Comitê Olímpico Helênico

O Comitê Olímpico Helênico (HOC) ( em grego : Ελληνική Ολυμπιακή Επιτροπή ) é o órgão olímpico governante da Grécia. É o segundo Comitê Olímpico Nacional mais antigo do mundo (depois do Comitê Olímpico Francês ), organiza os representantes do país nos Jogos Olímpicos e outros eventos multiesportivos.

Os membros da comissão são 27 federações desportivas, que elegem o Conselho Executivo composto pelo presidente e seis membros.

A história do Comitê Olímpico Helênico está fortemente ligada à história do renascimento dos Jogos Olímpicos. Foi fundada em Atenas em 3 de fevereiro de 1894 com o nome de Comitê dos Jogos Olímpicos ( em grego : Επιτροπής Ολυμπιακών Αγώνων , EOA) e tornou-se membro do Comitê Olímpico Internacional em 1895. A EOA organizou os Jogos Olímpicos de Verão de 1896 , os primeiros na história moderna, no restaurado Estádio Panatenaico , que se realizou de 6 a 15 de abril. [1]

Em 1899, o governo grego atribuiu à EOA total responsabilidade de cooperar com outras federações esportivas, difundir o espírito olímpico e sua estrutura dos 12 membros, liderados pelo presidente.

Quando Atenas foi escolhida como a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 durante a 106ª Sessão do COI realizada em Lausanne em 5 de setembro de 1997, em 2000 a EOA mudou seu nome para Comitê Olímpico Helênico .

Desde os I Jogos do Mediterrâneo em Alexandria em 1951, o Comitê Olímpico Helênico é responsável por sua realização a cada quatro anos como parte dos preparativos para os Jogos Olímpicos .


Sede do Comitê Olímpico Helênico, em Chalandri
TOP