nos nova-iorquinos de classe média e trabalhadora. O influxo de imigrantes não europeus nas últimas décadas levou a mudanças neste dialeto distinto, [498] e a forma tradicional desse padrão de fala não é mais prevalente entre os nova-iorquinos em geral como era no passado. [498]

Esportes

A Maratona de Nova York é a maior maratona do mundo. [499]
O US Open Tennis Championships é realizado todo mês de agosto e setembro em Flushing Meadows-Corona Park , Queens.
O Citi Field , também em Flushing Meadows-Corona Park, é o lar do New York Mets desde 2009.

Nova York é o lar da sede da National Football League , [500] Major League Baseball , [501] a National Basketball Association , [502] a National Hockey League , [503] e Major League Soccer . [504] A área metropolitana de Nova York hospeda a maioriaequipes esportivas nas quatro principais ligas esportivas profissionais norte-americanas, com nove, uma a mais do que Los Angeles, e tem 11 equipes esportivas profissionais de alto nível se a Major League Soccer for incluída, também uma a mais do que Los Angeles. A participação em esportes profissionais na cidade é anterior a todas as ligas profissionais, e a cidade tem recebido continuamente esportes profissionais desde o nascimento dos Brooklyn Dodgers em 1882.

A cidade já recebeu mais de quarenta grandes times profissionais nos cinco esportes e suas respectivas ligas concorrentes. Quatro dos dez estádios mais caros já construídos em todo o mundo ( MetLife Stadium , o novo Yankee Stadium , Madison Square Garden e Citi Field ) estão localizados na área metropolitana de Nova York. [505] Madison Square Garden, seu antecessor , o Yankee Stadium e Ebbets Field originais , são locais esportivos localizados na cidade de Nova York, os dois últimos tendo sido comemorados em selos postais dos Estados Unidos. Nova York foi a primeira de oito cidades americanas a ganhar títulos em todas as quatro ligas principais (MLB, NHL, NFL e NBA), após o título dos Knicks em 1970 . Em 1972, tornou-se a primeira cidade a ganhar títulos em cinco esportes quando o Cosmos venceu a final da NASL .

Nova York foi descrita como a "Capital do Beisebol". [506] Houve 35 campeonatos da Major League Baseball World Series e 73 galhardetes vencidos por times de Nova York. É uma das apenas cinco áreas metropolitanas ( Los Angeles , Chicago , Baltimore – Washington e a área da baía de São Francisco sendo as outras) a ter dois times de beisebol. Além disso, houve 14 World Series em que duas equipes da cidade de Nova York se enfrentaram, conhecidas como Subway Series e ocorreram mais recentemente em 2000 . Em nenhuma outra área metropolitana isso aconteceu mais de uma vez (Chicago em 1906 , St. Louis em 1944e a área da baía de São Francisco em 1989 ).

Os dois times da Liga Principal de Beisebol da cidade são o New York Mets , que joga no Citi Field no Queens, [507] e o New York Yankees , que joga no Yankee Stadium no Bronx. Essas equipes competem em seis jogos de interliga a cada temporada regular que também passou a ser chamada de Série Subway . O Yankees ganhou um recorde de 27 campeonatos, [508] enquanto o Mets ganhou a World Series duas vezes. [509] A cidade também já foi a casa dos Brooklyn Dodgers (agora Los Angeles Dodgers ), que venceram a World Series uma vez, [510] e os New York Giants(agora o San Francisco Giants ), que ganhou a World Series cinco vezes. Ambas as equipes se mudaram para a Califórnia em 1958. [511] Há também duas equipes da liga secundária de beisebol na cidade, o Brooklyn Cyclones [512] e o Staten Island Yankees . [513]

A cidade é representada na National Football League pelo New York Giants e pelo New York Jets , embora ambas as equipes joguem seus jogos em casa no MetLife Stadium nas proximidades de East Rutherford, New Jersey , [514] que sediou o Super Bowl XLVIII em 2014. [ 515]

A área metropolitana abriga três times da National Hockey League. O New York Rangers , tradicional representante da própria cidade e um dos Original Six da liga , joga no Madison Square Garden, em Manhattan. Os New York Islanders , tradicionalmente representando os condados de Nassau e Suffolk de Long Island , tocam no Barclays Center no Brooklyn e estão planejando um retorno ao condado de Nassau por meio de uma nova arena fora da fronteira com o Queens em Belmont Park . Os New Jersey Devils tocam no Prudential Center nas proximidadesNewark, New Jersey e tradicionalmente representam os condados da vizinha New Jersey, que são coextensivos aos limites da área metropolitana de Nova York e ao mercado de mídia.

As equipes da National Basketball Association da cidade são o Brooklyn Nets , que jogou e recebeu o nome de New Jersey até 2012, e o New York Knicks , enquanto o New York Liberty é a equipe feminina da National Basketball Association da cidade. O primeiro campeonato nacional de basquete universitário, o National Invitation Tournament , foi realizado em Nova York em 1938 e permanece na cidade. [516] A cidade é bem conhecida por suas ligações com o basquete, que é jogado em quase todos os parques da cidade pelos jovens locais, muitos dos quais passaram a jogar em importantes programas universitários e na NBA.

No futebol, a cidade de Nova York é representada pelo New York City FC da Major League Soccer, que joga seus jogos em casa no Yankee Stadium [517] e pelo New York Red Bulls , que joga seus jogos em casa na Red Bull Arena nas proximidades de Harrison, New York Jersey . [518] Historicamente, a cidade é conhecida pelo New York Cosmos , o ex-time de futebol profissional de grande sucesso que foi a casa americana de Pelé . Uma nova versão do New York Cosmos foi formada em 2010 e começou a jogar na segunda divisão North American Soccer League em 2013. O Cosmos joga seus jogos em casa emJames M. Shuart Stadium no campus da Hofstra University , fora dos limites da cidade de Nova York em Hempstead, Nova York .

O campeonato anual de tênis aberto dos Estados Unidos é um dos quatro torneios de tênis Grand Slam do mundo e é realizado no National Tennis Centre em Flushing Meadows-Corona Park , Queens. [519] A Maratona de Nova York , que percorre todos os cinco distritos, é a maior maratona de corrida do mundo, [499] com 51.394 finalistas em 2016 [520] e 98.247 candidatos para a corrida de 2017. [499] The Millrose Games é um encontro anual de atletismo cujo evento em destaque é o Wanamaker Mile. O boxe também é uma parte importante do cenário esportivo da cidade, com eventos como o Luvas de Ouro de Boxe Amador sendo realizados no Madison Square Garden todos os anos. [521] A cidade também é considerada a anfitriã das Belmont Stakes , a última, mais longa e mais antiga das corridas de cavalos da Tríplice Coroa , realizada logo após a fronteira da cidade em Belmont Park no primeiro ou segundo domingo de junho. A cidade também sediou o torneio de golfe US Open de 1932 e os campeonatos PGA de 1930 e 1939 , e foi a cidade-sede de ambos os eventos várias vezes, principalmente para o vizinho Winged Foot Golf Club . Os jogos gaélicossão jogados em Riverdale, Bronx, no Gaelic Park , casa do New York GAA , o único time norte-americano a competir no nível sênior inter-condado .

Ambiente

Em 2012, a cidade tinha cerca de 6.000 táxis híbridos (mostrado) em serviço, o maior número de qualquer cidade na América do Norte. [522]

Redução do impacto ambiental

A cidade de Nova York tem se concentrado em reduzir seu impacto ambiental e pegada de carbono . [523] O uso de transporte coletivo na cidade de Nova York é o mais alto dos Estados Unidos. Além disso, em 2010, a cidade tinha 3.715 táxis híbridos e outros veículos diesel não poluentes, representando cerca de 28% da frota de táxis em serviço de Nova York, o maior número de qualquer cidade na América do Norte. [524] A cidade de Nova York é a anfitriã da Climate Week NYC , a maior Semana do Clima a ocorrer globalmente e considerada como a maior cúpula anual do clima.

A alta taxa de uso de transporte público de Nova York , mais de 200.000 ciclistas diários em 2014 , [525] e muitos pedestres tornam a cidade com maior eficiência energética nos Estados Unidos. [526] Os modos de transporte a pé e de bicicleta respondem por 21% de todos os modos de transporte na cidade; nacionalmente, a taxa para regiões metropolitanas é de cerca de 8%. [527] Em ambas as classificações de 2011 e 2015, o Walk Score nomeou a cidade de Nova York como a grande cidade mais pedestre dos Estados Unidos, [528] [529] [530] e, em 2018, Stacker classificou Nova York como a cidade mais pedestre dos Estados Unidos. [531] Citibankpatrocinou a introdução de 10.000 bicicletas públicas para o projeto de compartilhamento de bicicletas da cidade no verão de 2013. [532] O "indicador de ciclismo na temporada" da cidade de Nova York atingiu um recorde histórico de 437 quando medido em 2014. [533]

O governo da cidade foi um peticionário no caso histórico Massachusetts v. Agência de Proteção Ambiental Suprema Corte que forçou a EPA a regular os gases de efeito estufa como poluentes. A cidade é líder na construção de edifícios de escritórios verdes com eficiência energética , incluindo a Torre Hearst, entre outros. [184] O prefeito Bill de Blasio se comprometeu a uma redução de 80% nas emissões de gases de efeito estufa entre 2014 e 2050 para reduzir as contribuições da cidade às mudanças climáticas , começando com um plano abrangente de "Edifícios Verdes". [523]

Pureza e disponibilidade da água

A cidade de Nova York é abastecida com água potável pela protegida bacia hidrográfica das Montanhas Catskill . [534] Como resultado da integridade da bacia hidrográfica e do sistema de filtragem de água natural imperturbado , Nova York é uma das apenas quatro grandes cidades dos Estados Unidos, cuja maioria da água potável é pura o suficiente para não exigir a purificação por estações de tratamento de água . [535] O sistema municipal de água da cidade é o maior dos Estados Unidos, movimentando mais de um bilhão de galões de água por dia. [536] A Bacia Hidrográfica de CrotonO norte da cidade está passando pela construção de uma usina de purificação de água de $ 3,2 bilhões para aumentar o abastecimento de água da cidade de Nova York em cerca de 290 milhões de galões diários, representando um acréscimo de mais de 20% à atual disponibilidade de água da cidade. [537] A expansão contínua do Túnel de Água de Nova York No. 3 , uma parte integrante do sistema de abastecimento de água de Nova York, é o maior projeto de construção de capital na história da cidade, [538] com segmentos que atendem Manhattan e o Bronx concluídos , e com segmentos atendendo Brooklyn e Queens planejados para construção em 2020. [539]Em 2018, a cidade de Nova York anunciou um investimento de US $ 1 bilhão para proteger a integridade de seu sistema de água e manter a pureza de seu abastecimento de água não filtrada. [536]

Qualidade do ar

De acordo com o Banco de Dados de Poluição Ambiental Urbana Global da Organização Mundial de Saúde 2016 , [540] a concentração média anual no ar da cidade de Nova York de material particulado medindo 2,5  micrômetros ou menos (PM 2,5 ) foi de 7,0  microgramas por metro cúbico, ou 3,0  microgramas abaixo do limite recomendado das Diretrizes de Qualidade do Ar da OMS para a média anual de PM 2.5 . [541] O Departamento de Saúde e Higiene Mental da Cidade de Nova York , em parceria com o Queens College , conduz a Pesquisa Aérea da Comunidade de Nova York para medir poluentes em cerca de 150 locais. [542]

Revitalização ambiental

Newtown Creek , um longo estuário de 3,5 milhas (6 quilômetros) que faz parte da fronteira entre os bairros de Brooklyn e Queens, foi designado um local do Superfund para limpeza ambiental e remediação dos recursos recreativos e econômicos da hidrovia para muitas comunidades. [543] Um dos corpos de água mais usados ​​no porto de Nova York e Nova Jersey , foi um dos locais industriais mais contaminados do país, [544] contendo anos de toxinas descartadas , cerca de 30 milhões nos EUA galões (110.000 m 3 ) de óleo derramado, incluindo o derramamento de óleo de Greenpoint , esgoto brutodo sistema de esgoto da cidade de Nova York, [544] e outras acumulações.

Governo e política

Governo

A Prefeitura de Nova York é a prefeitura mais antiga dos Estados Unidos que ainda abriga suas funções governamentais originais.

A cidade de Nova York tem sido um município metropolitano com uma forma de governo prefeito-conselho [545] desde sua consolidação em 1898. Na cidade de Nova York, o governo da cidade é responsável pela educação pública, instituições correcionais, segurança pública, instalações recreativas, saneamento, abastecimento de água e serviços de bem-estar.

O prefeito e os membros do conselho são eleitos para mandatos de quatro anos. O Conselho Municipal é um órgão unicameral composto por 51 membros do conselho cujos distritos são definidos por limites populacionais geográficos. [546] Cada mandato do prefeito e dos membros do conselho dura quatro anos e tem um limite de três mandatos consecutivos , [547] que é reiniciado após um intervalo de quatro anos. O Código New York Cidade Administrativa , as Regras de New York City , ea Cidade Registro são o código de leis locais, compilação de regulamentos e jornal oficial, respectivamente. [548] [549]

O Tribunal do Condado de Nova York abriga a Suprema Corte de Nova York e outros escritórios.

Cada distrito é coextensivo a um distrito judicial do Sistema de Tribunal Unificado estadual , do qual o Tribunal Criminal e o Tribunal Civil são os tribunais locais, enquanto o Supremo Tribunal de Nova York conduz os principais julgamentos e recursos. Manhattan hospeda o Primeiro Departamento da Suprema Corte, Divisão de Apelação, enquanto Brooklyn hospeda o Segundo Departamento. Existem também vários tribunais administrativos extrajudiciais , que são agências executivas e não fazem parte do Sistema de Tribunais Unificados do estado.

Com exclusividade entre as principais cidades americanas, Nova York está dividida entre, e hospeda as principais filiais de, dois tribunais distritais diferentes dos EUA : o Tribunal Distrital do Distrito Sul de Nova York , cujo tribunal principal fica na Foley Square perto da Prefeitura de Manhattan e cuja jurisdição inclui Manhattan e o Bronx; e o Tribunal Distrital do Distrito Leste de Nova York , cujo tribunal principal fica no Brooklyn e cuja jurisdição inclui Brooklyn, Queens e Staten Island. O Tribunal de Apelações dos Estados Unidos para o Segundo Circuito e o Tribunal de Comércio Internacional dos Estados Unidos também têm sede em Nova York, também na Foley Square, em Manhattan.

Política

Bill de Blasio , o atual e 109º prefeito da cidade de Nova York

O atual prefeito é Bill de Blasio , o primeiro democrata desde 1993. [550] Ele foi eleito em 2013 com mais de 73% dos votos e assumiu o cargo em 1º de janeiro de 2014.

O Partido Democrata detém a maioria dos cargos públicos. Em abril de 2016, 69% dos eleitores registrados na cidade são democratas e 10% são republicanos . [551] A cidade de Nova York não foi disputada por um republicano em uma eleição estadual ou presidencial desde que o presidente Calvin Coolidge venceu os cinco distritos em 1924 . Em 2012 , o democrata Barack Obama se tornou o primeiro candidato presidencial de qualquer partido a receber mais de 80% dos votos gerais na cidade de Nova York, varrendo todos os cinco distritos. As plataformas partidárias centram-se em habitação acessível, educação e desenvolvimento econômico, e as políticas trabalhistas são importantes na cidade. Treze de 27Os distritos eleitorais dos Estados Unidos no estado de Nova York incluem partes da cidade de Nova York. [552]

Nova York é uma das fontes mais importantes de arrecadação de fundos políticos nos Estados Unidos. Pelo menos quatro dos cinco principais códigos postais do país para contribuições políticas foram em Manhattan para as eleições de 2004 , 2006 e 2008 . O CEP mais importante, 10021 no Upper East Side , foi o que mais gerou dinheiro para as campanhas presidenciais de 2004 de George W. Bush e John Kerry . [553] A cidade apresenta um forte desequilíbrio de pagamentos com os governos federal e estadual. Recebe 83 centavos em serviços para cada US $ 1 que envia ao governo federal em impostos(ou envia anualmente US $ 11,4 bilhões a mais do que recebe de volta). Os residentes e empresas da cidade também enviaram ao estado de Nova York mais US $ 4,1 bilhões no ano fiscal de 2009-2010 do que a cidade recebeu em troca. [554]

Transporte

A cidade de Nova York abriga as duas estações de trem mais movimentadas dos EUA, incluindo o Grand Central Terminal .

O abrangente sistema de transporte da cidade de Nova York é complexo e extenso.

Trânsito rápido

O transporte público de massa na cidade de Nova York, a maior parte funcionando 24 horas por dia, é responsável por um em cada três usuários de transporte público nos Estados Unidos, e dois terços dos passageiros de trem do país vivem na área metropolitana da cidade de Nova York. [555] [556]

Rail

O icônico sistema de metrô da cidade de Nova York é o maior sistema de trânsito rápido do mundo quando medido pelas estações em operação, com 472, e pela extensão das rotas. Quase todo o sistema de metrô de Nova York está aberto 24 horas por dia, em contraste com o desligamento noturno comum aos sistemas na maioria das cidades, incluindo Hong Kong , [557] [558] Londres , Paris , Seul , [559] [560] e Tóquio . O metrô de Nova York também é o sistema de trânsito ferroviário metropolitano mais movimentado do Hemisfério Ocidental , com 1,76 bilhão de viagens de passageiros em 2015, [561] enquantoGrand Central Terminal , também conhecido como "Grand Central Station", é a maior estação ferroviária do mundo em número de plataformas de trem .

O metrô de Nova York é o maior sistema de trânsito rápido do mundo em número de estações .

O transporte público é essencial na cidade de Nova York. 54,6% dos nova-iorquinos viajaram para o trabalho em 2005 usando transporte público. [562] Isso está em contraste com o resto dos Estados Unidos, onde 91% dos passageiros viajam em automóveis para seus locais de trabalho. [563] De acordo com o controlador da cidade de Nova York , os trabalhadores na área da cidade de Nova York gastam em média 6  horas e 18 minutos para chegar ao trabalho a cada semana, o tempo de deslocamento mais longo do país entre as grandes cidades. [564] Nova York é a única cidade dos EUA em que a maioria (52%) das famílias não tem carro; apenas 22% dos moradores de Manhattan possuem um carro. [565] Devido ao alto uso de transporte de massa, Os nova-iorquinos gastam menos de sua renda familiar em transporte do que a média nacional, economizando US $ 19 bilhões anualmente em transporte em comparação com outros americanos urbanos. [566]

A rede de trens urbanos de Nova York é a maior da América do Norte. [555] A rede ferroviária, conectando a cidade de Nova York a seus subúrbios, consiste em Long Island Rail Road , Metro-North Railroad e New Jersey Transit . Os sistemas combinados convergem no Grand Central Terminal e na Pennsylvania Station e contêm mais de 250 estações e 20 linhas ferroviárias. [555] No Queens, o sistema elevado de transporte de pessoas AirTrain conecta o Aeroporto Internacional JFK ao metrô de Nova York e à Long Island Rail Road; um sistema AirTrain separado está planejado ao lado do Grand Central Parkwaypara conectar o Aeroporto LaGuardia a esses sistemas de trânsito. [567] [568] Para ferrovias intermunicipais , a cidade de Nova York é servida pela Amtrak , cuja estação mais movimentada por uma margem significativa é a Pennsylvania Station no West Side de Manhattan, a partir da qual a Amtrak fornece conexões para Boston , Filadélfia e Washington, DC. o Corredor Nordeste , e serviço de trem de longa distância para outras cidades norte-americanas. [569]

O sistema de trânsito rápido Staten Island Railway atende exclusivamente Staten Island, operando 24 horas por dia. O Port Authority Trans-Hudson (trem PATH) liga Midtown e Lower Manhattan ao nordeste de New Jersey , principalmente Hoboken , Jersey City e Newark . Como o metrô de Nova York, o PATH opera 24 horas por dia; o que significa que três dos seis sistemas de trânsito rápido no mundo que operam em horários de 24 horas são total ou parcialmente em Nova York (os outros são uma parte do Chicago 'L' , o PATCO Speedline servindo a Filadélfia e o metrô de Copenhagen ).

Projetos multibilionários de trânsito ferroviário pesado em construção na cidade de Nova York incluem o metrô da Second Avenue e o projeto East Side Access . [570]

Ônibus

The Port Authority Bus Terminal , a estação de ônibus mais movimentada do mundo, na 8th Avenue e 42nd Street . [571]

A frota de ônibus públicos da cidade de Nova York funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana e é a maior da América do Norte. [572] O Terminal Rodoviário Port Authority , o principal terminal rodoviário intermunicipal da cidade, atende 7.000 ônibus e 200.000 passageiros diariamente, tornando-o a estação de ônibus mais movimentada do mundo. [571]

Ar

O espaço aéreo de Nova York é o mais movimentado dos Estados Unidos e um dos corredores de transporte aéreo mais movimentados do mundo. Os três aeroportos mais movimentados na área metropolitana de New York incluem F. Aeroporto John Kennedy Internacional , Aeroporto Internacional Newark Liberty , e Aeroporto LaGuardia ; 130,5 milhões de viajantes usaram esses três aeroportos em 2016, e o espaço aéreo da cidade é o mais movimentado do país. [573] JFK e Newark Liberty foram os gateways dos EUA mais movimentados e o quarto mais movimentado para passageiros aéreos internacionais, respectivamente, em 2012; em 2011 , o JFK era o aeroporto mais movimentado para passageiros internacionais na América do Norte. [574]

Aeroporto John F. Kennedy no Queens, a porta de entrada de passageiros aéreos mais movimentada dos Estados Unidos.
Horizonte de Manhattan visto do Aeroporto John F. Kennedy

Plans have advanced to expand passenger volume at a fourth airport, Stewart International Airport near Newburgh, New York, by the Port Authority of New York and New Jersey.[575] Plans were announced in July 2015 to entirely rebuild LaGuardia Airport in a multibillion-dollar project to replace its aging facilities.[576] Other commercial airports in or serving the New York metropolitan area include Long Island MacArthur Airport, Trenton–Mercer Airport and Westchester County Airport. The primary general aviation airport serving the area is Teterboro Airport.

Ferries

The Staten Island Ferry shuttles commuters between Manhattan and Staten Island.

The Staten Island Ferry is the world's busiest ferry route, carrying more than 23 million passengers from July 2015 through June 2016 on the 5.2-mile (8.4 km) route between Staten Island and Lower Manhattan and running 24 hours a day.[577] Other ferry systems shuttle commuters between Manhattan and other locales within the city and the metropolitan area.

NYC Ferry, a NYCEDC initiative with routes planned to travel to all five boroughs, was launched in 2017, with second graders choosing the names of the ferries.[578] Meanwhile, Seastreak ferry announced construction of a 600-passenger high-speed luxury ferry in September 2016, to shuttle riders between the Jersey Shore and Manhattan, anticipated to start service in 2017; this would be the largest vessel in its class.[579]

Taxis, vehicles for hire, and trams

Yellow medallion taxicabs are widely recognized icons of the city

Other features of the city's transportation infrastructure encompass 13,587 yellow taxicabs;[580] other vehicle for hire companies;[581][582] and the Roosevelt Island Tramway, an aerial tramway that transports commuters between Roosevelt Island and Manhattan Island.

Streets and highways

8th Avenue, looking northward ("uptown"). Most streets and avenues in Manhattan's grid plan incorporate a one-way traffic configuration.

Despite New York's heavy reliance on its vast public transit system, streets are a defining feature of the city. The Commissioners' Plan of 1811 greatly influenced the city's physical development. Several of the city's streets and avenues, including Broadway,[583] Wall Street,[584] Madison Avenue,[344] and Seventh Avenue are also used as metonyms for national industries there: the theater, finance, advertising, and fashion organizations, respectively.

New York City also has an extensive web of freeways and parkways, which link the city's boroughs to each other and to North Jersey, Westchester County, Long Island, and southwestern Connecticut through various bridges and tunnels. Because these highways serve millions of outer borough and suburban residents who commute into Manhattan, it is quite common for motorists to be stranded for hours in traffic congestion that are a daily occurrence, particularly during rush hour.[585][586] Congestion pricing in New York City will go into effect in 2022 at the earliest.[587][588][589]

New York City is also known for its rules regarding turning at red lights. Unlike the rest of the United States, New York State prohibits right or left turns on red in cities with a population greater than one million, to reduce traffic collisions and increase pedestrian safety. In New York City, therefore, all turns at red lights are illegal unless a sign permitting such maneuvers is present.[590]

River crossings

The George Washington Bridge, connecting Upper Manhattan (background) from Fort Lee, New Jersey across the Hudson River, is the world's busiest motor vehicle bridge.[591][592]

New York City is located on one of the world's largest natural harbors,[593] and the boroughs of Manhattan and Staten Island are primarily coterminous with islands of the same names, while Queens and Brooklyn are located at the west end of the larger Long Island, and the Bronx is located on New York State's mainland. This situation of boroughs separated by water led to the development of an extensive infrastructure of bridges and tunnels.

The George Washington Bridge is the world's busiest motor vehicle bridge,[591][592] connecting Manhattan to Bergen County, New Jersey. The Verrazano-Narrows Bridge is the longest suspension bridge in the Americas and one of the world's longest.[594][595] The Brooklyn Bridge is an icon of the city itself. The towers of the Brooklyn Bridge are built of limestone, granite, and Rosendale cement, and their architectural style is neo-Gothic, with characteristic pointed arches above the passageways through the stone towers. This bridge was also the longest suspension bridge in the world from its opening until 1903, and is the first steel-wire suspension bridge. The Queensboro Bridge is an important piece of cantilever architecture. The Manhattan Bridge, opened in 1909, is considered to be the forerunner of modern suspension bridges, and its design served as the model for many of the long-span suspension bridges around the world; the Manhattan Bridge, Throgs Neck Bridge, Triborough Bridge, and Verrazano-Narrows Bridge are all examples of Structural Expressionism.[596][597]

Manhattan Island is linked to New York City's outer boroughs and New Jersey by several tunnels as well. The Lincoln Tunnel, which carries 120,000 vehicles a day under the Hudson River between New Jersey and Midtown Manhattan, is the busiest vehicular tunnel in the world.[598] The tunnel was built instead of a bridge to allow unfettered passage of large passenger and cargo ships that sailed through New York Harbor and up the Hudson River to Manhattan's piers. The Holland Tunnel, connecting Lower Manhattan to Jersey City, New Jersey, was the world's first mechanically ventilated vehicular tunnel when it opened in 1927.[599][600] The Queens-Midtown Tunnel, built to relieve congestion on the bridges connecting Manhattan with Queens and Brooklyn, was the largest non-federal project in its time when it was completed in 1940.[601] President Franklin D. Roosevelt was the first person to drive through it.[602] The Brooklyn-Battery Tunnel (officially known as the Hugh L. Carey Tunnel) runs underneath Battery Park and connects the Financial District at the southern tip of Manhattan to Red Hook in Brooklyn.

Cycling network

Cycling in New York City is associated with mixed cycling conditions that include urban density, relatively flat terrain, congested roadways with "stop-and-go" traffic, and many pedestrians. The city's large cycling population includes utility cyclists, such as delivery and messenger services; cycling clubs for recreational cyclists; and increasingly commuters.[603] Cycling is increasingly popular in New York City; in 2017 there were approximately 450,000 daily bike trips, compared with 170,000 daily bike trips in 2005.[604] As of 2017, New York City had 1,333 miles (2,145 km) of bike lanes, compared to 513 miles (826 km) of bike lanes in 2006.[605] As of 2019, there are 126 miles (203 km) of segregated or "protected" bike lanes citywide.[606]

Notable people

Global outreach

In 2006, the Sister City Program of the City of New York, Inc. was restructured and renamed New York City Global Partners. Through this program, New York City has expanded its international outreach to a network of cities worldwide, promoting the exchange of ideas and innovation between their citizenry and policymakers. New York's historic sister cities are denoted below by the year they joined New York City's partnership network.[607]

See also

  • Outline of New York City

Notes

  1. ^ Mean monthly maxima and minima (i.e. the expected highest and lowest temperature readings at any point during the year or given month) calculated based on data at said location from 1981 to 2010.
  2. ^ Official weather observations for Central Park were conducted at the Arsenal at Fifth Avenue and 64th Street from 1869 to 1919, and at Belvedere Castle since 1919.[214]

References

  1. ^ "US Gazetteer files: 2010, 2000, and 1990". United States Census Bureau. February 12, 2011. Retrieved April 23, 2011.
  2. ^ "2019 U.S. Gazetteer Files". United States Census Bureau. Retrieved July 27, 2020.
  3. ^ "US Board on Geographic Names". United States Geological Survey. June 23, 2018. Retrieved January 31, 2008. Search for feature ID 975772.
  4. ^ a b "Annual Estimates of the Resident Population: April 1, 2010 to July 1, 2017—Metropolitan Statistical Area; and for Puerto Rico—2017 Population Estimates". U.S. Census Bureau. Archived from the original on February 13, 2020. Retrieved March 24, 2018.
  5. ^ "Annual Estimates of the Resident Population: April 1, 2010 to July 1, 2018—Combined Statistical Area; and for Puerto Rico—2017 Population Estimates". U.S. Census Bureau. Retrieved April 27, 2018.
  6. ^ Community Facts for New York City, United States Census Bureau. Retrieved May 26, 2017.
  7. ^ "Population and Housing Unit Estimates". Retrieved May 21, 2020.
  8. ^ a b Gross Domestic Product by County, 2019, Bureau of Economic Analysis, released December 9, 2020. Accessed December 9, 2020.
  9. ^ "U.S. metro areas—ranked by Gross Metropolitan Product (GMP) 2020 | Statistic". Statista. Retrieved May 31, 2019.
  10. ^ "State & County QuickFacts—Kings County (Brooklyn Borough), New York". United States Census Bureau. Archived from the original on February 17, 2016. Retrieved May 16, 2020.
  11. ^ a b "U.S. Census Bureau QuickFacts: New York City". United States Census. Retrieved May 16, 2020.
  12. ^ "World Urban Areas" (PDF). Demographia. 2018. Retrieved March 27, 2018..
  13. ^ "Top 8 Cities by GDP: China vs. The U.S." Business Insider, Inc. July 31, 2011. Retrieved July 1, 2018. For instance, Shanghai, the largest Chinese city with the highest economic production, and a fast-growing global financial hub, is far from matching or surpassing New York, the largest city in the U.S. and the economic and financial super center of the world."New York City: The Financial Capital of the World". Pando Logic. October 8, 2015. Retrieved July 1, 2018.
  14. ^ "United Nations Visitation Services". United Nations Visitor Centre. Archived from the original on March 14, 2017. Retrieved February 9, 2017. The Headquarters of the United Nations is located in New York City, along the East River. When you pass through the gates of the United Nations visitors' entrance, you enter an international territory. This 18-acre site does not belong to just one country, but to all countries that have joined the Organization; currently, the United Nations has 193 Member States.
  15. ^ "NYC Mayor's Office for International Affairs". The City of New York. Archived from the original on June 16, 2015. Retrieved June 24, 2015.
  16. ^ "Digital Diplomacy Coalition". Digital Diplomacy Coalition, New York. Retrieved August 11, 2018. Established in 2014, DDC New York has partnered with the United Nations, major tech and social media companies, multiple governments, and NGOs to bring unique programs to the area community.
  17. ^ "A 5-Borough Centennial Preface for Katharine Bement Davis Mini-History". The New York City Department of Correction. 1997. Archived from the original on October 23, 2011. Retrieved October 26, 2011.
  18. ^ Gus Lubin (February 15, 2017). "Queens has more languages than anywhere in the world—here's where they're found". Business Insider. Retrieved December 29, 2019.
  19. ^ "Place of Birth by Year of Entry by Citizenship Status for the Foreign-Born Population—Universe: Foreign-born population 2015 American Community Survey 1-Year Estimates New York City". United States Census Bureau. Archived from the original on February 13, 2020. Retrieved April 16, 2017.
  20. ^ a b c "More Foreign-Born Immigrants Live in NYC Than There Are People in Chicago". HuffPost. December 19, 2013. Retrieved April 16, 2017.
  21. ^ "Population of the United Kingdom by Country of Birth and Nationality".
  22. ^ Borden, Hillary Hoffower, Taylor. "The top 10 cities in the world for billionaires, ranked". Business Insider. Retrieved July 10, 2020.
  23. ^ a b "United States History—History of New York City". Retrieved September 9, 2012.
  24. ^ "Kingston: Discover 300 Years of New York History Dutch Colonies". National Park Service, U.S. Department of the Interior. Retrieved May 10, 2011.
  25. ^ Stewart, Jules (2016). Gotham Rising: New York in the 1930s. London: I.B. Tauris. p. 10. ISBN 978-1-78453-529-2.
  26. ^ Jacobs, Jaap (2009). The Colony of New Netherland: A Dutch Settlement in Seventeenth-Century America. Ithaca: Cornell University Press. p. 104. ISBN 978-0-8014-7516-0.
  27. ^ "The Nine Capitals of the United States". United States Senate. Retrieved September 7, 2008.
  28. ^ "Rank by Population of the 100 Largest Urban Places, Listed Alphabetically by State: 1790–1990". U.S. Census Bureau. June 15, 1998. Retrieved February 8, 2009.
  29. ^ "Statue of Liberty". A&E Television Networks, LLC. Retrieved May 21, 2011.
  30. ^ "Statue of Liberty". World Heritage. UNESCO World Heritage Centre 1992–2011. Retrieved October 23, 2011.
  31. ^ a b "Venture Investment—Regional Aggregate Data". National Venture Capital Association and PricewaterhouseCoopers. Archived from the original on April 8, 2016. Retrieved April 22, 2016.
  32. ^ "The Latest: China Hopes US Joins Climate Deal Quickly". The New York Times. Associated Press. April 22, 2016. Retrieved April 22, 2016.
  33. ^ Lisa Foderaro (September 21, 2014). "Taking a Call for Climate Change to the Streets". The New York Times. Retrieved April 22, 2016.
  34. ^ Kristine Phillips (July 8, 2017). "New York mayor on Germany trip: The world should know that Americans don't align with Trump". The Washington Post. Retrieved July 9, 2017.
  35. ^ a b c Will Gleason (March 11, 2019). "Citing its diversity and culture, NYC was voted best city in the world in new global survey". Time Out. Retrieved May 19, 2019. After compiling the thoughts of over 30,000 people, both from our NYC readership and half-a-world away, New York was voted the greatest city on the planet for 2019. In a hint as to why this happened, and why now, it also lead [sic] the categories of most diverse metropolis and best culture.
  36. ^ a b Shields, Ann (November 10, 2014). "The World's 50 Most Visited Tourist Attractions—No. 3: Times Square, New York City—Annual Visitors: 50,000,000". Travel+Leisure. Retrieved July 12, 2015. No. 3 Times Square, ... No. 4 (tie) Central Park, ... No. 10 Grand Central Terminal, New York City
  37. ^ "Times Square". Encyclopædia Britannica. Retrieved May 10, 2011.
  38. ^ "World's Most-Visited Tourist Attractions No. 3: Times Square, New York City". Travel and Leisure. Retrieved October 15, 2017.
  39. ^ "The Most Jivin' Streetscapes in the World". Luigi Di Serio. 2010. Archived from the original on September 21, 2014. Retrieved May 10, 2011.
  40. ^ "New York Architecture Images—Midtown Times Square". 2011 nyc-architecture. Archived from the original on January 25, 2017. Retrieved May 10, 2011.
  41. ^ "New York City, United States". The Skyscraper Center. Council on Tall Buildings and Urban Habitat. Archived from the original on February 17, 2017. Retrieved February 9, 2017.
  42. ^ "Manhattan, New York—Some of the Most Expensive Real Estate in the World Overlooks Central Park". The Pinnacle List. Archived from the original on November 29, 2014. Retrieved November 24, 2014.
  43. ^ Brennan, Morgan (March 22, 2013). "The World's Most Expensive Billionaire Cities". Forbes. Retrieved July 6, 2013.
  44. ^ "City University of New York | Agency Appropriations | FY 2020 Executive Budget". New York State. Retrieved April 15, 2020.
  45. ^ Bird, Mike. "The 25 cities with the most economic power on earth". Insider. Retrieved May 15, 2020.
  46. ^ Florida, Richard (May 8, 2012). "What Is the World's Most Economically Powerful City?". The Atlantic. Retrieved May 15, 2020.
  47. ^ Thomas J. Archdeacon (2013). New York City, 1664–1710: Conquest and Change. Cornell University Press. p. 19. ISBN 978-0-8014-6891-9.
  48. ^ Evan T. Pritchard (2002). Native New Yorkers: the legacy of the Algonquin people of New York, p. 27; ISBN 1-57178-107-2
  49. ^ Angie Debo (2013). A History of the Indians of the United States. University of Oklahoma Press. p. 28. ISBN 978-0-8061-8965-9.
  50. ^ Rankin, Rebecca B.; Rodgers, Cleveland (1948). New York: The World's Capital City, Its Development and Contributions to Progress. Harper.
  51. ^ WPA Writer's Project: A Maritime History of New York, p. 246; Going Coastal Productions (2004) ISBN 0-9729803-1-8
  52. ^ George J. Lankevich (2002). New York City: A Short History. NYU Press. p. 2. ISBN 978-0-8147-5186-2.
  53. ^ a b "The Hudson River". New Netherland Institute. Retrieved July 10, 2016.
  54. ^ "Henry Hudson". Encyclopædia Britannica. Retrieved July 10, 2016.
  55. ^ Roberts, Sam (October 2, 2012). "Honoring a Very Early New Yorker". The New York Times.
  56. ^ "CUNY DSI Publishes Monograph on New York's First Immigrant". The City College of New York. May 14, 2013. Retrieved May 16, 2020.
  57. ^ Briney, Amanda. "15 Oldest Cities in the United States". About.com. Retrieved January 3, 2015.
  58. ^ Dutch Colonies, National Park Service. Retrieved May 19, 2007. "Sponsored by the West India Company, 30 families arrived in North America in 1624, establishing a settlement on present-day Manhattan."
  59. ^ GovIsland Park-to-Tolerance: through Broad Awareness and Conscious Vigilance, Tolerance Park. Retrieved February 9, 2017. See Legislative Resolutions Senate No. 5476 and Assembly No. 2708.
  60. ^ [1] "Timeline: A selected Wall Street chronology"
  61. ^ Frederick M. Binder, David M. Reimers: All the Nations Under Heaven: An Ethnic and Racial History of New York City, p. 4; (1996) ISBN 0-231-07879-X
  62. ^ Pieter Schaghen Letter 1626: "... hebben t'eylant Manhattes van de wilde gekocht, voor de waerde van 60 gulden: is groot 11000 morgen. ..." ("... They have purchased the Island Manhattes from the Indians for the value of 60 guilders. It is 11,000 morgens in size ...)
  63. ^ "Value of the Guilder / Euro". International Institute of Social History. Retrieved July 25, 2019.
  64. ^ "Letter describing purchase by Pieter Schaghen from Dutch National Archive, The Hague, with transcription". Nnp.org. Archived from the original on October 23, 2010. Retrieved October 28, 2010.
  65. ^ Miller, Christopher L; Hamell, George R (September 1986). "A New Perspective on Indian-White Contact: Cultural Symbols and Colonial Trade". The Journal of American History. 73 (2): 311–328. doi:10.2307/1908224. JSTOR 1908224.
  66. ^ a b "Dutch Colonies". National Park Service. Retrieved July 10, 2016.
  67. ^ "The Patroon System". Library of Congress. Retrieved July 10, 2016.
  68. ^ "The Story of New Amsterdam". New Amsterdam History Center. Retrieved July 10, 2016.
  69. ^ Jacobs, Jaap (2009). The Colony of New Netherland: A Dutch Settlement in Seventeenth-Century America. Cornell University Press. p. 32.
  70. ^ Eisenstadt, Peter; Moss, Laura-Eve; Huxley, Carole F. (2005). The Encyclopedia of New York State. Syracuse University Press. p. 1051. ISBN 978-0-8156-0808-0.
  71. ^ a b "Peter Stuyvesant". New-York Historical Society. Retrieved July 11, 2016.
  72. ^ a b "Peter Stuyvesant". New Netherland Institute. Retrieved July 11, 2016.
  73. ^ "The surrender of New Netherland, 1664". Gilder Lehrman Institute of American History. Retrieved July 11, 2016.
  74. ^ Homberger, Eric (2005). The Historical Atlas of New York City: A Visual Celebration of 400 Years of New York City's History. Owl Books. p. 34. ISBN 978-0-8050-7842-8.
  75. ^ Miller, John (2000). James II (The English Monarchs Series). Yale University Press. pp. 44–45. ISBN 978-0-300-08728-4.
  76. ^ "Treaty of Breda". Encyclopædia Britannica. Retrieved July 10, 2016.
  77. ^ L. H. Roper (2017). Advancing Empire. Cambridge University Press. p. 215. ISBN 978-1-107-11891-1.
  78. ^ Van Luling, Todd (April 17, 2014). "8 Things Even New Yorkers Don't Know About New York City". HuffPost. Retrieved September 13, 2014.
  79. ^ Peter Douglas. "The Man Who Took Back New Netherland" (PDF). New Netherland Institute. Retrieved July 11, 2016.
  80. ^ "Native Americans". Penn Treaty Museum.
  81. ^ "Gotham Center for New York City History" Timeline 1700–1800
  82. ^ "The Early History of Yellow Fever" (PDF). Pedro Nogueira, Thomas Jefferson University. 2009.
  83. ^ "Timeline of Yellow Fever in America". Public Broadcasting Service (PBS).
  84. ^ Thelma Wills Foote (2004). Black and White Manhattan: The History of Racial Formation in Colonial New York City. Oxford University Press, USA. p. 68. ISBN 978-0-19-508809-0.
  85. ^ Oltman, Adele (October 24, 2005). "The Hidden History of Slavery in New York". The Nation. Retrieved July 9, 2013.
  86. ^ Molefi Kete Asante; Ama Mazama; Marie-José Cérol (2005). Encyclopedia of Black Studies. SAGE. p. 33. ISBN 978-0-7619-2762-4.
  87. ^ Linder, Doug (2001). "The Trial of John Peter Zenger: An Account".
  88. ^ Moore, Nathaniel Fish (1876). An Historical Sketch of Columbia College, in the City of New York, 1754–1876. Columbia College. p. 8.
  89. ^ Paul Boyer; Clifford Clark; Sandra Hawley; Joseph Kett; Andrew Rieser (2009). The Enduring Vision: A History of the American People, Volume 1: To 1877, Concise. Cengage Learning. p. 100. ISBN 978-1-111-78553-6.
  90. ^ Linda Davis Reno (2008). The Maryland 400 in the Battle of Long Island, 1776. McFarland. p. 3. ISBN 978-0-7864-5184-5.
  91. ^ Peter P. Hinks (2007). Encyclopedia of Antislavery and Abolition. Greenwood Publishing Group. p. 508. ISBN 978-0-313-33144-2.
  92. ^ Trinity Church bicentennial celebration, May 5, 1897 By Trinity Church (New York, N.Y.) p. 37
  93. ^ "The People's Vote: President George Washington's First Inaugural Speech (1789)". U.S. News and World Report. Archived from the original on September 25, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  94. ^ "Residence Act". Web Guides: Primary Documents in American History. Library of Congress. Retrieved April 23, 2017.
  95. ^ The Nine Capitals of the United States, by Robert Fortenbaugh (1948), p. 9, via U.S. Senate web site
  96. ^ Shorto, Russell (February 9, 2004). "The Streets Where History Lives". The New York Times. Retrieved June 19, 2013.
  97. ^ Smil, Vaclav (2019). Growth : from microorganisms to megacities. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press. p. 336. ISBN 978-0-262-04283-3. OCLC 1085577162.
  98. ^ "An Act for the Gradual Abolition of Negro Slavery in New York" (L. 1799, Ch. 62)
  99. ^ Harper, Douglas (2003). "Slavery in the North—Emancipation in New York". Retrieved February 6, 2013.
  100. ^ a b c New York Divided: Slavery and the Civil War online exhibit, New-York Historical Society, (November 17, 2006 to September 3, 2007, physical exhibit). Retrieved May 10, 2012
  101. ^ Lockwood, Charles (July 23, 1978). "Quintessential Housing Of the Past: Tenements". The New York Times.
  102. ^ [2]Leslie M. Harris, "African Americans in New York City, 1626–1863", Department of History, Emory University
  103. ^ Rosenwaike, Ira (1972). Population History of New York City. Syracuse University Press. p. 55. ISBN 978-0-8156-2155-3.
  104. ^ Bridges, William (1811). Map of the City Of New York And Island Of Manhattan With Explanatory Remarks And References.; Lankevich (1998), pp. 67–68.
  105. ^ Mushkat, Jerome Mushkat (1990). Fernando Wood: A Political Biography. Kent State University Press. p. 36. ISBN 978-0-87338-413-1.
  106. ^ "Cholera in Nineteenth Century New York". Virtual New York. City University of New York.
  107. ^ a b c d Leslie M. Harris (2003). "The New York City Draft Riots". In the Shadow of Slavery: African Americans in New York City, 1626–1863. University of Chicago Press. Excerpted from pages 279–288.
  108. ^ "The Draft in the Civil War", u-s-history.com.
  109. ^ a b McPherson, James M. (2001). Ordeal by Fire: The Civil War and Reconstruction. McGraw-Hill Education. p. 399. ISBN 978-0-07-743035-1.
  110. ^ Cook, Adrian (1974). The Armies of the Streets: The New York City Draft Riots of 1863. pp. 193–195.
  111. ^ "The 100 Year Anniversary of the Consolidation of the 5 Boroughs into New York City". NYC100 Centennial Celebration. Archived from the original on October 11, 2007. Retrieved October 28, 2010.
  112. ^ Brian J. Cudahy (2004). The New York Subway: Its Construction and Equipment : Interborough Rapid Transit, 1904. Fordham Univ Press. p. 2. ISBN 978-0-8232-2401-2.
  113. ^ Angela M. Blake (2009). How New York Became American, 1890–1924. Johns Hopkins University Press. pp. 63–66. ISBN 978-0-8018-8874-8.
  114. ^ Bradley Sheard (1998). Lost Voyages: Two Centuries of Shipwrecks in the Approaches to New York. Aqua Quest Publications, Inc. p. 67. ISBN 978-1-881652-17-5.
  115. ^ Kheel Center. "Home". The 1911 Triangle Factory Fire. Cornell University. Retrieved February 9, 2017.
  116. ^ Rosenwaike, Ira (1972). Population History of New York City. Syracuse University Press. Table 30. ISBN 978-0-8156-2155-3.
  117. ^ Henry Louis Gates; Evelyn Brooks Higginbotham (2009). Harlem Renaissance Lives from the African American National Biography. Oxford University Press. p. 7. ISBN 978-0-19-538795-7.
  118. ^ Linda De Roche (2015). The Jazz Age: A Historical Exploration of Literature: A Historical Exploration of Literature. ABC-CLIO. pp. 18–19. ISBN 978-1-61069-668-5.
  119. ^ "New York Urbanized Area: Population & Density from 1800 (Provisional)". Demographia.com. Retrieved July 8, 2009.
  120. ^ Allen, Oliver E. (1993). "Chapter 9: The Decline". The Tiger—The Rise and Fall of Tammany Hall. Addison-Wesley Publishing Company. ISBN 978-0-201-62463-2.
  121. ^ Burns, Ric (August 22, 2003). "The Center of the World—New York: A Documentary Film (Transcript)". PBS. Retrieved September 1, 2008.
  122. ^ a b Julia Goicichea (August 16, 2017). "Why New York City Is a Major Destination for LGBT Travelers". The Culture Trip. Retrieved February 2, 2019.
  123. ^ "Workforce Diversity The Stonewall Inn, National Historic Landmark National Register Number: 99000562". National Park Service, U.S. Department of the Interior. Retrieved May 1, 2011.
  124. ^ Eli Rosenberg (June 24, 2016). "Stonewall Inn Named National Monument, a First for the Gay Rights Movement". The New York Times. Retrieved June 25, 2016.
  125. ^ Timothy Murphy (2013). Reader's Guide to Lesbian and Gay Studies. Routledge. p. 572. ISBN 978-1-135-94234-2.
  126. ^ a b "Brief History of the Gay and Lesbian Rights Movement in the U.S." University of Kentucky. Retrieved September 2, 2017.
  127. ^ a b Nell Frizzell (June 28, 2013). "Feature: How the Stonewall riots started the LGBT rights movement". Pink News UK. Retrieved August 31, 2017.
  128. ^ a b "Stonewall riots". Encyclopædia Britannica. Retrieved August 31, 2017.
  129. ^ a b U.S. National Park Service (October 17, 2016). "Civil Rights at Stonewall National Monument". Department of the Interior. Retrieved August 31, 2017.
  130. ^ a b "Obama inaugural speech references Stonewall gay-rights riots". Archived from the original on May 30, 2013. Retrieved July 2, 2013.
  131. ^ a b c Cristan Williams (January 25, 2013). "So, what was Stonewall?". The TransAdvocate. Retrieved March 28, 2017.
  132. ^ Tannenbaum, Allan. "New York in the 70s: A Remembrance". The Digital Journalist. Retrieved December 18, 2011.
  133. ^ Effgen, Christopher (September 11, 2001). "New York Crime Rates 1960–2009". Disastercenter.com. Retrieved October 28, 2010.
  134. ^ Irvin Waller (2013). Smarter Crime Control. University of Ottawa. p. 38. ISBN 978-1-4422-2170-3.
  135. ^ David A. Dieterle (2017). Economics: The Definitive Encyclopedia from Theory to Practice [4 volumes]. ABC-CLIO. p. 396. ISBN 978-0-313-39708-0.
  136. ^ "Missing Doctor Added to List of 9/11 Victims". New York: TWO SL LLC. Associated Press. July 2008. Retrieved February 21, 2013.
  137. ^ Elizabeth Greenspan (2013). Battle for Ground Zero: Inside the Political Struggle to Rebuild the World Trade Center. St. Martin's Press/Harvard University. p. 152. ISBN 978-1-137-36547-7.
  138. ^ World Trade Center Transportation Hub, World Trade Center. Retrieved February 9, 2017. "The state-of-the-art World Trade Center Transportation Hub, completed in 2016, serves 250,000 Port Authority Trans-Hudson (PATH) daily commuters and millions of annual visitors from around the world. At approximately 800,000 square feet, the Hub, designed by internationally acclaimed architect Santiago Calatrava, is the third largest transportation center in New York City."
  139. ^ Hetter, Katia (November 12, 2013). "It's official: One World Trade Center to be tallest U.S. skyscraper". CNN. Retrieved March 1, 2014.
  140. ^ "New York City Skyscraper Diagram". SkyscraperPage.com. Skyscraper Source Media. Retrieved January 22, 2013.
  141. ^ "One World Trade Center". SkyscraperPage.com. Skyscraper Source Media. Retrieved February 9, 2017. The roof height is the same as original One World Trade Center. The building is topped out by a 124-meter (408-foot) spire. So the tower rises 1,776 feet (541-meter) which marks the year of the American declaration of Independence
  142. ^ Matthews, Laura (April 30, 2012). "One World Trade Center On Top As Tallest Building in New York City". The International Business Times. Retrieved January 22, 2013.
  143. ^ Lesser, Benjamin (April 30, 2012). "It's official: 1 World Trade Center is now New York's tallest skyscraper". Daily News. New York. Retrieved January 22, 2013.
  144. ^ Nocera, Joe. "Two Days in September", The New York Times, September 14, 2012. Retrieved May 6, 2017. "On the left, that anger led, a year ago, to the rise of the Occupy Wall Street movement. Thus, Anniversary No. 2: Sept. 17, 2011, was the date Occupy Wall Street took over Zuccotti Park in Lower Manhattan, which soon led to similar actions in cities across the country. The movement's primary issue was income inequality—'We are the 99 percent', they used to chant."
  145. ^ West, Melanie Grayce (March 2, 2020). "First Case of Coronavirus Confirmed in New York State". Wall Street Journal. ISSN 0099-9660. Retrieved July 10, 2020.
  146. ^ Kenneth T. Jackson; Lisa Keller; Nancy Flood (2010). The Encyclopedia of New York City: Second Edition. Yale University Press. p. 2384. ISBN 978-0-300-18257-6.
  147. ^ "Remnants of an Ice Age, The Wisconsin Ice Sheet Continues Its Journey". The City of New York. Retrieved August 8, 2015.
  148. ^ "Information About the Hudson River Estuary". Life.bio.sunysb.edu. Archived from the original on June 4, 2017. Retrieved August 20, 2011.
  149. ^ Berger, Joseph (July 19, 2010). "Reclaimed Jewel Whose Attraction Can Be Perilous". The New York Times. Retrieved July 21, 2010.
  150. ^ Gillespie, Angus K. (1999). Twin Towers: The Life of New York City's World Trade Center. Rutgers University Press. p. 71. ISBN 978-0-7838-9785-1.
  151. ^ Lopate, Phillip (2004). Waterfront: A Walk Around Manhattan. Anchor Press. ISBN 978-0-385-49714-5.
  152. ^ New York State Gazetteer from 2010 United States Census, United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  153. ^ Roberts, Sam (May 22, 2008). "It's Still a Big City, Just Not Quite So Big". The New York Times. Retrieved May 22, 2008.
  154. ^ Lundrigan, Margaret (2004). Staten Island: Isle of the Bay, NY. Arcadia Publishing. p. 10. ISBN 978-0-7385-2443-6.
  155. ^ Howard, David (2002). Outside Magazine's Urban Adventure New York City. W.W. Norton & Company. p. 35. ISBN 978-0-393-32212-5.
  156. ^ QuickFacts New York city, New York; Bronx County (Bronx Borough), New York; Kings County (Brooklyn Borough), New York; New York County (Manhattan Borough), New York; Queens County (Queens Borough), New York; Richmond County (Staten Island Borough), New York, United States Census Bureau. Accessed June 11, 2018.
  157. ^ "Current Population Estimates: NYC". NYC.gov. Retrieved June 10, 2017.
  158. ^ "GDP by County | U.S. Bureau of Economic Analysis (BEA)". www.bea.gov.
  159. ^ "The Five Boroughs of the City of New York: A Brief Historical Description". October 7, 2017. Archived from the original on October 7, 2017. Retrieved July 10, 2020.
  160. ^ Jen Carlson (May 21, 2012). "Do You Refer To Manhattan As 'The City'?". Gothamist. Archived from the original on October 25, 2016. Retrieved August 20, 2017.
  161. ^ Mann, Camille; Valera, Stephanie. "World's Most Crowded Islands". The Weather Channel. Retrieved March 20, 2016.
  162. ^ Barry, Dan (October 11, 2001). "A Nation challenged: in New York; New York Carries On, but Test of Its Grit Has Just Begun". The New York Times. Retrieved March 27, 2016. A roaring void has been created in the financial center of the world.
  163. ^ Sorrentino, Christopher (September 16, 2007). "When He Was Seventeen". The New York Times. Retrieved March 27, 2016. In 1980 there were still the remains of the various downtown revolutions that had reinvigorated New York's music and art scenes and kept Manhattan in the position it had occupied since the 1940s as the cultural center of the world.
  164. ^ Immerso, Michael (2002). Coney Island: The People's Playground. Rutgers University Press. p. 3. ISBN 978-0-8135-3138-0.
  165. ^ Hughes, C.J. (August 21, 2016). "Marine Park, Brooklyn: Block Parties, Bocce and Salt Air". The New York Times. Retrieved October 29, 2017. The neighborhood of Marine Park, a compact enclave in southeast Brooklyn, has a major claim to fame. It sits next to the borough's largest park, Marine Park
  166. ^ "19 Reasons Why Brooklyn Is New York's New Startup Hotspot". CB Insights. October 19, 2015. Retrieved August 27, 2017.
  167. ^ a b Vanessa Friedman (April 30, 2016). "Brooklyn's Wearable Revolution". The New York Times. Retrieved August 27, 2017.
  168. ^ Alexandria Symonds (April 29, 2016). "One Celebrated Brooklyn Artist's Futuristic New Practice". The New York Times. Retrieved August 27, 2017.
  169. ^ O'Donnell, Michelle (July 4, 2006). "In Queens, It's the Glorious 4th, and 6th, and 16th, and 25th ..." The New York Times. Retrieved July 20, 2014.
  170. ^ a b Christine Kim; Demand Media. "Queens, New York, Sightseeing". USA Today. Retrieved March 20, 2016.
  171. ^ a b Andrew Weber (April 30, 2013). "Queens". NewYork.com. Archived from the original on May 13, 2015. Retrieved March 20, 2016.
  172. ^ Frazier, Ian (June 26, 2006). "Utopia, the Bronx". The New Yorker. Retrieved September 1, 2008.
  173. ^ a b "Bronx Zoo Animals & Exhibits". Wildlife Conservation Society. Archived from the original on January 14, 2015. Retrieved March 20, 2016.
  174. ^ Ward, Candace (2000). New York City Museum Guide. Dover Publications. p. 72. ISBN 978-0-486-41000-5.
  175. ^ a b Toop, David (1992). Rap Attack 2: African Rap to Global Hip Hop. Serpents Tail. ISBN 978-1-85242-243-1.
  176. ^ a b c Foderaro, Lisa W. (May 31, 2013). "How Big Is That Park? City Now Has the Answer". The New York Times. Retrieved May 31, 2013.
  177. ^ "Staten Island Greenbelt | New York-New Jersey Trail Conference". NYNJTC.org. Retrieved October 28, 2010.
  178. ^ Henry Goldman (October 30, 2018). "NYC's Fastest-Growing Neighborhood Gets $180 Million Investment". Bloomberg, L.P. Retrieved October 30, 2018.
  179. ^ "As One World Trade Center soars, so do its costs". MSNBC. Archived from the original on February 1, 2012. Retrieved February 1, 2012.
  180. ^ Skyline Ranking, Emporis. Retrieved February 9, 2017.
  181. ^ "Alchemy borrows $220M for Woolworth conversion". Real Estate Weekly. June 15, 2016. Archived from the original on February 11, 2017. Retrieved February 9, 2017. The neo-gothic Woolworth Building was commissioned by Frank W. Woolworth in 1910 as his eponymous company's new headquarters and designed by renowned architect Cass Gilbert. The building was completed in 1913 and was for 17 years the tallest building in the world.
  182. ^ Fischler, Raphael (1998). "The Metropolitan Dimension of Early Zoning: Revisiting the 1916 New York City Ordinance". Journal of the American Planning Association. 64 (2): 170–188. doi:10.1080/01944369808975974.
  183. ^ "Favorites! 100 Experts Pick Their top 10 New York Towers". The Skyscraper Museum. January 22, 2006. Retrieved September 1, 2008.
  184. ^ a b Pogrebin, Robin (April 16, 2006). "7 World Trade Center and Hearst Building: New York's Test Cases for Environmentally Aware Office Towers". The New York Times. Retrieved September 1, 2008.
  185. ^ Plunz, Richard A. (1990). "Chapters 3 [Rich and Poor] & 4 [Beyond the Tenement]". History of Housing in New York City: Dwelling Type and Change in the American Metropolis. Columbia University Press. ISBN 978-0-231-06297-8.
  186. ^ "If You're Thinking of Living In/Riverdale, the Bronx; A Community Jealous of Its Open Space". The New York Times. March 1, 1998. Retrieved February 10, 2012.
  187. ^ "New York Metro: 6 Affordable Neighborhoods". New York. September 17, 2001. Retrieved February 10, 2012.
  188. ^ "If You're Thinking of Living In/Douglaston, Queens; Timeless City Area, With a Country Feel". The New York Times. February 8, 2004. Retrieved February 10, 2012.
  189. ^ Lankevich (1998), pp. 82–83; Wilson, Rufus Rockwell (1902). New York: Old & New: Its Story, Streets, and Landmarks. J.B. Lippincott. p. 354.
  190. ^ Elliot, Debbie (December 2, 2006). "Wondering About Water Towers". NPR. Retrieved September 1, 2008.
  191. ^ Hood, Clifton (2004). 722 Miles: The Building of the Subways and How They Transformed New York. Johns Hopkins University Press. pp. 175–177. ISBN 978-0-8018-5244-2.
  192. ^ Robertson, Jessica; Petersen, Mark (July 17, 2014). "New Insight on the Nation's Earthquake Hazards". United States Geological Survey. Archived from the original on August 11, 2014. Retrieved August 12, 2014.
  193. ^ Peel, M.C.; Finlayson, B.L.; McMahon, T.A. "World Map of Köppen-Geiger climate classification". The University of Melbourne. Archived from the original on January 13, 2015. Retrieved April 26, 2013.
  194. ^ "New York Polonia Polish Portal in New York". NewYorkPolonia.com. Retrieved April 26, 2013.
  195. ^ "Trewartha maps". kkh.ltrr.arizona.edu. Retrieved January 30, 2019.
  196. ^ "Chapter 47. Global mapping". fao.org. Retrieved January 30, 2019.
  197. ^ a b "New York Central Park, NY Climate Normals 1961−1990". NOAA. Retrieved July 18, 2020.
  198. ^ "USDA Plant Hardiness Zone Map". Agricultural Research Center, PRISM Climate Group Oregon State University. Archived from the original on February 27, 2014. Retrieved February 24, 2014.
  199. ^ a b c [3] Accessed November 13, 2017.
  200. ^ "The Climate of New York". New York State Climate Office. Archived from the original on April 12, 2008. Retrieved July 6, 2012.
  201. ^ a b c "NowData - NOAA Online Weather Data". National Oceanic and Atmospheric Administration. Retrieved April 10, 2018.
  202. ^ https://www.weather.gov/media/okx/Climate/CentralPark/Below0DegreeDays.pdf
  203. ^ Pollak, Michael (January 10, 2014). "Determining New York City's Record Wind Chill". The New York Times.
  204. ^ "New York City Sea Temperature—United States—Sea Temperatures". World Sea Temperatures.
  205. ^ Dolnick, Sam (August 28, 2011). "Damage From Irene Largely Spares New York—Recovery Is Slower in New York Suburbs". The New York Times. Retrieved January 26, 2013.
  206. ^ "Superstorm Sandy blamed for at least 11 U.S. deaths as it slams East Coast". CNN. October 29, 2012. Retrieved January 22, 2013.
  207. ^ Stone, Jeff; Gallucci, Maria (October 29, 2014). "Hurricane Sandy Anniversary 2014: Fortifying New York—How Well Armored Are We for the Next Superstorm?". International Business Times. Retrieved July 23, 2015.
  208. ^ Eshelman, Robert S. (November 15, 2012). "ADAPTATION: Political support for a sea wall in New York Harbor begins to form". E&E Publishing, LLC. Retrieved July 23, 2015.
  209. ^ a b "Temperaturmonatsmittel NEW YORK CENTRAL PARK 1821–1987". Wetterzentrale. Retrieved March 27, 2020.
  210. ^ https://www.weather.gov/media/okx/Climate/CentralPark/warmcoldyearsmonths.pdf
  211. ^ https://www.weather.gov/media/okx/Climate/CentralPark/wetdryyearsmonths.pdf
  212. ^ https://www.weather.gov/media/okx/Climate/CentralPark/monthlyseasonalsnowfall.pdf
  213. ^ All-Time Extremes Central Park, NY (1869 to Present), National Weather Service, updated May 10, 2020. Accessed May 22, 2020.
  214. ^ [4] Belvedere Castle at NYC Parks
  215. ^ "Station Name: NY NEW YORK CNTRL PK TWR". National Oceanic and Atmospheric Administration. Retrieved April 10, 2018.
  216. ^ "Average Percent Sunshine through 2009". National Climatic Data Center. Retrieved November 14, 2012.
  217. ^ a b "New York, New York, USA - Monthly weather forecast and Climate data". Weather Atlas. Retrieved July 4, 2019.
  218. ^ "ParkScore 2018: City Rankings". The Trust for Public Land. Archived from the original on October 13, 2018. Retrieved November 8, 2018.
  219. ^ "Statue of Liberty". World Heritage. UNESCO. Retrieved July 18, 2015.
  220. ^ "Discover the truly wild side of New York's metropolitan area". nps.gov. Retrieved June 11, 2012.
  221. ^ "New York State Office of Parks, Recreation and Historic Preservation, New York City Region". Nysparks.state.ny.us. Archived from the original on February 15, 2011. Retrieved October 28, 2010.
  222. ^ "Mayor Giuliani Announces Amount of Parkland in New York City has Passed 28,000-acre (110 km2) Mark". New York City Mayor's Office. February 3, 1999. Retrieved September 1, 2008.; "Beaches". New York City Department of Parks & Recreation. Retrieved September 1, 2008.
  223. ^ "Pelham Bay Park". City of New York. Retrieved June 8, 2012.
  224. ^ Ann Shields (November 10, 2014). "The World's 50 Most Visited Tourist Attractions—No. 4 (tie) Central Park, New York City—Annual Visitors: 40,000,000". Travel+Lesiure. Retrieved March 27, 2016.
  225. ^ The Rservoir, CentralPark.com. Retrieved October 20, 2017. "Officially named the Jacqueline Kennedy Onassis Reservoir in 1994, the Reservoir is famed for the 1.58-mile track that encircles the 106-acre body of water."
  226. ^ Foderaro, Lisa W. (October 23, 2012). "A$100 Million Thank-You for a Lifetime's Central Park Memories". The New York Times. Retrieved October 23, 2012.
  227. ^ Park History, Prospect Park Alliance. Retrieved February 9, 2017.
  228. ^ Foderaro, Lisa W. "How Big Is That Park? City Now Has the Answer", The New York Times, May 31, 2013. Retrieved February 9, 2017. "But the biggest loser was clearly Flushing Meadows. Previously the third-largest park in the city, it dropped to fourth place after the new analysis put its actual acreage at 897 (897.62 to be precise), down from 1,255 acres."
  229. ^ [Flushing Meadows Corona Park World's Fair Legacy; Celebrating the 50th & 75th Anniversaries of the 1939 & 1964 Fairs], New York City Department of Parks and Recreation. Retrieved February 9, 2017.
  230. ^ National Tennis Center Strategic Vision Project, New York City Department of Parks and Recreation. Retrieved February 9, 2017. "The 42-acre NTC is located within Flushing Meadows Corona Park on parkland leased by NYC Parks to USTA and is one of the world's largest public recreational tennis facilities. For 11 months of the year, NTC facilities are open to the public for indoor and outdoor tennis. The NTC is also host to the U.S. Open, one of the sport's four Grand Slam championship tennis tournaments."
  231. ^ via Associated Press. "Ladies and gentlemen, the Bronx is blooming!", NBC News, July 2, 2008. Retrieved February 9, 2017. "Despite its urban image, the Bronx has 7,000 acres of park land, about 25 percent of its total area. In addition to Yankee Stadium and the Bronx Zoo, the borough's green spaces include the New York Botanical Garden; a 19th-century garden overlooking the Hudson River called Wave Hill; and Van Cortlandt and Pelham Bay parks, where you can bird-watch, play golf and ride horses."
  232. ^ Conference House Park, New York City Department of Parks and Recreation. Retrieved February 9, 2017. "On September 11, 1776, this house was the site of a conference between British Lord Admiral Richard Howe and Founding Fathers Benjamin Franklin, John Adams, and Edward Rutledge. The talks occurred just two months after the Declaration of Independence had been signed. With the British controlling New York City, Long Island, and Staten Island, the Americans seemed headed for defeat. Lord Howe offered to end the conflict peacefully if the American colonies would return to British control, but the Americans refused to give up their struggle for independence."
  233. ^ Jerome Jacobson, Mary Harris, James V. Taylor, Albert J. Anderson, William A. Ritchie, Robert E. Funk. Burial Ridge, Tottenville, Staten Island, N.Y., Staten Island Institute of Arts & Sciences, 1980, at The Digital Archaeological Record. Retrieved February 9, 2017.
  234. ^ "Map of Military Installations in the Contiguous US" (PDF). NPS.gov. Retrieved February 20, 2012.
  235. ^ Jackson, Kenneth T., ed. (2010). The History of New York City, 2nd Edition. New Haven: Yale University Press. p. 30. ISBN 978-0-300-11465-2.
  236. ^ a b QuickFacts for New York City / New York State / United States, United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  237. ^ New York City Population Projections by Age/Sex & Borough, 2010–2040, New York City Department of City Planning, December 2013. Retrieved February 9, 2017.
  238. ^ a b c d "Race and Hispanic Origin for Selected Cities and Other Places: Earliest Census to 1990". U.S. Census Bureau. Archived from the original on August 12, 2012.
  239. ^ a b From 15% sample
  240. ^ a b The Encyclopedia of New York City, ed. Kenneth T. Jackson (Yale 1995, ISBN 0-300-05536-6), p. 923, citing "U.S. Department of Commerce, Bureau of the Census, Census of Population 1960 (vol. 1, part A, table 28), 1970, 1980, 1990". After annexing part of the Bronx in 1874, the population of the then-New York City was 1,206,299 in 1880 and 1,515,301 in 1890.
  241. ^ "Census of Population and Housing". Census.gov. Retrieved June 4, 2016.
  242. ^ Greene and Harrington (1932). American Population Before the Federal Census of 1790. New York. as cited in Rosenwaike, Ira (1972). Population History of New York City. Syracuse University Press. p. 8. ISBN 978-0-8156-2155-3.
  243. ^ U.S. Census, from The World Almanac and Book of Facts, 1929 (reprinted in 1971 by American Heritage Press and Workman Publishing, ISBN 0-07-071881-4), p. 503.
  244. ^ Gibson, Campbell. "Population of the 100 Largest Cities and Other Urban Places in the United States: 1790 to 1990", United States Census Bureau, June 1998. Retrieved July 10, 2016.
  245. ^ "DP-1: Profile of General Demographic Characteristics: 2000 from the Census 2000 Summary File 1 (SF 1) 100-Percent Data for New York City"[dead link], United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  246. ^ "DP-1: Profile of General Population and Housing Characteristics: 2010 from the 2010 Demographic Profile Data for New York City"[dead link], United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  247. ^ Roberts, Sam (March 24, 2011). "City Population Barely Grew in the '00s, Census Finds". The New York Times. Retrieved March 24, 2011.
  248. ^ a b c "New York City's Population Hits a Record 8.6 Million". The New York Times. Retrieved March 22, 2018.
  249. ^ Sherry, Virginia N. (March 27, 2014). "Staten Island population at all-time high of 473,000; NYC's soars to record 8.4 million". Staten Island Advance. Retrieved March 27, 2014.
  250. ^ Roberts, Sam (March 14, 2013). "Fewer People Are Abandoning the Bronx, Census Data Show". The New York Times. Retrieved March 27, 2014.
  251. ^ "ACS Demographic and Housing Estimates—2012–2016 American Community Survey 5-Year Estimates—City Versus State". American Fact Finder, United States Census Bureau. 2016. Archived from the original on February 14, 2020. Retrieved October 8, 2018.
  252. ^ "ACS Demographic and Housing Estimates—2012–2016 American Community Survey 5-Year Estimates—City Versus Metro". American Fact Finder, United States Census Bureau. 2016. Archived from the original on February 14, 2020. Retrieved October 8, 2018.
  253. ^ GCT-PH1: Population, Housing Units, Area, and Density: 2010—State—County Subdivision from the 2010 Census Summary File 1 for New Jersey, United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  254. ^ Mann, Camille; Valera, Stephanie. "World's Most Crowded Islands". The Weather Channel. Retrieved June 27, 2013.
  255. ^ GCT-PH1: Population, Housing Units, Area, and Density: 2010—County—County Subdivision and Place from the 2010 Census Summary File 1 for New York County, New York[dead link], United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  256. ^ Guide to State and Local Census Geography, United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  257. ^ Highest Density, United States Census Bureau. Retrieved February 9, 2017.
  258. ^ a b Saul, Michael Howard (March 27, 2014). "New York City Population Hits Record High". The Wall Street Journal. Retrieved March 27, 2014.
  259. ^ Roberts, Sam (March 24, 2011). "New York City's Population Barely Rose in the Last Decade, the Census Finds". The New York Times. Retrieved May 1, 2011.
  260. ^ Jones, Charisse (September 24, 2008). "Ellis Island strives to tell more complete immigration story". USA Today. Retrieved July 4, 2014.
  261. ^ Chisholm, Hugh, ed. (1911). "New York City#Population" . Encyclopædia Britannica. 19 (11th ed.). Cambridge University Press. p. 617.
  262. ^ a b Semple, Kirk (June 8, 2013). "City's Newest Immigrant Enclaves, From Little Guyana to Meokjagolmok". The New York Times. Retrieved June 12, 2013.
  263. ^ The Newest New Yorkers: 2013, New York City Department of City Planning, December 2013. Retrieved February 9, 2017. "The immigrant share of the population has also doubled since 1965, to 37 percent. With foreign-born mothers accounting for 51 percent of all births, approximately 6-in-10 New Yorkers are either immigrants or the children of immigrants."
  264. ^ Semple, Kirk (December 18, 2013). "Immigration Remakes and Sustains City, a Report Concludes". The New York Times. Retrieved December 18, 2013.
  265. ^ Goldstein, Joseph (November 28, 2013). "Bangladeshis Build Careers in New York Traffic". The New York Times. Retrieved November 28, 2013.
  266. ^ Semple, Kirk (June 23, 2011). "Asian New Yorkers Seek Power to Match Numbers". The New York Times. Retrieved July 5, 2011. Asians, a group more commonly associated with the West Coast, are surging in New York, where they have long been eclipsed in the city's kaleidoscopic racial and ethnic mix. For the first time, according to census figures released in the spring, their numbers have topped one million—nearly one in eight New Yorkers—which is more than the Asian population in the cities of San Francisco and Los Angeles combined.
  267. ^ "Asian American Statistics". Améredia Incorporated. Retrieved July 5, 2011.
  268. ^ "State & County QuickFacts Nassau County, New York QuickLinks". United States Census Bureau. Archived from the original on October 7, 2014. Retrieved July 18, 2014.
  269. ^ Shao, Heng (April 10, 2014). "Join The Great Gatsby: Chinese Real Estate Buyers Fan Out To Long Island's North Shore". Forbes. Retrieved August 2, 2014.
  270. ^ a b c "Supplemental Table 2. Persons Obtaining Lawful Permanent Resident Status by Leading Core Based Statistical Areas (CBSAs) of Residence and Region and Country of Birth: Fiscal Year 2014". U.S. Department of Homeland Security. Archived from the original on August 4, 2016. Retrieved June 1, 2016.
  271. ^ a b c "Yearbook of Immigration Statistics: 2011 Supplemental Table 2". U.S. Department of Homeland Security. Retrieved July 18, 2014.
  272. ^ "Yearbook of Immigration Statistics: 2013 Lawful Permanent Residents Supplemental Table 2". U.S. Department of Homeland Security. Retrieved July 18, 2014.
  273. ^ "Yearbook of Immigration Statistics: 2013 Lawful Permanent Residents Supplemental Table 1". U.S. Department of Homeland Security. Retrieved July 18, 2014.
  274. ^ "Yearbook of Immigration Statistics: 2010 Supplemental Table 2". U.S. Department of Homeland Security. Retrieved February 24, 2013.
  275. ^ Marzulli, John (May 9, 2011). "Malaysian man smuggled illegal Chinese immigrants into Brooklyn using Queen Mary 2: authorities". The New York Daily News. New York. Archived from the original on May 5, 2015. Retrieved February 24, 2013.
  276. ^ "Chinese New Year 2012 in Flushing". QueensBuzz.com. January 25, 2012. Retrieved May 2, 2013.
  277. ^ "Selected Population Profile in the United States 2015 American Community Survey 1-Year Estimates New York-Newark, NY-NJ-CT-PA CSA Chinese alone". United States Census Bureau. Archived from the original on February 14, 2020. Retrieved April 2, 2017.
  278. ^ "U.S. Census website". United States Census Bureau. Retrieved July 19, 2014.
  279. ^ a b "Most Significant Unreached People Group Communities in Metro NY". GLOBAL GATES. July 17, 2012. Archived from the original on October 27, 2014. Retrieved October 27, 2014.
  280. ^ Table SF1-P9 NYC: Total Asian Population by Selected Subgroups, New York City Department of City Planning. Retrieved February 9, 2017.
  281. ^ "Queens County, New York QuickFacts". U.S. Census Bureau. Archived from the original on August 8, 2014. Retrieved August 13, 2014.
  282. ^ Roleke, John. "A Growing Chinatown in Elmhurst". About.com. Retrieved August 13, 2014.
  283. ^ "American FactFinder—Results". U.S. Department of Commerce. Archived from the original on February 12, 2020. Retrieved October 8, 2014.
  284. ^ "Historical Census Statistics On Population Totals By Race, 1790 to 1990, and By Hispanic Origin, 1970 to 1990". Population Division Working Paper. U.S. Census Bureau. Archived from the original on August 12, 2012.
  285. ^ "Census Estimates Show Another Increase in New York City's Non-Hispanic White Population". The New York Times. July 1, 2014.
  286. ^ a b "Hispanic or Latino by Type: 2010". United States Census Bureau. Archived from the original on February 12, 2020. Retrieved October 8, 2014.
  287. ^ "American FactFinder—Results". United States Census Bureau. Archived from the original on March 16, 2015. Retrieved October 8, 2014.
  288. ^ "A Community of Many Worlds: Arab Americans in New York City". Allied Media Corp. Archived from the original on November 8, 2014. Retrieved October 9, 2014.
  289. ^ "Yearbook of Immigration Statistics: 2013 Lawful Permanent Residents Supplemental Table 2". U.S. Department of Homeland Security. Retrieved July 19, 2014.
  290. ^ Ragaru, Nadège; Dymi, Amilda. "The Albanian-American Community in the United States : A Diaspora Coming to Visibility" (PDF). Retrieved July 29, 2014.
  291. ^ Gordon, Ian; Travers, Tony; Whitehead, Christine; London School of Economics and Political Science (July 2007). "The Impact of Recent Immigration on the London Economy" (PDF). The City of London Corporation. Retrieved September 8, 2013.
  292. ^ "Profile of General Population and Housing Characteristics: 2010 Demographic Profile Data Geography: New York-Newark-Bridgeport, NY-NJ-CT-PA CSA". Archived from the original on February 12, 2020. Retrieved September 2, 2012.
  293. ^ "Profile of General Population and Housing Characteristics: 2010 Demographic Profile Data Geography: United States". U.S. Census Bureau. Archived from the original on February 12, 2020. Retrieved September 2, 2012.
  294. ^ Semple, Kirk (June 23, 2011). "Asian New Yorkers Seek Power to Match Numbers". The New York Times. Retrieved September 2, 2012.
  295. ^ "Persons Obtaining Lawful Permanent Resident Status by Leading Core Based Statistical Areas (CBSAs) of Residence and Region and Country of Birth: Fiscal Year 2013". United States Department of Homeland Security. Retrieved March 6, 2015.
  296. ^ Shaun Busuttil (November 3, 2016). "G-day! Welcome to Little Australia in New York City". KarryOn. Retrieved May 23, 2019. In Little Australia, Australian-owned cafes are popping up all over the place (such as Two Hands), joining other Australian-owned businesses (such as nightclubs and art galleries) as part of a growing green and gold contingent in NYC. Indeed, walking in this neighbourhood, the odds of your hearing a fellow Aussie ordering a coffee or just kicking back and chatting are high—very high—so much so that if you're keen to meet other Aussies whilst taking your own bite out of the Big Apple, then this is the place to throw that Australian accent around like it's going out of fashion!
  297. ^ "Why Are There So Many Australians in New York?". October 3, 2017.
  298. ^ Emma Reynolds (July 30, 2018). "Australia's secret weapon is quietly changing New York". news.com.au. Retrieved June 4, 2019. THERE'S a quiet revolution taking place across the Big Apple, and it all stems from Down Under.
  299. ^ Siobhan Gunner. "The Australian Cafés Taking Over The NYC Breakfast Scene". Just Opened New York. Retrieved June 4, 2019.
  300. ^ [5] Archived March 4, 2016, at the Wayback Machine Accessed June 1, 2019.
  301. ^ [6] Accessed June 1, 2019.
  302. ^ "Auckland-New York step closer thanks to Air NZ Boeing purchase". Stuff. May 27, 209. Retrieved June 2, 2019.
  303. ^ [7] Accessed May 23, 2019.
  304. ^ "Little Sri Lanka: An Island Nation Unites on Staten Island". Charter Communications. October 8, 2019. Retrieved October 12, 2019.
  305. ^ Dawn Ennis (May 24, 2017). "ABC will broadcast New York's pride parade live for the first time". LGBTQ Nation. Retrieved September 26, 2018.
  306. ^ Gates, Gary J. "Same-sex Couples and the Gay, Lesbian, Bisexual Population: New Estimates from the American Community Survey" (PDF). The Williams Institute on Sexual Orientation. Archived from the original (PDF) on June 9, 2013. Retrieved December 7, 2013.
  307. ^ Silverman, Brian; Chauvin, Kelsy (2013). Frommer's New York City 2013. ISBN 978-1-118-33144-6. Retrieved March 24, 2015.
  308. ^ Confessore, Nicholas; Barbaro, Michael (June 24, 2011). "New York Allows Same-Sex Marriage, Becoming Largest State to Pass Law". Retrieved September 2, 2012.
  309. ^ Kaiser, p. xiv Accessed March 28, 2017.
  310. ^ "Revelers Take to the Streets For 48th Annual NYC Pride March". CBS New York. June 25, 2017. Retrieved June 26, 2017. A sea of rainbows took over the Big Apple for the biggest pride parade in the world Sunday.
  311. ^ a b Bill Parry (July 10, 2018). "Elmhurst vigil remembers transgender victims lost to violence and hate". Daily News. New York. Archived from the original on February 13, 2019. Retrieved April 13, 2019.
  312. ^ [8] Accessed July 3, 2019.
  313. ^ Anushka Patil (June 15, 2020). "How a March for Black Trans Lives Became a Huge Event". The New York Times. Retrieved June 28, 2020.
  314. ^ Shannon Keating (June 6, 2020). "Corporate Pride Events Can't Happen This Year. Let's Keep It That Way". Retrieved June 28, 2020.
  315. ^ a b c Major U.S. metropolitan areas differ in their religious profiles, Pew Research Center. Retrieved July 30, 2015.
  316. ^ a b "Religion in America: U.S. Religious Data, Demographics and Statistics". Pew Research Center's Religion & Public Life Project. Retrieved July 11, 2020.
  317. ^ "World Jewish Population". SimpleToRemember.com—Judaism Online. Retrieved September 2, 2012.
  318. ^ "Jewish Community Study of New York: 2011 Comprehensive Report" (PDF). UJA-Federation of New York. Retrieved August 13, 2014.
  319. ^ a b Weichselbaum, Simone (June 26, 2012). "Nearly one in four Brooklyn residents are Jews, new study finds". Daily News. New York. Archived from the original on July 4, 2018. Retrieved May 30, 2013.
  320. ^ "Brooklyn, the Most Jewish Spot on Earth". Hadassah Magazine. January 11, 2018. Retrieved July 29, 2020.
  321. ^ Josh Nathan-Kazis (June 12, 2012). "N.Y. Jewish Population Grows to 1.5M: Study".
  322. ^ "Glimpses Into American Jewish History (Part 5)". October 18, 2006. Archived from the original on October 18, 2006. Retrieved July 11, 2020.
  323. ^ Jewish Chronicle, May 6, 1881, cited in Benjamin Blech, Eyewitness to Jewish History
  324. ^ "A 'staggering' 61% of Jewish kids in New York City area are Orthodox, new study finds". www.timesofisrael.com. Retrieved July 29, 2020.
  325. ^ Santora, Marc; Otterman, Sharon (March 4, 2015). "New York City Adds 2 Muslim Holy Days to Public School Calendar". The New York Times. Retrieved March 4, 2015.
  326. ^ "How America's oldest mosque was built by Muslims from the Baltic". www.baltictimes.com. Retrieved July 29, 2020.
  327. ^ "America's Oldest Surviving Mosque Is in Williamsburg". Bedford + Bowery. December 26, 2018. Retrieved July 29, 2020.
  328. ^ Honan, Katie (September 11, 2019). "New York City's Income-Inequality Gap Hasn't Changed, Report Says". Wall Street Journal. ISSN 0099-9660. Retrieved October 27, 2020.
  329. ^ Berube, Alan; Holmes, Natalie (March 17, 2015). "Some cities are still more unequal than others—an update". Brookings Institution. Archived from the original on November 15, 2016. Retrieved January 30, 2019.
  330. ^ "County Employment and Wages Summary". Bureau of Labor Statistics, U.S. Department of Labor. September 18, 2014. Retrieved September 21, 2014.
  331. ^ "Top 10 Billionaire Cities" (PDF). Weaalth-X. 2018. Retrieved May 16, 2018.
  332. ^ "Michael Bloomberg". Forbes. Retrieved February 24, 2016.
  333. ^ Wallace, Gregory (August 4, 2014). "Want to meet a millionaire? Here's where to go". CNN. Retrieved August 4, 2014.
  334. ^ Moreno, Tonya (February 2, 2017). "U.S. Cities That Levy Income Taxes". Archived from the original on March 8, 2017. Retrieved December 20, 2017. Fourteen states and the District of Columbia allow cities, counties, and municipalities to levy their own separate individual income taxes in addition to state income taxes.
  335. ^ "Personal Income Tax & Non-resident NYC Employee Payments". City of New York. Retrieved December 19, 2017.
  336. ^ "New York City tax rate schedule" (PDF). New York City. 2017. Archived from the original (PDF) on March 8, 2017. Retrieved December 15, 2017.
  337. ^ "M&M's. Makeup. Bank receipt. NYC homeless people reveal which items they value the most". CBS News. April 23, 2019.
  338. ^ Fortune, Volume 173, Number 8 (June 15, 2016), p. F-40
  339. ^ "Port of New York and New Jersey Sets New Cargo Volume Record for 2017". New Jersey Business. February 6, 2018. Retrieved October 19, 2018.
  340. ^ Fortune 500 web site (cities). Retrieved July 21, 2011; Fortune, Vol. 163, no. 7 (May 23, 2011), p. F-45
  341. ^ Wylde, Kathryn (January 23, 2006). "Keeping the Economy Growing". Gotham Gazette. Archived from the original on October 6, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  342. ^ Kennedy, Simon (April 13, 2014). "Beijing Breaks into Top Ten in Rankings by A.T. Kearney". Bloomberg L.P. Retrieved April 13, 2014.
  343. ^ Kaske, Michelle. "New York City Tops Global Competitiveness Rankings, Economist Report Says", Bloomberg L.P., March 12, 2012, backed up by the Internet Archive as of March 12, 2012. Retrieved February 9, 2017.
  344. ^ a b "Definition of Metonymy". Chegg.
  345. ^ Fermino, Jennifer (February 7, 2014). "Mayor de Blasio announces $3M in grants for New York City's fashion industry". Daily News. New York. Archived from the original on October 11, 2017. Retrieved February 11, 2014.
  346. ^ Winnie Hu (February 7, 2017). "New York Tries to Revive Garment Industry, Outside the Garment District". New York Times.
  347. ^ "More Than a Link in the Food Chain" (PDF). The Mayor's Office for Industrial and Manufacturing Business. February 2007. Archived from the original (PDF) on August 31, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  348. ^ Potkewitz, Hilary (November 17, 2014). "'Chocolate district' in the making in Brooklyn". Crain Communications Inc. Retrieved December 15, 2014.
  349. ^ "Godiva Chocolatier Inc. Company Information". Hoover's Inc. Retrieved January 9, 2015.
  350. ^ "The NYSE Makes Stock Exchanges Around The World Look Tiny". Archived from the original on January 26, 2017. Retrieved March 26, 2017.
  351. ^ "Is the New York Stock Exchange the Largest Stock Market in the World?". Archived from the original on January 26, 2017. Retrieved March 26, 2017.
  352. ^ "Largest stock exchange operators worldwide as of April 2018, by market capitalization of listed companies (in trillion U.S. dollars)". Statista. Archived from the original on March 22, 2019. Retrieved February 18, 2019.
  353. ^ DiNapoli, Thomas P. (New York State Comptroller); Bleiwas, Kenneth B. (New York State Deputy Comptroller) (October 2013). "The Securities Industry in New York City" (PDF). Retrieved July 30, 2014.
  354. ^ "NYSE Listings Directory". Archived from the original on June 21, 2013. Retrieved June 23, 2014.
  355. ^ "2013 WFE Market Highlights" (PDF). World Federation of Exchanges. Archived from the original (PDF) on March 27, 2014. Retrieved July 20, 2014.
  356. ^ Choudhury, Ambereen; Martinuzzi, Elisa; Moshinsky, Ben (November 26, 2012). "London Bankers Bracing for Leaner Bonuses Than New York". Bloomberg L.P. Archived from the original on August 4, 2014. Retrieved July 20, 2014.
  357. ^ Vallikappen, Sanat (November 10, 2013). "Pay Raises for Bank Risk Officers in Asia Trump New York". Bloomberg L.P. Retrieved July 20, 2014.
  358. ^ "DiNapoli: Wall Street Bonuses Edge Up in 2014". Office of the New York State Comptroller. March 11, 2015. Retrieved July 15, 2015.
  359. ^ a b Sustaining New York's and the US' Global Financial Services Leadership (PDF) (Report). New York City Economic Development Corporation. Retrieved July 19, 2015.
  360. ^ "Total debt securities" (PDF). Bank for International Settlements. June 2013. Retrieved July 19, 2015.
  361. ^ Chaudhuri, Saabira (September 15, 2014). "Ranking the Biggest U.S. Banks: A New Entrant in Top 5". The Wall Street Journal. Retrieved July 19, 2015.
  362. ^ a b "Q3 2018 U.S. Office Market Outlook—Download research report". Colliers International. December 6, 2018. Retrieved April 13, 2019.
  363. ^ "Understanding The Manhattan Office Space Market". Officespaceseeker.com. Retrieved July 20, 2014.
  364. ^ "Marketbeat United States CBD Office Report 2Q11" (PDF). Cushman & Wakefield, Inc. Archived from the original (PDF) on May 8, 2013. Retrieved July 20, 2014.
  365. ^ Lahlou, Karim. "Startups move to co-shared offices amid high real estate prices". The Midtown Gazette. Archived from the original on August 21, 2014. Retrieved August 20, 2014.
  366. ^ Dickey, Megan Rose; D'Onfro, Jillian (October 24, 2013). "SA 100 2013: The Coolest People in New York Tech". Business Insider. Retrieved July 30, 2014.
  367. ^ Telecommunications and Economic Development in New York City: A Plan for Action (PDF) (Report). New York City Economic Development Corporation. March 2005. Archived from the original (PDF) on October 12, 2007. Retrieved July 10, 2016.
  368. ^ Pereira, Ivan (December 10, 2013). "City opens nation's largest continuous Wi-Fi zone in Harlem". amNewYork/Newsday. Retrieved July 30, 2014.
  369. ^ Brodkin, Jon (June 9, 2014). "Verizon will miss deadline to wire all of New York City with FiOS". Retrieved July 30, 2014.
  370. ^ S3 Partners (January 8, 2015). "5 signs NYC's tech scene is growing up—NYC tech sector hits 300,000". Daily News. New York. Archived from the original on June 27, 2018. Retrieved May 1, 2015.
  371. ^ Eugenios, Jillian; Hargreaves, Steve; Rawlins, Aimee (October 7, 2014). "The most innovative cities in America". CNNMoney. Retrieved October 7, 2014.
  372. ^ Ben Casselman; Keith Collins; Karl Russell (February 15, 2019). "Even Without Amazon, Tech Could Keep Gaining Ground in New York". The New York Times. Retrieved February 16, 2019.
  373. ^ Jonathan Schieber (May 24, 2017). "A Year After its Launch, TechNYC Has Become a Force in New York Politics". TechCrunch. Retrieved March 15, 2019.
  374. ^ Pérez-Peña, Richard (December 19, 2011). "Cornell Alumnus Is Behind $350 Million Gift to Build Science School in City". The New York Times. Retrieved August 1, 2014.
  375. ^ Ju, Anne (December 19, 2011). "'Game-changing' Tech Campus Goes to Cornell, Technion". Cornell University. Retrieved August 1, 2014.
  376. ^ Morris, Keiko (July 28, 2014). "Wanted: Biotech Startups in New York City: The Alexandria Center for Life Science Looks to Expand". The Wall Street Journal. Retrieved August 1, 2014.
  377. ^ a b Department of Finance Publishes Fiscal Year 2017 Tentative Assessment Roll, New York City Department of Finance, January 15, 2016. "Today, Jacques Jiha, Commissioner for the Department of Finance, announced the publication of the Tentative Property Assessment Roll for fiscal year 2017, which shows the total Market Value for the upcoming year at about $1.072 trillion, an increase of $102.5 billion, or 10.6 percent from the 2016 Fiscal Year."
  378. ^ Quirk, James. "Bergen offices have plenty of space". Archived from the original on December 22, 2007., The Record (Bergen County), July 5, 2007. Retrieved July 5, 2007. "On Monday, a 26-year-old, 33-story office building at 450 Park Ave. sold for a stunning $1,589 per square foot, or about ,10 million. The price is believed to be the most ever paid for a U.S. office building on a per-square-foot basis. That broke the previous record—set four weeks earlier—when 660 Madison Ave. sold for $1,476 a square foot."
  379. ^ Carlyle, Erin (October 8, 2014). "New York Dominates 2014 List of America's Most Expensive ZIP Codes". Forbes. Retrieved October 9, 2014.
  380. ^ Janette Sadik-Khan (January 9, 2017). "A plea for Fifth Avenue". The New York Times. Retrieved January 9, 2017.
  381. ^ [9] Accessed February 16, 2019.
  382. ^ Ferré-Sadurní, Luis (June 11, 2019). "Landmark Deal Reached on Rent Protections for Tenants in N.Y." The New York Times. Retrieved February 6, 2020.
  383. ^ OFFENHARTZ, Jake (February 5, 2020). "Say Goodbye To 'Insane' Brokers Fees! (The Landlord Pays Those Now)". Gothamist. New York Public Radio. Archived from the original on February 6, 2020. Retrieved February 6, 2020.
  384. ^ a b "Mayor De Blasio And NYC & Company Announce NYC Welcomed Record 62.8 Million Visitors in 2017". NYC & Company, Inc. March 20, 2018. Retrieved April 4, 2018.
  385. ^ Interview with Milton Glaser The Believer. Retrieved July 8, 2015.
  386. ^ "I Love New York Logo". New York State Education Department. September 26, 2013. Retrieved July 8, 2015.
  387. ^ "Places To Visit in New York City". Pinterest Places To Visit in New York City. Archived from the original on February 15, 2015. Retrieved February 14, 2015.
  388. ^ Dailey, Jessica (October 9, 2013). "Number Of Manhattan Hotel Rooms To Increase 10% In 2014". Retrieved October 6, 2014.
  389. ^ Frank, Robert (October 6, 2014). "Waldorf becomes most expensive hotel ever sold: $1.95 billion". CNBC. Retrieved October 6, 2014.
  390. ^ Felix Richter (March 11, 2015). "New York Is The World's Media Capital". Statista. Retrieved December 21, 2020.
  391. ^ Dawn Ennis (May 24, 2017). "ABC will broadcast New York's pride parade live for the first time". LGBTQ Nation. Retrieved December 21, 2020. Never before has any TV station in the entertainment and news media capital of the world carried what organizer boast is the world’s largest Pride parade live on TV.
  392. ^ Santora, Marc (February 26, 2014). "Four Marvel TV Shows to Film in New York". The New York Times. Retrieved February 27, 2014.
  393. ^ "Mayor De Blasio Announces Increased Growth of New York City's Entertainment Industry Brings $8.7 billion into the Local Economy". City of New York Mayor's Office of Media and Entertainment. October 15, 2015. Retrieved April 10, 2016.
  394. ^ "New York Film Academy, New York City". New York Film Academy. Archived from the original on January 26, 2012. Retrieved February 8, 2012.
  395. ^ a b "Request for Expressions of Interest" (PDF). The Governors Island Preservation & Education Corporation. 2005. Archived from the original (PDF) on August 2, 2008. Retrieved February 11, 2014.
  396. ^ "AICP Staff & National Offices". Association of Independent Commercial Producers. Retrieved February 8, 2012.
  397. ^ Goundry, Nick (June 6, 2014). "New York half-year location filming surpasses record for whole of 2013". Location Guide. Archived from the original on September 13, 2016. Retrieved September 20, 2014.
  398. ^ Goundry, Nick (June 25, 2014). "New York surpasses Los Angeles for TV drama pilot filming". Location Guide. Archived from the original on September 13, 2016. Retrieved September 20, 2014.
  399. ^ "Tampa Bay 12th Largest Media Market Now" (Press release). Tampa Bay Partnership. August 26, 2006. Archived from the original on September 28, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  400. ^ Top 10 Consolidated Agency Networks: Ranked by 2006 Worldwide Network Revenue, Advertising Age Agency Report 2007 Index (April 25, 2007). Retrieved June 8, 2007.
  401. ^ "Media and Entertainment". New York City Economic Development Corporation. Archived from the original on January 28, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  402. ^ "New York Daily News (American newspaper)". Britannica.com. Retrieved May 4, 2013.
  403. ^ Allan Nevins, The Evening Post: Century of Journalism, Boni and Liveright, 1922, p. 17.
  404. ^ "Ethnic Press Booms in New York City". Editor & Publisher. July 10, 2002. Archived from the original on June 30, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  405. ^ "el Diario/La Prensa: The Nation's Oldest Spanish-Language Daily". New America Media. July 27, 2005. Archived from the original on May 22, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  406. ^ John Leland; Sarah Maslin Nir (August 22, 2017). "After 62 Years and Many Battles, Village Voice Will End Print Publication". The New York Times. Retrieved September 2, 2017.
  407. ^ "About NYC Media". NYC Media. City of New York. Retrieved July 23, 2019.
  408. ^ "Community Celebrates Public Access TV's 35th Anniversary". Mnn.org. Archived from the original on August 25, 2010. Retrieved October 28, 2010.
  409. ^ "Top 30 Public Radio Subscribers: Spring 2006 Arbitron" (PDF). Radio Research Consortium. August 28, 2006. Archived from the original (PDF) on January 13, 2013. Retrieved September 1, 2008.
  410. ^ "New York City Department of Education—About Us". The New York City Department of Education. 2014. Retrieved July 30, 2014.
  411. ^ Gross, Jane (May 6, 1997). "A Tiny Strip of New York That Feels Like the Suburbs". The New York Times. Archived from the original on July 17, 2016. Retrieved June 28, 2016. ()
  412. ^ "The New York City Charter School Center". Retrieved April 16, 2015.
  413. ^ "Private School Universe Survey". National Center for Education Statistics. Retrieved September 1, 2008.
  414. ^ Wienerbronner, Danielle (November 9, 2010). "Most Beautiful College Libraries". HuffPost. Retrieved September 9, 2012.
  415. ^ "Academics—The City University of New York". City University of New York. Retrieved April 15, 2020.
  416. ^ "ARWU World University Rankings 2019 | Academic Ranking of World Universities 2019 | Top 1000 universities | Shanghai Ranking—2019". www.shanghairanking.com. Retrieved August 17, 2019.
  417. ^ "Academic Ranking of World Universities 2017". ShanghaiRanking Consultancy. Retrieved October 16, 2017.
  418. ^ "CWUR 2016—World University Rankings". Center for World University Rankings. Retrieved October 16, 2017.
  419. ^ "Mayor Michael R. Bloomberg and Economic Development Corporation President Andrew M. Alper Unveil Plans to Develop Commercial Bioscience Center in Manhattan" (Press release). New York City Economic Development Corporation. November 18, 2004. Archived from the original on October 11, 2007. Retrieved September 1, 2008.
  420. ^ Horner, Blair; Levin, Arthur; Mattei, Suzanne; Casey, Ciceron (contributor) (August 2014). "The Doctor Is In: New York's Increasing Number of Doctors" (PDF). p. 13, Appendix 1: Comparison of the Numbers Of New York Doctors By County, As Of December 31, 2004 And December 31, 2012. Retrieved August 22, 2014.
  421. ^ Gary M. Stern (March 16, 2017). "The Young Mariners of Throgs Neck". The New York Times. Retrieved March 16, 2017.
  422. ^ "NewYork–Presbyterian". Archived from the original on August 12, 2014. Retrieved August 12, 2014.
  423. ^ "HHC Health and Hospitals Corporation". nyc.gov.
  424. ^ "The History of New York City's Municipal Hospitals". HHC Foundation. Archived from the original on February 22, 2012.
  425. ^ "Metroplus". MetroPlus. Retrieved October 8, 2014.
  426. ^ "2014 HHC Report to the Community" (PDF). New York City Health + Hospitals. Retrieved March 10, 2017.
  427. ^ "Funding Universe Web Site". Funding Universe. Retrieved October 8, 2014.
  428. ^ "CEO of Chicago Public Hospitals to Take the Helm of HHC". WNYC. Retrieved October 8, 2014.
  429. ^ Henry Goldman and Jennifer Kaplan (August 28, 2017). "NYC Boosts Cigarette Prices to $13, Bans Sales by Pharmacies". Bloomberg L.P. Retrieved August 30, 2017.
  430. ^ "Bureau of Justice Statistics" (PDF). U.S. Department of Justice. p. 34, Appendix Table 1. Retrieved December 5, 2013.
  431. ^ [10] Accessed July 6, 2017.
  432. ^ "NYPD Stop And Frisks: 15 Shocking Facts About A Controversial Program". HuffPost. May 15, 2012. Retrieved December 24, 2013.
  433. ^ "Stop-and-Frisk Campaign: About the Issue". NYCLU. July 31, 2007. Archived from the original on December 30, 2013. Retrieved December 24, 2013.
  434. ^ "NYPD Stop and Frisk". HuffPost. Retrieved December 24, 2013.
  435. ^ Winkley, Lyndsay (March 5, 2016). "San Diego County homicides up 12% in 2015". U-T San Diego. Retrieved July 23, 2019.
  436. ^ Arthur Prager (February–March 2006). "Worst-Case Scenario". American Heritage. Vol. 57 no. 1. Retrieved July 23, 2019.
  437. ^ a b "Don't Tell New York, But Crime Is Going Up". Lib.jjay.cuny.edu. Retrieved August 20, 2011.
  438. ^ a b Samuel Walker (May 5, 2010). Sense and Nonsense About Crime, Drugs, and Communities: A Policy Guide. Cengage Learning. pp. 3–. ISBN 978-1-133-00819-4.
  439. ^ Langan, Patrick A.; Matthew R. Durose (October 21, 2004). "The Remarkable Drop in Crime in New York City" (PDF). Istituto Nazionale di Statistica. Archived from the original (PDF) on February 15, 2009. Retrieved February 8, 2009.
  440. ^ https://www1.nyc.gov/assets/nypd/downloads/pdf/analysis_and_planning/year-end-2017-enforcement-report.pdf
  441. ^ "Table 43". FBI.
  442. ^ "Livingstone to follow methods of the NYPD". The Daily Telegraph. January 17, 2001.
  443. ^ "Staying a beat ahead of crime". The Age. November 5, 2002.
  444. ^ Johnson, Bruce D.; Golub, Andrew; Dunlap, Eloise (2006). "The Rise and Decline of Hard Drugs, Drug Markets, and Violence in Inner-City New York". In Blumstein, Alfred; Joel Wallman (eds.). The Crime Drop in America. Cambridge University Press. ISBN 978-0-521-86279-0.; Karmen, Andrew (2000). New York Murder Mystery: The True Story Behind the Crime Crash of the 1990s. NYU Press. ISBN 978-0-8147-4717-9.
  445. ^ Shurkin, Joel N. (February 13, 2013). "Mystery Of New York's Falling Crime Rate Remains Unsolved". American Institute of Physics. Retrieved July 5, 2015.
  446. ^ Drum, Kevin (January–February 2013). "America's Real Criminal Element: Lead". Mother Jones. Retrieved March 3, 2013.
  447. ^ Lehren, Andrew W.; Hauser, Christine (July 2, 2009). "In New York City, Fewer Murders on Rainy Days". The New York Times. Retrieved July 5, 2015.
  448. ^ "Youth Gangs". Gotham Gazette. March 5, 2001.
  449. ^ Sean Gardiner; Pervaiz Shallwani (February 18, 2014). "NY Crime—Mafia Is Down—but Not Out—Crime Families Adapt to Survive, Lowering Profile and Using Need-to-Know Tactics". The Wall Street Journal. Retrieved July 8, 2015.
  450. ^ "How New York Gang Culture Is Changing". VICE. August 18, 2015.
  451. ^ https://www.hsdl.org/?view&did=730260
  452. ^ "9 Metrotech Center—FDNY Headquarters". Fresh Meadow Mechanical Corp. Archived from the original on January 18, 2012. Retrieved November 5, 2009.
  453. ^ "FDNY Fire Academy". The City of New York. Archived from the original on October 14, 2014. Retrieved October 8, 2014.
  454. ^ a b "Nation's Largest Libraries". LibrarySpot. Retrieved September 1, 2008.
  455. ^ "Introduction to Chapter 14: New York City (NYC) Culture". The Weissman Center for International Business Baruch College/CUNY 2011. Archived from the original on May 5, 2013. Retrieved July 1, 2018.
  456. ^ New York, Culture Capital of the World, 1940–1965 / edited by Leonard Wallock; essays by Dore Ashton ... [et al.]. National Library of Australia. 1988. ISBN 978-0-8478-0990-5. Retrieved July 1, 2018.
  457. ^ "Speeches: Tom Christopher Exhibit Opening" (Press release). Consulate General of the United States: Frankfurt, Germany. May 9, 2007. Archived from the original on July 23, 2007. Retrieved September 1, 2008.
  458. ^ "Harlem in the Jazz Age". The New York Times. February 8, 1987. Retrieved May 31, 2012.
  459. ^ "ART; A 1920's Flowering That Didn't Disappear". The New York Times. May 24, 1998. Retrieved May 31, 2012.
  460. ^ "Harlem Renaissance Music in the 1920s". 1920s Fashion & Music. Retrieved June 1, 2012.
  461. ^ "Will Gentrification Spoil the Birthplace of Hip-Hop?—New York". The New York Times. May 21, 2007. Retrieved June 1, 2012.
  462. ^ Harrington, Joe S. Sonic Cool: The Life & Death of Rock 'N' Roll. pp. 324–30. 2002. Hal-Leonard.
  463. ^ "Survival of the Streets". Vice. September 2009. Retrieved June 1, 2012.
  464. ^ "Free To Dance—About The Film". Public Broadcasting Service. Retrieved July 10, 2011.
  465. ^ "Group Visits". Alvin Ailey Dance Foundation, Inc. Archived from the original on May 13, 2011. Retrieved July 10, 2011.
  466. ^ Bradford, Julie (2014). Fashion Journalism. Routledge. p. 129. ISBN 978-1-136-47536-8. Retrieved July 18, 2015.
  467. ^ Dillon, Susan (2011). The Fundamentals of Fashion Management. A&C Black. p. 115. ISBN 978-2-940411-58-0. Retrieved July 18, 2015.
  468. ^ "New York retakes Top Global Fashion Capital Title from London, edging past Paris". Languagemonitor.com. Archived from the original on April 23, 2014. Retrieved February 11, 2014.
  469. ^ Kelsy Chauvin (March 15, 2019). "15 Things NOT to Do in New York City". Fodor's. Retrieved March 23, 2019. There are more than 8.6 million citizens of New York City, and they're pretty much all in a hurry. They're also shrewd, outspoken, and proudly able to survive in a metropolis that tends to punish the meek. The buzzing subway system alone is a symbol of how this city works: part ballet, part battlefield. Residents and visitors alike can see why New York is considered the greatest city in the world.
  470. ^ "Dictionary—Full Definition of New York Minute". Merriam-Webster. Retrieved November 1, 2015.
  471. ^ Stephen Miller (2016). Walking New York: Reflections of American Writers from Walt Whitman to Teju Cole. pp. 46, 50, 131. ISBN 978-0-8232-7425-3. Retrieved May 10, 2017.
  472. ^ a b "Creative New York" (PDF). Center for an Urban Future. December 2005. Retrieved September 1, 2008.
  473. ^ Welsh, Anne Marie (June 6, 2004). "2 plays + 9 nominations=good odds for locals". U-T San Diego. Archived from the original on October 5, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  474. ^ McBeth, VR. "The Great White Way" on TimesSquare.com. Quote: "Coined in 1901 by O.J. Gude, the designer of many prominent advertising displays, to describe the new light show that beckoned along Broadway, The Great White Way is a phrase known worldwide to describe Broadway's profusion of theaters in Times Square."
  475. ^ Tell, Darcy. Times Square spectacular: lighting up Broadway New York: HarperCollins, 2007
  476. ^ Allen, Irving Lewis. The City in Slang: New York Life and Popular Speech. New York: Oxford University Press, 1995. Quote: "By 1910, the blocks of Broadway just above 42nd Street were at the very heart of the Great White Way. The glow of Times Square symbolized the center of New York, if not of the world."
  477. ^ "Broadway Calendar-Year Statistics". The Broadway League. Retrieved July 20, 2014.
  478. ^ "About Summer Stage". City Parks Foundation. Archived from the original on October 16, 2012. Retrieved June 14, 2012.
  479. ^ "The Metropolitan Museum of Art General Information". The Metropolitan Museum of Art. Retrieved September 10, 2012.
  480. ^ "Museum Mile Festival". Official site. Archived from the original on August 4, 2012. Retrieved August 23, 2014.
  481. ^ Kusisto, Laura (October 21, 2011). "Reaching High on Upper 5th Avenue". The Wall Street Journal. Archived from the original on October 23, 2011. Retrieved August 23, 2014.
  482. ^ "Museums on the Mile". Archived from the original on January 1, 2012. Retrieved August 23, 2014.
  483. ^ Chan, Sewell (February 9, 2007). "Museum for African Art Finds its Place". The New York Times. Retrieved August 23, 2014.
  484. ^ "New Drive Promoting 5th Ave.'s 'Museum Mile'". The New York Times. June 27, 1979. Retrieved August 23, 2014.
  485. ^ Robin Pogrebin and Scott Reyburn (November 15, 2017). "Leonardo da Vinci Painting Sells for $450.3 Million, Shattering Auction Highs". The New York Times. Retrieved November 16, 2017.
  486. ^ "Christ painting by Leonardo da Vinci sells for record $450M". Associated Press, on MSN. November 15, 2017. Archived from the original on November 16, 2017. Retrieved November 15, 2017.
  487. ^ Strand, Oliver (July 5, 2011). "Brooklyn Market: Woodstock of Eating". The New York Times. Retrieved May 29, 2013.
  488. ^ "Pastrami On Rye: A Full-length History Of The Jewish Deli". PRI.org. Retrieved November 27, 2020.
  489. ^ "Is Corned Beef Really Irish?". Smithsonian Magazine. Retrieved November 27, 2020.
  490. ^ Bleyer, Jennifer (May 14, 2006). "Kebabs on the Night Shift". The New York Times. Retrieved January 17, 2014.
  491. ^ "27,479 restaurants selected by the Michelin Guide—Top Destinations". Michelin. Retrieved August 24, 2014.
  492. ^ "Restaurant Inspection Results (Letter Grades)". The New York City Department of Health and Mental Hygiene. Archived from the original on January 22, 2014. Retrieved January 19, 2014.
  493. ^ [11] Accessed June 1, 2019.
  494. ^ Will Gleason (March 11, 2019). "Citing its diversity and culture, NYC was voted best city in the world in new global survey". Time Out. Retrieved June 23, 2019. Just look at the Queens Night Market, which began in the summer of 2015 as a collection of 40 vendors serving authentic and affordable international cuisine in Flushing Meadows Corona Park. Since then, it's steadily attracted more and more attendees and, last year, averaged 10,000 people a night. Those thousands of New Yorkers weren't just hungry for new food, but for new points-of-view. "When I first started, it was all about how can we attract people with an event that's as affordable and diverse as possible," says Night Market founder John Wang. "We've now been able to represent over 85 countries, and I'm constantly hearing examples of people branching out and trying things they've never heard of before.
  495. ^ a b c "Millions Of Revelers Marvel Over Macy's Thanksgiving Day Parade". CBS Broadcasting Inc. November 24, 2016. Retrieved March 30, 2017.
  496. ^ Hilarey Wojtowicz. "Guide to the 2016 Macy's Thanksgiving Day Parade". The Independent Traveler, Inc. Archived from the original on March 29, 2017. Retrieved March 28, 2017.
  497. ^ Newman, Michael (2005). "New York Talk". In Wolfram, Walt; Ward, Ben (eds.). American Voices. Blackwell. pp. 82–87. ISBN 978-1-4051-2109-5.
  498. ^ a b c d Sontag, Deborah (February 14, 1993). "Oy Gevalt! New Yawkese An Endangered Dialect?". The New York Times. Retrieved July 19, 2014.
  499. ^ a b c Kit Fox (March 2, 2017). "2017 New York City Marathon Entrants By the Numbers—Applications for the world's largest race were at an all-time high for 2017". Runner's World—Rodale Inc. Retrieved May 10, 2017.
  500. ^ "National Football League Company Information". Hoover's, Inc. Retrieved May 18, 2013.
  501. ^ "Major League Baseball Company Information". Hoover's, Inc. Retrieved May 18, 2013.
  502. ^ "National Basketball Association, Inc. Company Information". Hoover's, Inc. Retrieved May 18, 2013.
  503. ^ "National Hockey League Company Information". Hoover's, Inc. Retrieved May 18, 2013.
  504. ^ "Major League Soccer, L.L.C. Company Information". Hoovers, Inc. Retrieved May 18, 2013.
  505. ^ Esteban (October 27, 2011). "11 Most Expensive Stadiums in the World". Total Pro Sports. Retrieved September 2, 2012.
  506. ^ Baseball: A Film by Ken Burns; Inning 7: The Capital of Baseball (Television Documentary). PBS.
  507. ^ "New York Mets—TeamReport". Chicago Tribune. May 30, 2012. Retrieved May 31, 2012.
  508. ^ "New York Yankees: Facts, History, Stats, and Resources". The free sources. Archived from the original on June 5, 2012. Retrieved May 31, 2012.
  509. ^ "How Mets, Colt .45s Grew Up To Beat The Bullies". Chicago Tribune. October 8, 1986. Retrieved May 31, 2012.
  510. ^ "Dodgers Timeline". Los Angeles Dodgers. Retrieved September 22, 2008.
  511. ^ "Historical Moments". Dodgers Giants. Retrieved May 31, 2012.
  512. ^ "Major League Baseball, Police Athletic League and the Brooklyn Cyclones to host free MLB Umpire Camp". MLB Press Release. May 30, 2012. Retrieved May 31, 2012.
  513. ^ "New ownership group for Staten Island Yankees talks about future plans". Silive. May 31, 2012. Retrieved May 17, 2012.
  514. ^ "Preparations Different for a Home-and-Home Contest". The New York Times. December 22, 2011. Retrieved May 31, 2012.
  515. ^ "Owners warm up to New York/New Jersey as Super Bowl XLVIII host". National Football League. Associated Press. May 26, 2010. Retrieved May 27, 2010. It's the first time the league has gone to a cold-weather site that doesn't have a dome ... the NFL will wait and see how this foray into the great outdoors in winter goes. Then the league might OK another bid
  516. ^ "Postseason Overview". National Invitation Tournament. Archived from the original on July 24, 2008. Retrieved September 1, 2008.
  517. ^ [12] Accessed May 10, 2017
  518. ^ "Picture-perfect opening for $200M Red Bull Arena in Harrison". Associated Press. March 20, 2010.
  519. ^ "US Open 2015". United States Tennis Association. Retrieved July 6, 2015.
  520. ^ "TCS New York City Marathon". New York Road Runners. July 2013. Retrieved May 10, 2017.
  521. ^ "Boxer Johnny Tapia's 'crazy life' ends". CNN. May 31, 2012. Retrieved May 28, 2012.
  522. ^ Ted Mann (September 19, 2012). "New Cab Plan Curbs Hybrids". The Wall Street Journal. Retrieved September 23, 2012.
  523. ^ a b "Mayor de Blasio Commits to 80 Percent Reduction of Greenhouse Gas Emissions by 2050, Starting with Sweeping Green Buildings Plan". City of New York. September 21, 2014. Retrieved October 31, 2014.
  524. ^ Newman, Andy (July 27, 2010). "Appeals Court Rejects Effort to Create Hybrid Taxi Fleet". The New York Times. Retrieved July 31, 2010.
  525. ^ "Bicycling in New York City: Know the Facts". Transportation Alternatives. Retrieved October 31, 2014.
  526. ^ Jervey, Ben (2006). The Big Green Apple: Your Guide to Eco-Friendly Living in New York City. Globe Pequot Press. ISBN 978-0-7627-3835-9.
  527. ^ "2001 National Household Travel Survey: Summary of Travel Trends" (PDF). U.S. Department of Transportation. December 2004. Retrieved September 1, 2008.
  528. ^ Florida, Richard (April 7, 2015). "2015's Most Walkable U.S. Cities". The Atlantic. MSN. Archived from the original on April 11, 2015. Retrieved April 12, 2015.
  529. ^ "NYC tops list of most walkable cities in America—video narrative by Mara Montalbano". Buzz60, on MSN. Retrieved April 11, 2015.
  530. ^ "The 10 Most Walkable U.S. Cities". MarketWatch. 2011. Retrieved July 20, 2011.
  531. ^ Betsy Ladyzhets (April 18, 2018). "Most walkable cities in America". Stacker, via MSN. Retrieved May 18, 2018.
  532. ^ Hamblin, James (June 28, 2013). "The Summer Bicycles Took Control". The Atlantic Monthly. The Atlantic Monthly Group. Retrieved June 28, 2013.
  533. ^ "2014 NYC In-Season Cycling Indicator" (PDF). City of New York. Retrieved March 15, 2019.
  534. ^ "Current Reservoir Levels". New York City Department of Environmental Protection. Retrieved August 15, 2014.
  535. ^ Lustgarten, Abrahm (August 6, 2008). "City's Drinking Water Feared Endangered; $10B Cost Seen". The New York Sun. Retrieved August 9, 2008.
  536. ^ a b Winnie Hu (January 18, 2018). "A Billion-Dollar Investment in New York's Water". The New York Times. Retrieved January 18, 2018.
  537. ^ Dunlap, David W. (July 23, 2014). "Quiet Milestone in Project to Bring Croton Water Back to New York City". The New York Times. Retrieved August 20, 2014.
  538. ^ Flegenheimer, Matt (October 16, 2013). "After Decades, a Water Tunnel Can Now Serve All of Manhattan". The New York Times. Retrieved August 15, 2014.
  539. ^ Jim Dwyer (April 6, 2016). "De Blasio Adding Money for Water Tunnel in Brooklyn and Queens". The New York Times. Retrieved April 15, 2016.
  540. ^ "WHO Global Ambient Air Quality Database (update 2018)". World Health Organization.
  541. ^ "Ambient (outdoor) air quality and health". World Health Organization.
  542. ^ "Air Pollution Monitoring". New York City Environmental Protection.
  543. ^ Navarro, Mireya (September 27, 2010). "Newtown Creek Is Declared a Superfund Site". The New York Times. Archived from the original on May 8, 2014. Retrieved September 27, 2010.
  544. ^ a b "Newtown Creek Clean-Up Efforts". The City Concealed. Thirteen (WNET.org). December 12, 2008. Archived from the original on July 5, 2009. Retrieved June 29, 2009.
  545. ^ "Forms of Municipal Government". National League of Cities. Archived from the original on January 18, 2012. Retrieved February 10, 2012.
  546. ^ "About the Council". New York City Council. Archived from the original on December 8, 2007. Retrieved June 6, 2007.
  547. ^ Chan, Sewell; Hicks, Jonathan P. (October 23, 2008). "Council Votes, 29 to 22, to Extend Term Limits". The New York Times. Retrieved February 13, 2012.
  548. ^